O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Nuno Gomes: Portugal tem de estar atento a Lukaku

Na sua quarta coluna do UEFA EURO 2020, o finalista de 2004 analisa o Portugal - França e aponta ao embate dois oitavos-de-final, ante a Bélgica.

Na sua quarta coluna do UEFA EURO 2020, o finalista de 2004, Nuno Gomes, analisa o jogo entre Portugal e França e aponta ao embate dois oitavos-de-final, ante a Bélgica, destacando o papel de Lukaku numa equipa recheada de talento.

Actualizações em directo: Bélgica - Portugal

Personalidade de Portugal

Portugal fez uma boa exibição contra a França. Existiram algumas alterações no “onze” inicial, algumas mudanças que não tinham acontecido diante da Alemanha, em que Portugal repetiu o mesmo “onze” que defrontou a Hungria. Diante da França o seleccionador Fernando Santos fez algumas alterações no meio-campo e creio que Portugal, acima de tudo na primeira parte, mostrou querer jogar o jogo pelo jogo, querer ficar com a bola. Teve personalidade e mostrou ter capacidade para discutir o jogo contra qualquer selecção.

Avalanche de emoções

Foi um jogo muito forte também em termos emocionais. Durante os 90 minutos Portugal esteve apurado em primeiro, apurado em segundo, em terceiro e inclusivamente esteve eliminado, em quarto lugar, quando a Hungria vencia a Alemanha. Foi um bom jogo para quem gosta de futebol, pleno de emoção para quem estava nas bancadas e em casa.

Resultado justo

Aceita-se o resultado por aquilo que as equipas fizeram. Ainda assim, na primeira parte, Portugal merecia ir para o intervalo a vencer. No entanto, a França entrou melhor na segunda parte, conseguiu a vantagem e Portugal reagiu bem. Chegou ao empate e aceita-se o resultado no final. Para Portugal, aquilo que mais importava era confirmar a passagem para os oitavos-de-final.

Veja todos os golos de Ronaldo no EURO 2020
Veja todos os golos de Ronaldo no EURO 2020

O recordista Ronaldo

É difícil encontrar mais palavras para falar de Cristiano Ronaldo, porque ele continua a marcar golos e a dar sempre boas respostas. Tem uma taxa de aproveitamento de golos muito grande porque em poucas oportunidades faz os seus golos. É certo que marcou dois de penálti, mas não é para todos, debaixo da pressão de um EURO, não vacilar em determinados momentos. Marcar penáltis não é tão fácil nesta altura como se possa pensar. Continua a mostrar que está em grande forma, com o pé quente. Espero que ele continue neste registo, porque para a selecção portuguesa é bom sinal

O momento de Rui Patrício

No jogo com a França há ainda a destacar a defesa de Rui Patrício. Foi um grande momento. Para já, posso dizer que foi a melhor defesa do torneio até esta altura. Foi uma excelente jogada de Pogba, um fantástico remate e uma grande defesa. Foi um hino ao futebol. Depois da defesa teve ainda a destreza de reagir e travar a recarga. Foi mais uma importante mensagem de Rui Patrício, que tem dado grande segurança e tem sido um dos jogadores mais importantes da nossa selecção nos últimos anos.

Rui Patrício nega o golo a Paul Pogba
Rui Patrício nega o golo a Paul PogbaGetty Images

A força de Lukaku

Falar da Bélgica é falar de Lukaku, mas não só. É um dos jogadores mais fortes ofensivamente no futebol mundial, com um poder de explosão incrível, muito forte fisicamente. Gosta de jogar com o corpo, no contacto físico com os defesas mas também é forte quando é lançado em profundidade. Joga muito bem de costas para a baliza com os seus colegas. Portugal terá que ter cuidados redobrados com Lukaku.

De Bruyne e Hazard

Todas as selecções têm os seus melhores jogadores e Lukaku é uma peça importante da Bélgica, mas ainda há Kevin De Bruyne, um dos melhores a nível mundial na sua posição. É um jogador diferente, com muita classe e talento, que serve muito bem Lukaku. Muito do jogo da Bélgica vai partir daí, dos lançamentos perigosos de De Bruyne para Lukaku. Depois ainda há o Eden Hazard, que é um excelente jogador, mas há outros. É uma selecção colectivamente forte, mas tem jogadores a nível individual capazes de desequilibrar a qualquer momento.

Descarregue a app do EURO