O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: Tudo o que precisa saber

A Itália bateu a Inglaterra na final de Londres, após penáltis. O EURO2020.com recorda o que se passou na prova.

 Giorgio Chiellini ergue o troféu após a final do EURO 2020
Giorgio Chiellini ergue o troféu após a final do EURO 2020 POOL/AFP via Getty Images

Quem ganhou o EURO 2020?

A Itália superou a Inglaterra na final da EURO 2020, vencendo por 3-2 nos penáltis após empate a um golo em Wembley. Luke Shaw colocou os anfitriões em vantagem, logo aos dois minutos, mas Leonardo Bonucci respondeu na segunda parte. Depois, Gianluigi Donnarumma defendeu os remates de Jadon Sancho e Bukayo Saka no desempate, enquanto Marcus Rashford acertou no poste. "Somos uma equipa fantástica e merecemos isto", disse o guarda-redes.

Quais foram os melhores marcadores do EURO 2020?

Melhor Marcador: veja todos os golos de Ronaldo no EURO 2020
Melhor Marcador: veja todos os golos de Ronaldo no EURO 2020

O português Cristiano Ronaldo venceu o prémio Melhor Marcador Alipay, graças aos cinco golos e uma assistência nos 360 minutos em que participou no EURO 2020. O checo Patrik Schick também marcou cinco golos na fase final, mas não fez qualquer assistência em 404 minutos.

O inglês Harry Kane (que marcou quatro golos na prova) foi o goleador da fase de qualificação, com 12, um a mais que Ronaldo e o israelita Eran Zahavi. O total do jogador do Tottenham incluiu "hat-tricks" frente a Bulgária e Montenegro.

Onde se realizou o EURO 2020?

Pela primeira vez nos seus 60 anos de existência, o EURO disputou-se em mais do que duas cidades europeias, mais concretamente 11.

Final e meias-finais, dois jogos dos oitavos-de-final, três jogos da fase de grupos
Londres, Inglaterra: Wembley Stadium

Seis jogos da fase de grupos, um jogo dos quartos-de-final
São Petersburgo, Rússia: Estádio de São Petersburgo

Três jogos da fase de grupos, um jogo dos quartos-de-final
Baku, Azerbaijão: Estádio Olímpico de Baku
Munique, Alemanha: Fußball Arena München
Roma, Itália: Olimpico em Roma

Três jogos da fase de grupos, um jogo dos oitavos-de-final
Amesterdão, Holanda: Johan Cruijff ArenA  
Bucareste, Roménia: Arena Nacional
Budapeste, Hungria: Estádio Ferenc Puskás
Copenhaga, Dinamarca: Estádio Parken
Glasgow, Escócia: Hampden Park
Sevilha, Espanha: Estádio La Cartuja

Veja a reacção de Mancini ao triunfo italiano
Veja a reacção de Mancini ao triunfo italiano

Quem orientou a equipa vencedora do EURO 2020?

Assumindo o comando após a Itália ter falhado o apuramento para o Mundial de 2018, Roberto Mancini levou a Itália à glória no EURO 2020. A final foi o 34º jogo consecutivo sem derrotas sob o comando do antigo avançado "azzurri", de 56 anos. "Os rapazes foram incríveis", disse após a final. "Não tenho palavras para eles; esta é uma equipa maravilhosa. Este jogo seria sempre difícil, e depois do golo madrugador mais ainda, mas a partir daí dominámos".

Quem foi o capitão vencedor do EURO 2020?

Giorgio Chiellini, defesa da Juventus, tornou-se no capitão mais velho a vencer o EURO (36 anos e 331 dias), liderando a Itália rumo à vitória, com a excelente dupla formada com Leonardo Bonucci, de 34 anos, no eixo da defesa a ser pedra basilar para o sucesso da equipa. Apelidado de "King Kong", devido à forma como celebra golos, batendo com a mão no peito, Chiellini tem tanto de força quanto de inteligência: em 2017 concluiu o Mestrado em Administração de Empresas na Escola de Gestão e Economia da Universidade de Turim.

Qual foi o formato do torneio?

Realizado entre 11 de Junho e 11 de Julho, o EURO 2020 foi a segunda edição da prova a contar com 24 equipas. O formato foi idêntico ao do EURO 2016, com os dois primeiros classificados de cada um dos seis grupos a avançar para os oitavos-de-final, juntamente com os quatro melhores terceiros classificados.

Grandes defesas no UEFA EURO 2020
Grandes defesas no UEFA EURO 2020

Quantas equipas participaram no EURO 2020?

Foram 24 as equipas envolvidas. Nenhum anfitrião se qualificou automaticamente, com todos os 55 países-membros da UEFA a disputarem a qualificação.

Como funcionou a qualificação do EURO 2020?

Vinte selecções – as primeiras duas classificadas de cada um dos dez grupos – apuraram-se para a fase final através da Qualificação Europeia, que decorreu entre Março e Novembro de 2019. Mais quatro equipas (Hungria, Macedónia do Norte, Escócia e Eslováquia) apuraram-se através do "play-off", que teve lugar a 8 de Outubro (meias-finais) e 12 de Novembro (finais) de 2020.

Quem integrou a Equipa do Torneio do EURO 2020?

O guarda-redes italiano Gianluigi Donnarumma foi eleito Jogador do Torneio. O capitão da Itália, Chiellini, disse: "Sou um sortudo porque joguei com Gianluigi Buffon e agora jogo com Donnarumma - são ambos excelentes guarda-redes!" O médio espanhol Pedri, de 18 anos, foi eleito Jogador Jovem do Torneio.

GR: Gianluigi Donnarumma (Itália)
DF: Kyle Walker (Inglaterra)
DF: Leonardo Bonucci (Itália)
DF: Harry Maguire (Inglaterra)
DF: Leonardo Spinazzola (Itália)
MD: Pierre-Emile Højbjerg (Dinamarca)
MD: Jorginho (Itália)
MD: Pedri (Espanha)
AV: Federico Chiesa (Itália)
AV: Romelu Lukaku (Bélgica)
AV: Raheem Sterling (Inglaterra)

Quem foi a mascote do EURO 2020?

É o Skillzy, uma figura inspirada no "freestyling", street e cultura panna.

Itália bate Espanha após desempate emocionante
Itália bate Espanha após desempate emocionante

Cinco factos importantes sobre o EURO 2020

  • A Itália tornou-se na primeira equipa a vencer dois desempates por penáltis na mesma fase final do EURO, após derrotar a Espanha nas meias-finais e a Inglaterra na final.
  • A Itália conquistou o seu segundo título do EURO 53 anos após o primeiro, em 1968 - o maior intervalo entre títulos para qualquer nação na história da competição.
  • Foram marcados 142 golos no EURO 2020 - o máximo numa fase final do EURO - com a média de 2,78 golos por jogo a ser também um recorde. Apenas um deles foi de livre directo, enquanto sete dos 16 penáltis foram defendidos ou falhados.
  • Os dois golos de Cristiano Ronaldo frente à França, na terceira jornada da fase de grupos, elevaram para 109 a sua contabilidade ao serviço de Portugal, igualando o recorde mundial estabelecido pelo antigo avançado iraniano Ali Daei.
  • O polaco Kacper Kozłowski (17 anos e 246 dias) tornou-se no jogador mais jovem a participar numa fase final do EURO. O inglês Jude Bellingham tinha estabelecido o recorde apenas seis dias antes, mas depois tornou-se o mais jovem (18 anos e quatro dias) a disputar um jogo na fase a eliminar.