O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Conheça o "Zé Golo", avançado de Portugal

Conhecido como "Zé Golo", o avançado José Gomes tem estado goleador em duas provas da UEFA esta época. O feito mais recente foi diante do Azerbaijão.

José Gomes vai querer marcar mais golos neste domingo frente à Escócia
José Gomes vai querer marcar mais golos neste domingo frente à Escócia ©Sportsfile

Ao aumentar o seu pecúlio para sete golos ao bisar durante a primeira parte na vitória de Portugal, por 5-0, sobre o Azerbaijão, na quinta-feira, José Gomes tornou-se num dos melhores marcadores da edição de 2015/16 do Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA. Conforme viram os mais atentos à UEFA Youth League – competição na qual o jogador natural da Guiné-Bissau marcou sete vezes pelo SB Benfica na presente temporada – esta fase final no Azerbaijão não é a primeira em que o atacante, conhecido pelos companheiros e amigos por "Zé Golo", deixou a sua marca.

Sobre marcar duas vezes nos primeiros 16 minutos contra o anfitrião...
É sempre bom fazê-lo porque retira confiança aos adversários e ajuda a equipa a atingir os objectivos. Consegui escapar aos defesas que me estavam a marcar. Dito isto, estavam três jogadores do Azerbaijão na minha zona, fiz bem em ir para o local certo de modo a marcar de cabeça no canto. O segundo surgiu depois de um lance confuso entre um defesa e o guarda-redes, e eu aproveitei. Quando a bola me chegou estava muito calmo e fui frio.

Veja os dois golos de José Gomes frente ao Azerbaijão
Veja os dois golos de José Gomes frente ao Azerbaijão

Sobre a eventual conquista da bota de ouro no EURO Sub-17…
É positivo porque muitas pessoas estão a ver este torneio. Estou empatado com o meu companheiro de clube João Filipe, que também está a ir bem [com sete golos na qualificação]. Espero que ele também marque mais e possa ajudar a equipa – é bom estar nesta posição.

Sobre a ligação com João Filipe e a entreajuda entre ambos…
Nos treinos costumo dizer: 'Vamos fazer um jogo para ver quem marca mais golos. Algumas vezes ganha ele, outras ganho eu.

Sobre a importância da UEFA Youth League no seu desenvolvimento...
É uma boa experiência. O clube deu-me a oportunidade [de jogar aos 17 anos numa prova de Sub-19] e aproveitei-a ao marcar sete golos. Viajámos com a equipa principal para o Cazaquistão [para defrontar o Astana, em Novembro]. Foi uma boa ideia a UEFA dar aos jovens jogadores a oportunidade de se juntarem aos mais velhos. Estivemos com as pessoas do clube que admiramos. Foi muito positivo.

©Getty Images

Sobre Renato Sanches servir de inspiração…
Ele é meu amigo, gostou de um dos meus "posts" no Instagram quando estávamos a caminho daqui. Vê-lo na equipa principal e a jogar nas principais competições é uma enorme fonte de motivação. Quero fazer o mesmo.

Sobre a viagem da Guiné-Bissau para o Benfica…
A primeira vez que fui a Portugal foi em 2011. Joguei pela minha academia num torneio para jovens, no Algarve. Joguei bem e marquei muitos golos. A seguir regressei à Guiné e o meu pai não queria que eu saísse porque era muito jovem. No entanto, a minha mãe [que vive em Portugal] conseguiu convencer o meu pai a deixar-me sair. Valeu a pena. A minha mãe diz que foi uma ocasião única para fazer o que mais gostava: jogar futebol.

Renato Sanches é titular do Benfica e já chegou à selecção principal
Renato Sanches é titular do Benfica e já chegou à selecção principal©Getty Images

Sobre a primeira recordação do futebol…
Havia um campo pelado na Guiné-Bissau perto da minha casa. A minha mãe estava sempre a dizer-me para vir para dentro [de casa], mas eu queria jogar – mesmo descalço. Por vezes ia para a cama, esperava que ela adormecesse e depois saía. Uma vez cortei o pé e tive medo de regressar a casa!

Sobre os jogadores que admira…
Luis Suárez pelo seu posicionamento, mas quem idolatrava mesmo era o Thierry Henry.

Melhores marcadores do Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA de 2015/16
José Gomes (Portugal) 7
João Filipe (Portugal) 7
Reiss Nelson (Inglaterra) 7
Teddy Bergqvist (Suécia) 5
Jens Odgaard (Dinamarca) 5
Dylan Vente (Holanda) 5

©Sportsfile
©Sportsfile
©Sportsfile
©Sportsfile
©Sportsfile
©Sportsfile