O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Bélgica 3-0 Rússia: Lukaku bisa em triunfo claro

Romelu Lukaku bisou num triunfo tranquilo dos "diabos vermelhos" em São Petersburgo.

Resumo: Bélgica 3-0 Rússia
Resumo: Bélgica 3-0 Rússia

Romelu Lukaku e o suplente Thomas Meunier marcaram na primeira parte e abriram caminho para um triunfo impressionante da Bélgica na estreia, antes do bis de Lukaku, com a equipa de Roberto Martínez a mostrar-se demasiado forte para uma equipa da Rússia limitada pelas lesões.

Bélgica - Rússia: o jogo ao minuto, reacções


O jogo em poucas palavras

Meunier festeja depois de marcar um golo histórico (ver abaixo!)
Meunier festeja depois de marcar um golo histórico (ver abaixo!)Getty Images

Considerados um dos favoritos ao triunfo no torneio, ps belgas ganhar vantagem cedo, aos dez minutos, quando Dries Mertens cruzou para a área, Andrei Semenov falhou o corte e a bola sobrou para o golo de Romelu Lukaku. Os russos responderam de imediato, com Mário Fernandes a cabecear na área da Bélgica, mas Thibaut Courtois respondeu com uma boa defesa. Os belgas aproveitaram as ofertas russas e, ao 34 minutos, o guarda-redes Anton Shunin não conseguiu segurar um cruzamento e o suplente Meunier não desperdiçou a oportunidade de colocar o marcador em 2-0 ao intervalo.

O segundo tempo foi menos interessante e a Rússia nunca encontrou forma de ultrapassar a boa organização e gestão do resultado por parte da Bélgica. Mesmo assim, a equipa de Roberto Martínez ainda marcou o terceiro golo, a dois minutos do final, quando Meunier lançou Lukaku e este não deu hipóteses a Shunin.

Melhor em campo: Romelu Lukaku (Bélgica)

"Foi consistente tanto ofensiva como defensivamente, e muito eficiente."
Escolhido por Jean-François Domergue, Observador Técnico da UEFA

Reacções

Roberto Martínez, seleccionador da Bélgica: "Jogámos três vezes contra a Rússia num curto período de tempo [entre Março de 2017 e Novembro de 2019]. O treinador deles usou quatro defesas num dos jogos e cinco defesas nos outros dois, pelo que estávamos preparado para ambas as situações, não foi uma surpresa”.

Stanislav Cherchesov, seleccionador da Rússia: "O resultado parece justo. Poderia ter sido mais equilibrado, mas cometemos erros infantis. Jogámos com a Bélgica quatro vezes [recentemente] e não conseguimos vencer".

Lukaku, avançado da Bélgica: "É bom começar o EURO desta forma. É importante ultrapassar a fase de grupos e este foi um bom começo”.

Principais estatísticas

  • Meunier tornou-se no primeiro jogador a marcar numa primeira parte no EURO.
  • Lukaku marcou 62 golos em 94 jogos pela Bélgica, mas apontou 20 nos últimos 15 desafios internacionais.
  • O avançado do Inter é o melhor marcador da Bélgica em EUROs com quatro golos, à frente de Jan Ceulemans e Radja Nainggolan que marcaram dois.
  • A margem desta vitória igualou o triunfo mais folgado da Bélgica na fase de grupos do EURO, tinham derrotado República da Irlanda pelo mesmo resultado em 2016.
  • A Rússia nunca conseguiu vencer depois de estar em desvantagem num desafio no EURO (2E 10D)
  • A Bélgica marcou o primeiro golo nas últimas cinco partidas em fases finais do EURO.
  • A Bélgica venceu seis dos últimos sete duelos com a Rússia.
  • A Bélgica marcou pelo menos um golo nos últimos 31 jogos.
  • A Rússia está há seis jogos sem vencer no EURO.

Equipas

A Bélgica festeja no final do encontro
A Bélgica festeja no final do encontroBELGA MAG/AFP via Getty Images

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Boyata, Vertonghen (Vermaelen 77); Castagne (Meunier 27), Dendoncker, Tielemans, T. Hazard; Mertens (E. Hazard 72), Lukaku, Carrasco (Praet 77)

Rússia: Shunin; Mário Fernandes, Semenov, Dzhikiya, Zhirkov (Karavaev 43); Ozdoev, Barinov (Diveev 46); Zobnin (Mukhin 63), Golovin, Kuzyaev (Cheryshev 30; Miranchuk 63); Dzyuba

o que se segue

Finlândia - Rússia – Quarta-feira, 16 de Junho, São Petersburgo
Dinamarca - Bélgica – Quinta-feira, 17 de Junho, Copenhaga