O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão do Bélgica - Portugal: onde ver, notícias das equipas, guia de forma

Portugal defronta a Bélgica nos oitavos-de-final do UEFA EURO 2020 – tudo o que precisa de saber.

Portugal enfrenta a Bélgica nos oitavos-de-final do UEFA EURO 2020, em Sevilha, às 20h00 deste domingo.

Bélgica - Portugal: actualizações em directo

Ponto de situação

Ronaldo contra Lukaku: duelo de goleadores
Ronaldo contra Lukaku: duelo de goleadores

Este é, sem sombra de dúvidas, um dos pontos altos dos oitavos-de-final, com os formidáveis Diabos Vermelhos a terem pela frente o actual campeão da Europa. O poder de fogo belga ficou bem batente no triunfo por 3-0 sobre a Rússia e na impressionante forma como deram a volta ao resultado para bater a Dinamarca por 2-1, isto antes de terminarem a sua participação na fase de grupos com um registo perfeito, ao vencerem a Finlândia por 2-0.

A caminhada de Portugal rumo a estes oitavos-de-final foi bem mais acidentada. A equipa orientada por Fernando Santos mostrou paciência na forma como bateu a Hungria por 3-0, mas não evitou sofrer uma pesada derrota por 4-2 contra a Alemanha. A selecção portuguesa passou, depois, pelas quatro posições do seu grupo no decurso da terceira e última jornada, onde defrontou a França, com o 2-2 registado nessa partida, cortesia de mais dois golos de um Cristiano Ronaldo que viveu mais uma noite histórica, a ser suficiente para assegurar o terceiro lugar.

Onde ver o jogo na TV

Os adeptos podem consultar aqui os parceiros de transmissão local do UEFA EURO 2020.

Equipas prováveis

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Vermaelen, Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel, T. Hazard; Carrasco, Lukaku, E. Hazard
De fora
: Castagne (face), Chadli (doença)
Em risco de exclusão
: T. Hazard

Portugal: Rui Patrício; Nélson Semedo, Rúben Dias, Pepe, Guerreiro; Palhinha, Renato Sanches, João Moutinho; Bernardo Silva, Ronaldo, Diogo Jota
Em risco de exclusão
: Rúben Dias

Visão dos repórteres

Alyssa Saliou, repórter da Bélgica: Embora os jogadores insistam que não tinha preferência por um específico adversário, é possível sentir a tensão entre os adeptos da Bélgica. Apesar de não conseguirem bater Portugal desde 1989, provaram que são capazes de vencer oponentes de peso, sendo prova disso mesmo o triunfo por 2-1 alcançado diante do Brasil no Mundial de 2018. E com Axel Witsel, Eden Hazard e Kevin De Bruyne agora a 100 por cento, essa crença só pode sair reforçada. O mais importante frente a Portugal será jogar de forma compacta e não dar espaço a jogadores como Cristiano Ronaldo, embora o foco não deve incidir só sobre o melhor marcador do torneio, já que toda a equipa tem enorme talento.

Nuno Gomes alerta para Lukaku!

Carlos Machado, repórter de Portugal: A Bélgica é uma equipa que já joga junta há muito tempo e com sistemas de jogo similares à Alemanha (3-4-3 ou 3-5-2), pelo que em teoria a campeã da Europa não vai ter vida fácil, sobretudo tendo em conta as dificuldades evidenciadas em Munique contra a "Mannschaft". Fernando Santos aprendeu a lição inerente a essa derrota por 4-2 e a sua equipa revelou maior intensidade no meio-campo no seu último jogo, perante adversários como N'Golo Kanté e Paul Pogba. Será, à semelhança do que aconteceu com a França, um Portugal mais equilibrado e ponderado aquele que vai tentar suplantar uma das melhores equipas da prova até ao momento. Um grande jogo em perspectiva em Sevilha!

A caminhada de Renato Sanches
A caminhada de Renato Sanches

Declarações dos protagonistas

Roberto Martínez, seleccionador da Bélgica: "Estamos motivados e focados. Sinto muita vontade e energia no grupo. Portugal é uma equipa que se adapta rapidamente às circunstâncias. Se será uma partida aberta ou fechada depende do que acontece. Será que haverá um golo logo a abrir?"

Toby Alderweireld, defesa da Bélgica: "Qual é a melhor forma de parar Ronaldo? Como equipa. Essa sempre foi a nossa força. A imprensa foca-se no Cristiano, mas eles têm enorme qualidade. Não devemos subestimar o Bernardo Silva, que é um jogador incrível, e o Diogo Jota. Eles têm vários jogadores que podem marcar um golo do nada. Não vamos, certamente, subestimá-los."

Fernando Santos, seleccionador de Portugal: "A Bélgica marca golos e raramente passa por dificuldades. Há alguns jogadores que são mais influentes, mas a Bélgica não vai fazer marcações individuais e nós também não. As duas equipas são de nível similar. É uma final; é para ganhar e não para jogar. Sei que vamos ter um adversário difícil pela frente, mas estou convencido que vamos ser melhores."

João Moutinho, médio de Portugal: “A Bélgica é muito compacta, mas vamos tentar impor o nosso jogo e os nossos pontos fortes, tirando partido de qualquer lapso alheio. O Kevin De Bruyne não é o único perigo para nós, mas se ele tiver espaço é ainda mais perigoso. Com espaço a Bélgica é ainda mais perigosa.”

Guia de forma (mais recente primeiro)

Bélgica: VVVVEV

Portugal: EDVVEV

Descarregue a app do EURO