O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão da final de Sub-19: Espanha-Rússia

Nove dias após a Rússia ter batido a Espanha por 3-1 no Grupo B, as duas equipas voltam a encontrar-se para a final, com a Espanha a lutar pelo sétimo título e a Rússia pelo primeiro.

O capitão de Espanha, Jesús Vallejo (à esquerda), e o seleccionador Luis de la Fuente (segundo à esquerda), com o treinador da Rússia Dmitri Khomukha e capitão Anton Mitryushkin
O capitão de Espanha, Jesús Vallejo (à esquerda), e o seleccionador Luis de la Fuente (segundo à esquerda), com o treinador da Rússia Dmitri Khomukha e capitão Anton Mitryushkin ©Sportsfile

Suspensos: ninguém
Disponível após suspensão: ninguém

História 
A Rússia derrotou a Espanha por 3-1 na segunda jornada, no primeiro embate dos dois países em jogos oficiais de Sub-19.

• Georgi Melkadze fazia parte da selecção russa que empatou 1-1 com a Espanha na ronda de elite do Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA de 2013/14. Jorge Meré alinhou por Espanha, enquanto Aaron Caricol foi suplente não utilizado. Nenhuma das equipas conseguiu marca presença na fase final, com a Rússia a terminar em segundo e a Espanha em terceiro.

• Fernando Morientes marcou o segundo golo de Espanha no triunfo sobre a Rússia, por 4-2, na fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-18 de 1994. Espanha ficou em terceiro lugar e a Rússia em quinto.

• A Rússia garantiu a presença na fase final do Europeu de Sub-18 de 2000 em detrimento da Espanha, tendo vencido por 2-1 em casa depois de um nulo fora numa eliminatória intermédia a duas mãos.

Os treinadores finalista com o troféu
Os treinadores finalista com o troféu©Sportsfile

Palmarés em final de Sub-19 
• Rússia: 0V 0D

• Espanha: 6V 1D 
2012: Espanha 1-0 Grécia 
2011: República Checa 2-3 Espanha (após prolongamento)
2010: França 2-1 Espanha 
2007: Espanha 1-0 Grécia 
2006: Escócia 1-2 Espanha 
2004: Turquia 0-1 Espanha 
2002: Espanha 1-0 Alemanha

Declarações
• Espanha
Luis de la Fuente, seleccionador
Estamos muito motivados por estar na final e é assim que vamos abordar este desafio. Estamos a chegar ao término da nossa árdua missão e estamos a contar as horas que faltam para a final. Os meus jogadores estão prontos para desfrutar. Estão muito motivados e numa forma fantástica. Estamos preparados.

A Rússia é uma excelente equipa, 4-0 numa meia-final pode parecer um grande resultado, especialmente frente a uma equipa tão boa quanto a Grécia, mas sabemos que a Rússia é muito forte e conhecemos as suas características. São muito poderosos fisicamente e também rápidos. Os seus pontos fortes são a forma compacta de jogar e o espírito colectivo.

Vamos abordar o jogo com recurso à táctica mais adequada, mas o mais importante é sermos fiéis ao nosso estilo. Fisicamente estamos melhor do que no início do Europeu e agora só falta um jogo, vamos dar o nosso melhor.

Jesús Vallejo, capitão
Estamos muito animados e ansiosos que o árbitro apite para o início do jogo. Fiquei surpreendido com a margem do triunfo da Rússia na meia-final, pois esta competição tem sido muito equilibrada. Tivemos de trabalhar muito para superar a França, mas esta não é altura de pensar na meia-final. Prometemos dar o nosso melhor.

O capitão de Espanha, Jesús Vallejo (à esquerda) com o homólogo da Rússia, Anton Mitryushkin
O capitão de Espanha, Jesús Vallejo (à esquerda) com o homólogo da Rússia, Anton Mitryushkin©Sportsfile

• Rússia 
Dmitri Khomukha, seleccionador
Estamos à espera de um jogo maravilhoso entre as duas equipas mais fortes da prova. A Espanha é favorita, tem jogadores muito fortes e o encontro vai ser muito interessante. Eles têm uma excelente equipa, muito ofensiva, com excelentes jogadores. As finais são sempre difíceis, mas acreditamos nas nossas capacidades e espero que nos permitam fazer um bom resultado.

Claro que a equipa está mais equilibrada [desde a conquista do Campeonato da Europa de Sub-17 em 2013], disputou mais jogos em conjunto. Aquele triunfo foi uma grande experiência. Temos jogadores talentosos e estamos a trabalhar com este grupo há cinco anos, essa é a base destes resultados.

Vai ser um jogo completamente diferente do encontro na fase de grupos, ambas as equipas vão dar o máximo para vencer. Quem souber lidar melhor com a pressão irá levar a melhor.

Anton Mitryushkin, capitão da Rússia
Estamos muito motivados. Já vencemos uma vez a Espanha e vamos tentar repetir o resultado. Acreditamos nas nossas capacidades e vamos dar o nosso melhor. Não viemos à Grécia passar férias, estamos aqui para trabalhar, muito motivados e optimistas para a final.

Veja o triunfo da Rússia sobre a Espanha na fase de grupos
Veja o triunfo da Rússia sobre a Espanha na fase de grupos

Resultados até agora

Espanha
Alemanha 0-3 Espanha
Espanha 1-3 Rússia 
Espanha 1-1 Holanda 
Meia-final: França 0-2 Espanha

Rússia
Holanda 1-0 Rússia
Espanha 1-3 Rússia 
Rússia 2-2 Alemanha 
Rússia 4-0 Grécia