O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO Sub-21 de 2021: tudo o que precisa de saber

Quando, onde é, quem participa e como funciona?

AFP/Getty Images

Quais são os grupos?

Grupo A
Hungria (anfitriã)
Alemanha
Roménia
Países Baixos

Grupo B
Eslovénia (anfitriã)
Espanha (campeã)
República Checa
Itália

EURO Sub-21 2021: conheça as equipas
EURO Sub-21 2021: conheça as equipas

Grupo C
Rússia
Islândia
França
Dinamarca

Grupo D
Portugal
Croácia
Inglaterra
Suíça

Confira todos os plantéis


O sorteio foi feito em Nyon a 10 de Dezembro de 2020.

Quando é a fase final?

O EURO Sub-21 de 2021 tem um formato e calendário únicos, com a fase de grupos e a fase a eliminar a serem realizadas separadamente. A fase de grupos disputa-se entre 24 e 31 de Março de 2021; os vencedores e os segundos classificados apuram-se para uma fase a eliminar com oito equipas, a realizar entre 31 de Maio e 6 de Junho de 2021.

Todos os jogos


Datas
Grupos A e B: 24/27/30 de Março
Grupos C e D: 25/28/31 Março
Quartos-de-final: 31 de Maio
Meias-finais: 3 de Junho
Final: 6 de Junho

Como posso assistir aos jogos?

Os parceiros na Europa e por todo o Mundo vão transmitir os jogos do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2021.

Veja onde pode ver os jogos do EURO Sub-21


Onde são os jogos?

EURO Sub-21 de 2021: cidades-anfitriãs
EURO Sub-21 de 2021: cidades-anfitriãs

O torneio é organizado pela Hungria e pela Eslovénia, com quatro cidades em cada país a receberem os jogos.

Hungria
Budapeste: Bozsik Stadion
Győr: Gyirmóti Stadion
Székesfehérvár: Sóstó Stadion
Szombathely: Haladás Stadion

Eslovénia
Celje: Stadion Celje
Ljubljana: Stadion Stožice
Koper-Capodistria: Stadion Bonifika
Maribor: Stadion Ljudski vrt

Guia dos estádios


Quem são os embaixadores do torneio?

Hungria: Péter Gulácsi

Eslovénia: Jan Oblak

Quem ganhou as edições anteriores?

Resumo da final de 2019: Espanha 2-1 Alemanha
Resumo da final de 2019: Espanha 2-1 Alemanha

2019: Espanha
2017: Alemanha
2015: Suécia
2013: Espanha
2011: Espanha

Bilhética

No seguimento de decisões tomadas pelas autoridades relevantes e relacionadas com a pandemia da COVID-19, a fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-21 será disputada à porta fechada.

A UEFA está a monitorizar atentamente a situação nos dois países-anfitriões e irá tomar posteriormente uma decisão no que diz respeito à possibilidade de espectadores poderem estar presentes na fase a eliminar da fase final, em cooperação com as federações nacionais e as autoridades relevantes.

Situação COVID-19

Devido à pandemia COVID-19 e à situação incerta dela decorrente, o Comité Executivo da UEFA decidiu, a 15 de Março de 2021, aplicar as seguintes regras para a fase final do Campeonato da Europa Sub-21 de 2021, que vai decorrer entre 24 e 31 de Março (fase de grupos) e entre 31 de Maio e 6 de Junho (fase a eliminar), na Hungria e Eslovénia:

1. Caso um grupo de jogadores de uma equipa seja colocado em quarentena obrigatória ou se auto-isole após decisão de uma autoridade competente nacional/local, o jogo será disputado conforme agendado desde que a equipa tenha pelo menos 13 jogadores disponíveis (incluindo pelo menos um guarda-redes). Isto acontece independentemente de qualquer outra provisão dos regulamentos relevantes da competição (incluindo o prazo-limite para a entrega da lista de jogadores), desde que todos os jogadores sejam elegíveis para representar a selecção Sub-21, de acordo com o Artigo 41 dos regulamentos da competição, e tenham testado negativo tal como exigido pelo Protocolo da UEFA.

2. Se um país não conseguir apresentar em campo uma equipa com o número mínimo de jogadores acima mencionado (i.e. 13 jogadores incluindo pelo menos um guarda-redes), o jogo será, se possível e desde que existam opções viáveis de reagendamento disponíveis, ser marcado para o dia seguinte pela administração da UEFA, que também deve ter o poder para mudar o local de realização da partida.

3. Se não for possível reagendar o jogo, o país que não conseguir disputar o jogo será responsabilizado pela sua não realização. Dessa forma, o Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA considera o jogo anulado e atribui derrota administrativa por 3-0 a esse país.

4. Se algum elemento da equipa de arbitragem nomeado para um jogo testar positivo à COVID-19, a UEFA pode, a título excepcional, nomear substitutos, que podem ser da mesma nacionalidade de um dos países em causa e/ou podem não fazer parte da lista FIFA.