O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal vence anfitriã França e conquista EURO 2016

Portugal 1-0 França
Privado desde cedo do lesionado Cristiano Ronaldo, Portugal ganhou o seu primeiro grande troféu graças ao golo do suplente Eder aos 109 minutos.

EURO 2016 final highlights: Portugal 1-0 France
EURO 2016 final highlights: Portugal 1-0 France
  • Portugal bate França por 1-0 no prolongamento e sagra-se campeão pela primeira vez
  • Recém-entrado Eder marca aos 109 minutos o seu primeiro golo pela selecção em jogos oficiais
  • Capitão de Portugal e melhor marcador de sempre da competição, Cristiano Ronaldo sai lesionado aos 25 minutos
  • Ambas as equipas acertam nos ferros: André-Pierre Gignac pela França, Raphaël Guerreiro por Portugal
  • Primeira derrota em casa da França no torneio em 19 jogos, desde o "play-off" do terceiro lugar, em 1960


Portugal é campeão da Europa! A selecção das "quinas" venceu a final do UEFA EURO 2016 de forma emocionante, por 1-0, graças a um golo do ponta-de-lança Eder no prolongamento, dando o primeiro título de selecções seniores ao país. Uma exibição personalizada e sem a sua grande estrela, Cristiano Ronaldo, durante grande parte do tempo, obrigado a sair por lesão aos 25 minutos.

EURO 2016: Tudo o que precisa de saber

A jogar em casa, a selecção francesa entrou mais pressionante nos instantes iniciais e a querer controlar o jogo. Ainda assim foi Portugal que criou a primeira situação de perigo, logo aos quatro minutos. Cédric lançou Nani, com o avançado a dominar no peito e a rematar de pronto mas por cima da baliza à guarda de Hugo Lloris.

No minuto seguinte, após uma jogada de insistência, Moussa Sissoko imitou Nani, com um remate à entrada da área, que saiu por cima do alvo. Pouco depois Antoine Griezmann, descaído sobre o lado esquerdo, tentou visar a baliza de Rui Patrício mas o disparo saiu torto. Aos nove surgiu a primeira grande ocasião de golo, com Dimitri Payet a cruzar para a cabeça de Griezmann, que obrigou Patrício a uma excelente defesa.

Veja Cristiano Ronaldo liderar os festejos de Portugal
Veja Cristiano Ronaldo liderar os festejos de Portugal

A meio da primeira parte Portugal sofreu um duro revés já que o capitão Cristiano Ronaldo foi forçado a sair, após um lance com Payet minutos antes. O avançado do Real Madrid tentou tudo para continuar em campo, foi assistido duas vezes, mas acabou por sair, dando o lugar a Ricardo Quaresma.

Aos 33 minutos nova oportunidade para a França, após combinação entre Payet e Sissoko. O médio ganhou espaço dentro da área de Portugal e rematou de pronto, para defesa apertada de Rui Patrício. A primeira parte terminou sem golos, com sinal mais da França, mas com Portugal a dar boa réplica, mesmo depois de ter ficado privado de Cristiano Ronaldo.

No segundo tempo os franceses continuaram à procura do golo mas a formação das "quinas", personalizada, ia anulando as investidas dos gauleses. Aos 65 minutos Griezmann ficou novamente muito perto de marcar, após cruzamento do recém-entrado Kingsley Coman. O dianteiro do Atlético de Madrid desviou de cabeça, com o esférico a passar a escassos centímetros da barra. Aos 74 foi a vez de Olivier Giroud testar os reflexos de Patrício, com um disparo forte que obrigou o guardião português a uma defesa de recurso.

Aos 79 Portugal respondeu com muito perigo, após cruzamento-remate de Nani, a obrigar Lloris a uma excelente defesa. No seguimento do lance Quaresma tentou o remate acrobático mas o guarda-redes francês segurou sem problemas. E em cima do apito final, André-Pierre Gignac, entrado momentos antes para o lugar de Giroud, trabalhou bem na área e rematou ao poste direito da baliza lusa.

Com o empate a subsistir ao cabo dos 90 minutos o jogo prosseguiu para prolongamento. E aos 104 minutos, na sequência de um canto da direita apontado por Quaresma, Eder obrigou Hugo Lloris a grande defesa. E aos 108, na cobrança de um livre, Raphaël Guerreiro atirou à barra mas logo a seguir surgiu o golo de Portugal.

Eder fala de um golo especial
Eder fala de um golo especial

Eder (109') recolheu a bola, virou-se e rematou rasteiro e colocado para o 1-0. A festa lusa nas bancadas foi tremenda. Mas ainda havia muito para jogar, por isso a França voltou-se deliberadamente ao ataque. Mas esta era a noite de Portugal, que segurou a vantagem e levou a Taça para casa.

Melhor em Campo: Pepe (Portugal)
Pepe falhou a meia-final devido a lesão, mas regressou em grande à equipa, não dando qualquer hipótese a Griezmann, vencedor da Bota de Ouro adidas, para marcar. Esteve imperial pelo chão e nas alturas numa exibição portentosa. "Escrevemos uma página brilhante do futebol português", disse o defesa-central.

Reacções

Pepe: Ganhámos por Ronaldo
Pepe: Ganhámos por Ronaldo

Cristiano Ronaldo, capitão de Portugal: "Estou muito feliz. É algo que queria há muito tempo, desde 2004. Infelizmente, as coisas não correram bem para mim, mas sempre acreditei nestes jogadores. Este é um dos momentos mais felizes da minha carreira. Sempre disse que queria ganhar um troféu com a selecção e fazer história. É um momento único para mim. É inesquecível."

Fernando Santos, treinador de Portugal: "Temos um grupo incrível. Eles sempre acreditaram em mim quando lhes disse que poderíamos ganhar isto. Onde quer que estivéssemos houve sempre adeptos portugueses. Isso deu-nos muito ânimo. É difícil descrever as emoções dos jogadores – é incrível."

Ronaldo fala de uma noite "inesquecível"
Ronaldo fala de uma noite "inesquecível"

Éder, autor do golo da vitória de Portugal: "Portugal esperou muito tempo por este título, por isso é fantástico. [Antes do prolongamento, Cristiano Ronaldo] disse-me que ia marcar o golo da vitória. Ele deu-me força e energia positiva."

Didier Deschamps, treinador da França: "Desperdiçámos uma excelente oportunidade de sermos campeões europeus. É claro que a emoção dominante é a de grande decepção. É cruel perder a final assim. Tenho de dar os parabéns a Portugal. Tivemos as nossas ocasiões e não fomos eficazes. Não tivemos a frieza necessária, mas não posso acusar os meus jogadores de nada. Eles deram tudo."

EURO 2016: Equipa do Torneio

Equipas

O "onze" de Portugal que bateu a anfitriã França na final do EURO 2016, em Paris
O "onze" de Portugal que bateu a anfitriã França na final do EURO 2016, em Paris VI-Images via Getty Images

Portugal: Rui Patrício; Raphaël Guerrero, José Fonte, Pepe, Cédric; João Mário, William, Adrien Silva (João Moutinho 66), Renato Sanches (Eder 79); Ronaldo (c) (Quaresma 25), Nani
Suplentes: Anthony Lopes, Eduardo, Bruno Alves, Ricardo Carvalho, Vieirinha, Danilo, Rafa Silva, Eliseu
Treinador: Fernando Santos

França: Lloris (c); Evra, Umtiti, Koscielny, Sagna; Payet (Coman 58), Matuidi, Pogba, Sissoko (Martial 110); Giroud (Gignac 78), Griezmann
Suplentes: Mandanda, Costil, Jallet, Rami, Kanté, Cabaye, Schneiderlin, Mangala, Digne
Treinador: Didier Deschamps

Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra)