Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Destaque do EURO 2012: Andrés Iniesta

O UEFA.com celebra Andrés Iniesta, que foi eleito Jogador do Torneio no UEFA EURO 2012, com a Espanha a ser a primeira equipa a revalidar o título.

Andrés Iniesta durante a vitória da Espanha no UEFA EURO 2012
Andrés Iniesta durante a vitória da Espanha no UEFA EURO 2012 AFP via Getty Images

Médio visionário e mestre no estilo "tiki-taka" que ajudou a Espanha a alcançar muito sucesso, Andrés Iniesta foi fundamental na vitória do seu país no UEFA EURO 2008 e ainda mais quatro anos depois, onde voltou a sagrar-se campeão e foi eleito Jogador do Torneio.

EURO 2012

• Uma fase de qualificação 100 por cento vitoriosa dava moral acrescido para tentar repetir a campanha gloriosa no UEFA EURO 2008. Para as outras equipas no UEFA EURO 2012, as suas aspirações dependiam de como iriam conseguir contrariar Iniesta e Xavi Hernández, cérebros do jogo espanhol.

Resumo da final do EURO 2012: Espanha 4-0 Itália
Resumo da final do EURO 2012: Espanha 4-0 Itália

• Com a ambição de ser a primeira equipa a revalidar o título e ganhar três torneios de selecções seguidos, a série de 14 vitórias oficiais da Espanha chegou ao fim por culpa de um empate com a Itália, apesar de uma exibição notável de Iniesta.

• Depois disso, Iniesta voltou a ser elemento preponderante numa equipa que não sofreu mais golos no torneio, assinando duas assistências na goleada sobre a República da Irlanda e uma que deu a vitória tardia sobre a Croácia.

• A Espanha mostrou toda a sua classe no triunfo sobre a França nos quartos-de-final, onde somou mais um passe decisivo. O duelo ibérico com Portugal nas meias-finais foi disputado até ao limite e apenas resolvido no desempate por penalties, onde Iniesta converteu uma das tentativas.

Resumo do EURO 2012: Veja o desempate por penalties entre Espanha e Portugal
Resumo do EURO 2012: Veja o desempate por penalties entre Espanha e Portugal

• Notável no reencontro com a Itália, o passe bem medido de Iniesta permitiu a Cesc Fábregas dar início à jogada do golo inaugural, apontado por David Silva. O trio foi intratável para os "azzurri" e a Espanha tornou-se na primeira equipa a marcar quatro golos numa final do EURO.

• Iniesta sobre o seu terceiro prémio de Melhor em Campo e a eleição para Jogador do Torneio. "É único e mágico, algo que dificilmente se repetirá", concluiu.

O que talvez não saiba

• Iniesta percorreu cerca de 100 quilómetros três vezes por semana para jogar pelo Albacete, o primeiro clube da sua carreira, dependendo da sua família para a deslocação.

• Uma dica do seu pai, a propósito de uma viagem à Catalunha para visitar um parque temático, permitiu ao Barcelona fazer uma operação de charme junto da família e contratar o jovem, na altura com apenas 12 anos.

Resumo do EURO 2012: Espanha 2-0 França
Resumo do EURO 2012: Espanha 2-0 França

• As suas primeiras chuteiras foram da marca Adidas por as relacionar com um antigo jogador do Barcelona, o defesa Ronald Koeman.

• Iniesta estreou-se pela Espanha em Albacete, em 2006, registando o seu primeiro golo no ano seguinte, cinco minutos após entrar em campo frente à Inglaterra.

• Herói do Mundial de 2010, a sua confiança estava em baixo antes do torneio, devido a problemas físicos persistentes. O fisioterapeuta do Barça deu-lhe um DVD com exemplos de atletas que superaram adversidades para triunfar: Antes da competição, Iniesta viu-o todas as noites antes de dormir.

• Iniesta admitiu que o ambiente "não era o melhor" na selecção antes do UEFA EURO 2012, elogiando o papel da equipa técnica no "aliviar de tensão" entre os jogadores do Real Madrid e do Barcelona. "Concordámos que estávamos ali para alcançar o mesmo objectivo", explicou.

Discurso directo

"Algumas pessoas criticavam a nossa forma de jogar, mas nós sempre nos convencemos que estávamos a fazer as coisas bem. Talvez tenha sido preciso um jogo como a final para provar isso. Pode parecer, mas a final frente à Itália não foi fácil".

"O meu objectivo nunca foi ser o melhor do Mundo, por assim dizer. Jogo futebol porque isso me faz feliz. Adoro a modalidade e não jogo para ganhar prémios individuais. Se no final do dia as pessoas valorizarem o meu trabalho, então óptimo".

"Quando o torneio terminou sentia-me melhor jogador do que no início. Regressei a casa mais feliz do que nunca; foi uma sensação mágica".

Resumo do EURO 2012: Croácia 0-1 Espanha
Resumo do EURO 2012: Croácia 0-1 Espanha

O que dizem dele

"Ele conseguia ver como as coisas iam acontecer antes dos outros e sabia o que fazer sob pressão e em espaços curtos. Estou feliz por Iniesta ter tido uma carreira brilhante. Não só porque é um grande jogador, mas também porque é um excelente ser-humano".
Louis van Gaal, antigo treinador no Barcelona

"Penso que foi tocado por uma varinha mágica, que lhe deu o poder de marcar golos especiais em momentos especiais".
Gerard Piqué, colega no Barcelona e na selecção

Andrés Iniesta num momento a sós com o troféu após a vitória da Espanha no EURO  2012
Andrés Iniesta num momento a sós com o troféu após a vitória da Espanha no EURO 2012©Getty Images

"Tem uma excelente percepção do jogo e uma capacidade de drible que lhe é única. Foi ele que me chamou a atenção para a importância de uma avançado ou um médio também serem capazes de driblar. Se ele dribla, se ele transporta a bola, então tudo flui".
Josep Guardiola, antigo treinador no Barcelona

Números finais

Selecção: 131 jogos, 13 golos
Competições de clubes da UEFA: 138 jogos, 11 golos
Competições nacionais: 530 jogos, 46 golos

Topo