O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Goleadores da Champions League: Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Robert Lewandowski, Karim Benzema

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi destacam-se em termos de golos na Champions League, mas a luta pelo terceiro lugar está acesa. Ronaldo marcou por Manchester United, Real Madrid e Juventus, enquanto Messi facturou com Barcelona e Paris Saint-Germain.

Cristiano Ronaldo celebra o seu 136º golo na UEFA Champions League
Cristiano Ronaldo celebra o seu 136º golo na UEFA Champions League PA Images via Getty Images

Disputada pela primeira vez em 1992/93, a UEFA Champions League tornou-se sinónimo dos melhores avançados da história do futebol mundial, entre os quais se incluem Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Robert Lewandowski e Karim Benzema, todos com feitos recordistas.

Ronaldo e Messi são os únicos jogadores até à data a terem marcado mais de 100 golos na competição e, tal como os restantes futebolistas presentes no "top-10" da história da Taça dos Campeões Europeus/Champions League, nenhum dos dois participou na competição quando esta ainda era conhecida como Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Melhores marcadores em 2022/23

Essa prova, lançada pela primeira vez em 1955/56, foi sempre a eliminar até à final, e a inexistência de uma fase de grupos significou que os jogadores tinham menos jogos por época para marcar golos. O Real Madrid disputou apenas sete jogos quando venceu a edição inaugural, em contraste com os 13 até ao triunfo na UEFA Champions League de 2021/22.

Alfredo Di Stéfano, melhor marcador de sempre da Taça dos Clubes Campeões Europeus nesse período, fez 49 golos em apenas 58 jogos, uma média de tentos por jogo que nenhum dos goleadores da actualidade conseguiu igualar.

Melhores marcadores de sempre da Champions League (excluindo qualificação)

Veja todos os golos de Cristiano Ronaldo na Champions League

Cristiano Ronaldo é o melhor marcador de sempre na UEFA Champions League e nas competições de clubes da UEFA, bem como o jogador com mais golos na história do futebol de selecções.

Que recordes da UEFA detém Cristiano Ronaldo?

No início da carreia, Ronaldo não era um avançado de área e só se estreando a marcar ao 27º jogo na UEFA Champions League, durante a sua primeira passagem pelo Manchester United. No entanto, após passar da ala para o centro do ataque, o craque luso começou a facturar com assustadora regularidade e continuou a acumular registos impressionantes depois de trocar os Red Devils pelo Real Madrid.

Cristiano Ronaldo festeja numa noite memorável em 2018
Cristiano Ronaldo festeja numa noite memorável em 2018AFP via Getty Images

A 18 de Abril de 2017, tornou-se no primeiro jogador a marcar 100 golos na Champions League quando assinou um "hat-trick" frente ao Bayern no seu jogo número 137.

Ronaldo venceu a competição uma vez pelo United e em quatro ocasiões pelo Real Madrid, sendo o único jogador a ter marcado em três finais da Champions League. Tal como Messi, fez oito "hat-tricks".

Melhores marcadores de sempre na UEFA Champions League (excluindo qualificação)

140: Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, Real Madrid, Juventus)
129: Lionel Messi (ARG, Barcelona, Paris Saint-Germain)*
91: Robert Lewandowski (POL, Dortmund, Bayern, Barcelona)*
86: Karim Benzema (FRA, Lyon, Real Madrid)*
71:
Raúl González (ESP, Real Madrid, Schalke)
56: Ruud van Nistelrooy (NED, PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid)
53: Thomas Müller (GER, Bayern)*
50:
Thierry Henry (FRA, Mónaco, Arsenal, Barcelona)
48: Zlatan Ibrahimović (SWE, Ajax, Juventus, Inter, Barcelona, Milan, Paris Saint-Germain, Manchester United)
48: Andriy Shevchenko (UKR, Dínamo Kiev, Milan, Chelsea)
46: Filippo Inzaghi (ITA, Juventus, Milan)

*inclui 2022/23

Melhores marcadores na Champions Legue por um só clube (excluindo qualificação)

Todos os golos de Messi na Champions League em 2021

Quando Lionel Messi trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain, no Verão de 2021, fê-lo com 120 golos marcados pelos catalães na Champions League, um registo que mesmo Cristiano Ronaldo, com 105 pelo Real Madrid, não conseguiu acompanhar, apesar de o goleador luso ter atingido a centena de golos pelo primeiro clube.

O golo de Messi frente ao Maccabi Haifa, na Jornada 2 da edição 2022/23, fez dele o primeiro jogador a marcar em 18 épocas seguidas na competição. Além disso, é o único jogador a ter facturado em 16 campanhas consecutivas na principal prova europeia de clubes pela mesma equipa.

O argentino ingressou no Barcelona no início de 2001, quando tinha apenas 13 anos, e permaneceu no clube durante 20 anos, vencendo quatro vezes a UEFA Champions League, além de dez campeonatos espanhóis, sete Taças de Espanha e três Supertaças Europeias.

Lionel Messi marcou 120 golos pelo Barcelona na Champions League
Lionel Messi marcou 120 golos pelo Barcelona na Champions League©UEFA.com

Foi o segundo jogador a atingir 100 golos na Champions League (depois de Cristiano Ronaldo) e foi o melhor marcador (isolado ou em conjunto) em seis temporadas da UEFA Champions League, menos uma do que Ronaldo.

120: Lionel Messi (ARG, Barcelona)
105: Cristiano Ronaldo (POR, Real Madrid)
74: Karim Benzema (FRA, Real Madrid)*
69: Robert Lewandowski (POL, Bayern)
66: Raúl González (ESP, Real Madrid)
53: Thomas Müller (GER, Bayern)*
42: Alessandro Del Piero (ITA, Juventus)
38: Mohamed Salah (EGY, Liverpool)
36: Sergio Agüero (ARG, Manchester City)
36: Didier Drogba (CIV, Chelsea)
35: Thierry Henry (FRA, Arsenal)
35: Ruud van Nistelrooy (NED, Manchester United)

*inclui 2022/23

História da Champions League: Mais estatísticas

Melhores marcadores de sempre da Taça dos Campeões/Champions League (incluindo qualificação)

Veja os quatro golos de Ronaldo em finais

Finalista vencido com o Dortumund em 2013 frente ao Bayern, Robert Lewandowski ganhou finalmente a competição em 2020 pelo clube bávaro, mas não marcou no triunfo por 1-0 sobre o Paris, embora tenha terminado pela primeira vez a campanha como melhor marcador, com 15 golos. Messi e Ronaldo tinham sido o melhor marcador (isolado ou em conjunto) nas 12 edições anteriores da Champions League.

Melhor marcador estrangeiro da história da Bundesliga, Lewandowski levou apenas 100 jogos para chegar aos 80 golos na Champions League; Messi demorou 102 para chegar à mesma marca e Ronaldo 116.

141: Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, Real Madrid, Juventus)
129: Lionel Messi (ARG, Barcelona, Paris Saint-Germain)*
91: Robert Lewandowski (POL, Dortmund, Bayern, Barcelona)
86: Karim Benzema (FRA, Lyon, Real Madrid)*
71:
Raúl González (ESP, Real Madrid, Schalke)
60: Ruud van Nistelrooy (NED, PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid)
59: Andriy Shevchenko (UKR, Dínamo Kiev, Milan, Chelsea)
53: Thomas Müller (GER, Bayern)*
51: Thierry Henry (FRA, Mónaco, Arsenal, Barcelona)
50: Filippo Inzaghi (ITA, Juventus, Milan)

*inclui 2022/23

Melhores marcadores de sempre da Taça dos Campeões Europeus (incluindo qualificação)

Alfredo Di Stéfano com o troféu em 1956
Alfredo Di Stéfano com o troféu em 1956Popperfoto via Getty Images

A Taça dos Campeões – ou Taça dos Clubes Campeões Europeus segundo a designação completa – foi a primeira grande competição masculina de clubes da UEFA e começou em 1955.

O Real Madrid venceu as primeiras cinco edições, com o avançado argentino Alfredo Di Stéfano a somar 49 golos, um número que ninguém conseguiu igualar nas 37 temporadas seguintes, antes da competição passar a designar-se Champions League.

O jogador que esteve mais perto de bater o recorde de Di Stéfano foi Eusébio, com o talentoso avançado português a marcar 47 golos quando o Benfica substituiu o Real Madrid como a força proeminente no futebol de clubes a nível mundial durante um breve período.

Mesmo ele não conseguiu igualar o recorde de golos por jogo de Gerd Müller, estrela do Bayern nos anos 70, cujos 34 golos na Taça dos Campeões Europeus aconteceram em apenas 35 jogos - uma percentagem de 0,97 por jogo, valor que nenhum jogador, antes ou durante a era da Champions League, conseguiu igualar ao longo de uma carreira com 20 ou mais jogos na competição.

49: Alfredo Di Stéfano (ARG/ESP, Real Madrid)
47: Eusébio (POR, Benfica)
36: Ferenc Puskás (HUN, Honvéd, Real Madrid)
34: Gerd Müller (GER, Bayern)
30: Francisco Gento (ESP, Real Madrid)

Melhores marcadores da Champions League por época (da fase de grupos até à final)

Veja os primeiros 20 golos de Haaland na Champions League

Em 2019/20, Lewandowski, do Bayern, encerrou uma série de 12 épocas seguidas em que Ronaldo ou Messi foram os melhores marcadores da UEFA Champions League (isolados ou em conjunto).

O avançado polaco não conseguiu manter o título na temporada seguinte, com Erling Haaland, do Dortmund, a terminar no topo da tabela em 2020/21, com dez golos, mais dois do que Kylian Mbappé, segundo classificado. Os dois avançados passaram a ser vistos de forma quase unânime como os homens-golo sucessores de Ronaldo e Messi, que desfrutam desse estatuto há mais de uma década.

O internacional norueguês Haaland – filho do médio-defensivo Alf Inge Håland – apresentou-se em grande na competição ao assinar um "hat-trick" no seu primeiro jogo, pelo Salzburgo, frente ao Genk, em 2019/20, tornando-se no primeiro jovem a facturar em cinco jogos consecutivos da UEFA Champions League.

Mudou-se para o Dortmund a meio dessa campanha e terminou-a com dez golos: apenas Lewandowski, com 15, conseguiu mais. No total, Haaland apontou 20 tentos nos seus primeiros 24 jogos europeus. Com o mesmo número de partidas, Mbappé marcou 12, Messi oito, Lewandowski seis e Cristiano Ronaldo apenas um.

2021/22: Karim Benzema (Real Madrid) – 15
2020/21: Erling Haaland (Dortmund) – 10
2019/20: Robert Lewandowski – 15
2018/19: Lionel Messi (Barcelona) – 12
2017/18: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 15
2016/17: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 12
2015/16
: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 16
2014/15: Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Lionel Messi (Barcelona), Neymar (Barcelona) – 10
2013/14: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 17
2012/13: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 12
2011/12: Lionel Messi (Barcelona) – 14
2010/11: Lionel Messi (Barcelona) – 12
2009/10: Lionel Messi (Barcelona) – 8
2008/09: Lionel Messi (Barcelona) – 9
2007/08: Cristiano Ronaldo (Manchester United) – 8
2006/07: Kaká (Milan) – 10
2005/06: Andriy Shevchenko (Milan) – 9
2004/05: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 8
2003/04: Fernando Morientes (Mónaco) – 9
2002/03: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 12
2001/02: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 10
2000/01: Raúl González (Real Madrid) – 7
1999/2000: Mário Jardel (Porto), Rivaldo (Barcelona), Raúl González (Real Madrid) – 10
1998/99: Andriy Shevchenko (Dínamo Kiev), Dwight Yorke (Manchester United) – 8
1997/98: Alessandro Del Piero (Juventus) – 10
1996/97: Milinko Pantić (Atlético) – 5
1995/96: Jari Litmanen (Ajax) – 9
1994/95: George Weah (Paris) – 7
1993/94: Hristo Stoichkov (Barcelona) – 5
1992/93: Franck Sauzée (Marselha) – 5