O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO Sub-21 de 2019: Espanha sagra-se pentacapeã

Após um começo atribulado na fase final, a Espanha recuperou e venceu a campeã Alemanha, somando o seu quinto título, um recorde na competição.

A Espanha conquistou o título pela quinta vez, um recorde
A Espanha conquistou o título pela quinta vez, um recorde Getty Images

Espanha 2-1 Alemanha
(Fabián 7, Olmo 69, Amiri 88)
Stadio Friuli, Udine

Realizado em Itália, a 22ª edição do Campeonato da Europa Sub-21 da UEFA começou a 16 de Junho de 2019 e terminou a 30 do mesmo mês. A qualificação contou com 54 equipas em busca de um lugar na fase final a 12.

JOGADOR DO TORNEIO: FABIÁN RUIZ

Resumo: Veja como a Espanha alcançou a glória nos Sub-21
Resumo: Veja como a Espanha alcançou a glória nos Sub-21

No jogo inaugural, a Polónia bateu a Bélgica, começando a perder mas conseguindo dar a volta. O triunfo por 3-1 da Itália sobre a Espanha lançou a campanha de ambas as equipas. A "la rojita" começou melhor, com um golo de Daniel Ceballos, mas a equipa da casa respondeu, primeiro com Federico Chiesa a bisar e depois com Lorenzo Pellegrini a selar o resultado final.

No entanto, as aspirações da Itália sofreram um rude golpe na segunda jornada, devido à derrota-surpresa com a Polónia, sucumbindo a um tento solitário numa partida em que efectuaram 30 remates. Mesmo tendo depois ganho à Bélgica, a selecção transalpina ficou pelo caminho, com os mesmos seis pontos que Polónia e Espanha, esta última apurada, e em primeiro lugar, devido à diferença no confronto directo, após golear os polacos por 5-0 na última jornada.

Alemanha (Grupo B) e Roménia (Grupo C) também se apuraram em primeiro, enquanto a França foi o segundo melhor classificado de todos os grupos e marcou encontro com a Espanha na meia-final. Os gauleses adiantaram-se cedo no marcador, mas a Espanha deu a volta antes do intervalo e construiu a goleada final de 4-1 no segundo período.

Resumo de 2019: Alemanha 4-2 Roménia
Resumo de 2019: Alemanha 4-2 Roménia

Nas meias-finais, só nos instantes finais a Alemanha conseguiu bater a Roménia, por 4-2, com Luca Waldschmidt, melhor marcador do torneio, a desfazer o empate aos 90 minutos. Esse resultado ditou uma reedição da final de 2017, frente à Espanha, que os germânicos venceram.

A Espanha começou a final como se tivesse contas a acertar, e foi recompensada quando Fabián Ruiz, eleito Jogador do Torneio, inaugurou o marcador com um remate à entrada da área. A Alemanha surgiu revigorada na segunda parte, no entanto não conseguiu criar ocasiões de golo flagrantes. E foi na tentativa de chegar ao empate que viu sentenciado o seu destino, com Dani Olmo a facturar na recarga a remate de Fabián Ruiz, de nada servindo o golo de Amiri a reduzir a diferença.