O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Registo do Mónaco é motivo de preocupação para o City

O Manchester City tem razões para preocupação nos oitavos-de-final a UEFA Cheampions League quando receber o Mónaco, equipa com apenas uma derrota em eliminatórias diante de clubes ingleses.

O Mónaco já ganhou em Inglaterra esta temporada
O Mónaco já ganhou em Inglaterra esta temporada ©Getty Images

O Manchester City FC tem razões para preocupação quando receber uma equipa do AS Monaco FC com excelente registo ante emblemas ingleses, no jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

• O Mónaco atingiu a fase a eliminar como vencedor do Grupo E, enquanto o City apurou-se através do Grupo C, como segundo classificado, atrás do FC Barcelona.

Retrospectiva

Manchester City
• O City tenta chegar aos quartos-de-final pela segunda vez na sua história, após a caminhada da época passada rumo às meias-finais.

• Os ingleses estão numa sequência de nove jogos sem derrotas em casa na UEFA Champions League (6V 3E).

• O City ultrapassou o Paris Saint-Germain nos quartos-de-final da época passada, com Kevin De Bruyne a marcar em ambas as mãos, no empate 2-2 em França antes do triunfo por 1-0 em Manchester.

• O outro jogo do City ante opositores franceses deu em empate 0-0 em casa com o Paris, na fase de grupos de 2008/09 da Taça UEFA. Vincent Kompany e Pablo Zabaleta jogaram essa partida.

• Josep Guardiola ganhou as anteriores sete eliminatórias dos oitavos-de-final como treinador do Barcelona e do FC Bayern München.

Mónaco
• O Mónaco procura a segunda presença em quartos-de-final da UEFA Champions League em três temporadas, após ter estado nesta fase em 2015, depois de bater o Arsenal FC pelos golos marcados fora nos oitavo-de-final (3-1 f, 0-2 c).

• Os monegascos já venceram em solo inglês esta temporada, quando bateram o Tottenham Hotspur FC por 2-1 no Wembley Stadium, no jogo de abertura do grupo, golos de Bernardo Silva e Thomas Lemar. Lemar voltou a marcar quando a equipa derrotou o Tottenham em casa por 2-1, a 22 de Novembro.

• O registo do Mónaco fora de casa frente a emblemas ingleses é de 4V 2E 2D.

• O Mónaco não venceu apenas um dos anteriores cinco embates a duas mãos frente equipas das Ligas inglesas, incluindo triunfos na UEFA Champions League ante o Manchester United FC (quartos-de-final de 1997/98), Chelsea FC (meias-finais de 2003/04) e Arsenal FC (oitavos-de-final e 2014/15).

Ligações entre treinadores e jogadores
• Este é o primeiro duelo de Guardiola contra equipas francesas desde que era jogador do Barcelona que bateu o Paris por 1-0 na final de 1997 da Taça dos Vencedores das Taças. Ajudara o Barcelona a ganhar em casa (2-0) e fora (1-0) frente ao Mónaco na fase de grupos de 1993/94 da UEFA Champions League.

• O primeiro embate de Leonardo Jardim com adversários ingleses surgiu enquanto treinador do SC Braga, quando os "arsenalistas" bateram o Birmingham City FC duas vezes (3-1 f, 1-0 c) na fase de grupos de 2011/12 da UEFA Europa League. Na temporada seguinte, como técnico do Olympiacos FC, enfrentou o Arsenal na fase de grupos da UEFA Champions League de 2012/13 e perdeu 3-1 em Londres, mas ganhou 2-1 em casa.

• Yaya Touré foi jogador do Mónaco em 2006/07, época na qual fez 27 jogos na Ligue 1 e marcou cinco golos.

• Bacary Sagna defrontou o Mónaco cinco vezes ao serviço do AJ Auxerre entre 2004 e 2007 (2V 2E 1D).

• João Moutinho estava na equipa do FC Porto que perdeu 4-0 no terreno do City nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, a 22 de Fevereiro de 2012. Fernando e Nicolás Otamendi também jogaram pelo Porto nessa noite.

• Durante o empréstimo ao Manchester United em 2014/15, Radamel Falcao entrou aos 83 minutos do triunfo caseiro por 4-2 no derby com o City. Emprestado ao Chelsea em 2015/16, o colombiano entrou perto do fim na derrota por 3-0 no reduto do City.

• Falcao marcou o golo da vitória do Porto no triunfo por 2-1 na primeira mão sobre o Arsenal, nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2009/10 (total 2-6). Fez um "hat-trick" ante o Chelsea pelo Club Atlético de Madrid na SuperTaça Europeia da UEFA de 2012.

• Djibril Sidibé estreou-se pela França como substituto de Sagna numa vitória por 4-1 em jogo de qualificação para o campeonato do Mundo em Outubro de 2016.

• Aleksandar Kolarov marcou um golo de livre pela Sérvia num empate 1-1 num amigável com França, em Belgrado, em 2014.

• Jogaram juntos:
Fernando e Radamel Falcao (FC Porto, 2009–11)
Fernando, Nicolás Otamendi e João Moutinho (FC Porto, 2010–13)
Bacary Sagna e Djibril Sidibé (França)
Fernandinho e Fabinho (Brasil)

Conteúdos relacionados