O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Mónaco bate Tottenham e vence Grupo E

Djibril Sidibé abriu o activo e assistiu Thomas Lemar para o golo da vitória que valeu o apuramento do Mónaco para os oitavos-de-final e deixou o Tottenham em apuros para a última jornada.

Highlights: Monaco 2-1 Tottenham
Highlights: Monaco 2-1 Tottenham

O AS Monaco conquistou o Grupo E da UEFA Champions League ainda com uma jornada por disputar, ao vencer na recepção ao Tottenham Hotspur por 2-1, resultado que deixa os londrinos no terceiro posto, a três pontos do Bayer Leverkusen e com o CSKA no encalço.

O Tottenham dispôs da sua melhor ocasião de golo da primeira parte logo aos cinco minutos, mas Son Heung-Min, muito bem desmarcado, tentou contornar o guarda-redes Danijel Subasic, mas não conseguiu rematar nem ultrapassar o croata.

Na resposta, o Mónaco beneficiou de uma grande penalidade, a punir uma forte entrada a destempo de Eric Dier sobre Fabinho. Chamado à conversão, Radamel Falcao proporcionou uma fantástica defesa ao capitão da França, Hugo Lloris.

O Mónaco continuou a acercar-se com muito perigo da área do Tottenham e Djibril Sidibé, primeiro, seguido de Thomas Lemar, ficaram perto do golo. O lateral-direito rematou ligeiramente por cima, enquanto o extremo-esquerdo permitiu uma defesa segura a Lloris. Por seu turno, os "spurs" podiam ter aberto o activo aos 38 minutos, não tivesse Harry Kane falhado o remate.

A segunda parte teve um começo frenético, com três golos nos primeiros sete minutos. Os comandados de Leonardo Jardim abriram o activo por intermédio do lateral-direito Sidibé, que foi à pequena-área desviar de cabeça um cruzamento milimétrico de Bernard Mendy, após abertura de Bernardo Silva.

Ripostou o Tottenham com o empate, mercê de uma grande penalidade cometida por Kamil Glik sobre Alli, que Kane converteu com eficácia. Apenas 38 segundos depois, Lemar recebeu um cruzamento de Sidibé e rematou cruzado, deixando Lloris pregado ao relvado.

Até final, o Mónaco só não ampliou, entretanto, a diferença porque Lloris esteve espantoso a negar golos quase feitos e Glik e, uma vez mais, a Falcao. Jogo longo do Tottenham até final não surtiu efeito.

Momento do jogo
O golo da vitória do Mónaco surgiu somente 38 segundos após o empate do Tottenham, sendo que ocorreram 22 entre o tento de Kane e o reatamento do jogo a meio-campo. Lemar foi letal frente ao notável Lloris.

Jogador-chave: Djibril Sidibé (AS Monaco)
O que mais dizer quando um lateral-direito marca um golo e assiste outro na vitória da sua equipa? Só acrescentar que até podia ter apontado outro tento.

 

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images