Recordes e estatísticas da Supertaça Europeia

Mais vitórias, jogos, golos mais rápidos e por que ser campeão europeu não é sinónimo de favoritismo: confira tudo.

Dani Alves festeja a conquista da sua quarta Supertaça Europeia
Dani Alves festeja a conquista da sua quarta Supertaça Europeia AFP via Getty Images

Campeões europeus contra...

  • Os vencedores da Taça dos Campeões/UEFA Champions League levaram a melhor em 25 das 45 edições.
  • Os vencedores da Taça UEFA/UEFA Europa League ganharam oito das 21 edições desde a extinção da Taça dos Vencedores das Taças: tirando o Zenit em 2008, o único clube a consegui-lo foi o Atlético em 2010, 2012 e 2018.

Por clube

Mais vitórias
5 Milan, Barcelona
4 Real Madrid, Liverpool
3
Atlético
2 Ajax, Anderlecht, Bayern, Juventus, Valência

Mais presenças
9 Barcelona
7 Milan, Real Madrid
6 Liverpool, Sevilha
5 Bayern
4 Chelsea, Manchester United, Porto
3 Ajax, Atlético

Resumo: Atlético vence em '2018
Resumo: Atlético vence em '2018

Por jogador

Mais vitórias
4
Dani Alves (Sevilha 2006, Barcelona 2009, 2011, 2015)
4
Paolo Maldini (Milan 1989, 1990, 1994, 2003)

Mais presenças (edições)
5
Dani Alves (Sevilha 2006, 2007, Barcelona 2009, 2011, 2015), Paolo Maldini (Milan 1989, 1990, 1993, 1994, 2003)
4 Karim Benzema (Real Madrid), Dani Carvajal (Real Madrid), Alessandro Costacurta (Milan), Roberto Donadoni (Milan), Isco (Real Madrid), Toni Kroos (Bayern, Real Madrid), Pedro Rodríguez (Barcelona, Chelsea), Marcelo (Real Madrid), Daniele Massaro (Milan), Lionel Messi (Barcelona), Luka Modrić (Real Madrid), Sergio Ramos (Real Madrid), Mauro Tassotti (Milan)

Mais presenças (jogos**)
8
Alessandro Costacurta (Milan), Roberto Donadoni (Milan)
7 Paolo Maldini (Milan), Daniele Massaro (Milan), Mauro Tassotti (Milan)
6 Franco Baresi (Milan), Arie Haan (Ajax, Anderlecht)
5 Dani Alves (Sevilla, Barcelona), Marcel Desailly (Milan, Chelsea), Albert Ferrer (Barcelona, Chelsea), Ronald Koeman (PSV Eindhoven, Barcelona), Attilio Lombardo (Sampdoria, Juventus, Lazio), Phil Neal (Liverpool)

Mais golos
3 Oleh Blokhin (Dínamo Kiev), David Fairclough (Liverpool), Radamel Falcao (Atlético), Arie Haan (Ajax, Anderlecht), Terry McDermott (Liverpool), Lionel Messi (Barcelona), Gerd Müller (Bayern), Rob Rensenbrink (Anderlecht), François Van der Elst (Anderlecht)

Resumo de 2019: Liverpool 2-2 Chelsea (5-4 pen)
Resumo de 2019: Liverpool 2-2 Chelsea (5-4 pen)

Treinadores

Mais vitórias
3= Carlo Ancelotti (Milan 2003, 2007, Real Madrid 2014)
3= Josep Guardiola (Barcelona 2009, 2011, Bayern 2013)

Vitórias como treinador e jogador
Carlo Ancelotti (1990; 2003, 2007, 2014)
Josep Guardiola (1992; 2009, 2011, 2013)
Diego Simeone (1999; 2012)
Luis Enrique (1997; 2015)
Zinédine Zidane (1996, 2002; 2016, 2017)

Por país

Mais vitórias
15
Espanha (Barcelona 5, Real Madrid 4, Atlético 3, Valência 2, Sevilha 1)
9 Itália (Milan 5, Juventus 2, Lázio 1, Parma 1)
8 Inglaterra (Liverpool 4, Aston Villa 1, Chelsea 1, Manchester United 1, Nottingham Forest 1)

O Milan ergue o troféu em 2007
O Milan ergue o troféu em 2007©Bongarts

Mais participações
28 Espanha (Barcelona 9, Real Madrid 7, Sevilha 6, Atlético 3, Valência 2, Saragoça 1)***
18 Inglaterra (Liverpool 6, Manchester United 4, Chelsea 4, Nottingham Forest 2, Arsenal 1, Aston Villa 1)
13 Itália (Milan 7, Juventus 2, Inter 1, Parma 1, Lázio 1, Sampdória 1)

Diversos

Jogo com mais golos*: 2015, Barcelona 5-4 Sevilha
Maior vitória*: 2006, Sevilha 3-0 Barcelona, e 2012, Atlético 4-1 Chelsea
Prolongamento: Dez edições da Supertaça Europeia foram decididas no prolongamento, a mais recente em 2019
Desempates por penáltis: 2013 Bayern 5-4 Chelsea (2-2 após prolongamento), 2019 Liverpool 5-4 Chelsea (2-2 após prolongamento)

Resumo de 2015: Barcelona 5-4 Sevilha
Resumo de 2015: Barcelona 5-4 Sevilha

Golo mais rápido: 50 segundos Diego Costa (2018, Atlético - Real Madrid)
"Hat-tricks":Radamel Falcao (2012, Atlético - Chelsea) e Terry McDermott (1977, Liverpool - Hamburgo, segunda mão)
Golos na própria baliza: Patrick Paauwe fez o único autogolo até agora numa Supertaça Europeia (2002, Feyenoord - Real Madrid).
Cartões vermelhos: Cinco jogadores foram expulsos em jogos da Supertaça Europeia (todos das equipas derrotadas) –  Paul Scholes (2008, Manchester United), Rolando e Fredy Guarín (2011, ambos do Porto); Ramires (2013, Chelsea), Thimothée Kolodziejczak (Sevilha, 2016)

* Edições com apenas um jogo
** A Supertaça Europeia disputou-se em duas mãos entre 1973 e 1997. A edição de 1972, entre o Ajax e o Rangers (disputada em Janeiro de 1973), não foi oficial.
*** Inclui as participações de Bayern e Sevilha em 2020