Real Madrid e Manchester United discutem SuperTaça em Skopje

Real Madrid e Manchester United procuram começar a nova temporada como terminaram a última: erguendo um troféu, quando medirem forças na SuperTaça Europeia, em Skopje.

Wayne Rooney, do Manchester United (à esquerda), tenta travar Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, no embate entre as duas equipas na UEFA Champions League 2012/13
Wayne Rooney, do Manchester United (à esquerda), tenta travar Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, no embate entre as duas equipas na UEFA Champions League 2012/13 ©Getty Images

Dois dos clubes de maior palmarés da Europa vão procurar iniciar a nova temporada europeia como terminaram a última, ou seja, com a conquista de mais um troféu, quando Real Madrid CF e Manchester United FC medirem forças na SuperTaça Europeia, em Skopje.

• O Real Madrid vai discutir a SuperTaça Europeia pela terceira vez em quatro épocas depois de ter conquistado o seu 12º título de campeão europeu de clubes em Cardiff, a 3 de Junho, ao derrotar a Juventus por 4-1 na final da UEFA Champions League final, no Estádio Nacional do País de Gales. Os "merengues" tornaram-se, então, na primeira equipa a defender com êxito esse troféu desde o nascimento da era da UEFA Champions League e no primeiro clube a sagrar-se campeão europeu em dois anos consecutivos desde que o AC Milan logrou tal feito em 1989 e 1990.

• Cristiano Ronaldo apontou dois golos nessa final e tornou-se no primeiro jogador a marcar em três finais da UEFA Champions League, ajudando pela terceira vez em quatro anos o Real Madrid a sagrar-se campeão da Europa.

O United, por seu lado, derrotou o AFC Ajax por 2-0 na final da UEFA Europa League final, em Estocolmo, a 24 de Maio, tornando-se na quinta equipa a conquistar as três principais competições de clubes da UEFA, depois das conquistas do título europeu de clubes (em 1968, 1999 e 2008) e da Taça dos Vencedores das Taças (em 1991).

• A SuperTaça Europeia vai, esta época, ser jogada em Skopje e será a primeira final de clubes da UEFA a ser disputada na ARJ da Macedónia.

Presenças na SuperTaça Europeia da UEFA

Real Madrid
• Esta é a sexta vez que o Real Madrid vai disputar a SuperTaça Europeia; perdeu as duas primeiras que jogou, venceu as últimas três.

• O seu quadro completo de resultados na prova é o seguinte:
1998: Chelsea FC 1-0 Real Madrid (Poyet 83)
2000: Real Madrid 1-2 Galatasaray AŞ (Raúl 79; Jardel 41pen, 102)
2002: Real Madrid 3-1 Feyenoord (Paauwe ag 15, Roberto Carlos 21, Guti 60; Van Hooijdonk 56)
2014: Real Madrid 2-0 Sevilla FC (Ronaldo 30 49)
2016: Real Madrid 3-2 (após prolongamento) Sevilla FC (Asensio 21, Ramos 90+3, Carvajal 119; Vázquez 41, Konoplyanka 72p)

• O Real Madrid procura tornar-se no primeiro clube a conquistar a SuperTaça Europeia dois anos seguidos desde que o AC Milan o fez em 1989 e 1990.

• Um triunfo deixará o Real Madrid com quatro SuperTaças Europeias conquistadas; apenas Milan e FC Barcelona, com cinco cada, têm mais.

• As últimas três edições da SuperTaça Europeia foram conquistadas por equipas espanholas, bem como sete das últimas oito. Uma equipa espanhola não perde a discussão de uma SuperTaça Europeia para outra equipa não espanhola desde que o Real Madrid se viu derrotado pelo Galatasaray em 2000.

• Uma vitória do Real Madrid permitirá à Espanha chegar aos 13 triunfos em SuperTaças Europeias; Itália e Inglaterra são quem mais se aproxima desse registo, com nove e sete conquistas, respectivamente.

Manchester United
O registo do United em SuperTaças Europeia é de 1V 2D.

• O seu quadro completo de resultados na prova é o seguinte:
1991: United 1-0 FK Crvena zvezda (McClair 67)
1999: United 0-1 SS Lazio (Salas 35)
2008: United 1-2 FC Zenit (Vidić 73; Pogrebnyak 44, Danny 59)

• Nenhum clube inglês vence a SuperTaça Europeia desde que o Liverpool FC derrotou o PFC CSKA Moskva em 2005. Desde então, United (2008) e Chelsea FC (2012 e 2013) viram-se derrotados.

Encontros anteriores
Este é o 11º embate entre as duas equipas nas provas europeias de clubes, tendo o Real Madrid vencido quatro e o United dois; registaram-se quatro igualdades. O Real Madrid marcou 20 golos e o United 16.

• Todos os dez anteriores embates entre as duas equipas tiveram lugar na Taça dos Campeões/UEFA Champions League, com o Real Madrid a ter levado a melhor em quatro das cinco eliminatórias a duas mãos que "merengues" e "red devils" disputaram entre si. A mais recente dessas eliminatórias, que foi também o derradeiro encontro europeu de Sir Alex Ferguson ao leme do United, teve lugar nos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2012/13, com o Real Madrid a vencer por 3-2 no conjunto das duas mãos. A primeira mão, no Santiago Bernabéu, terminou com um empate 1-1, num jogo em que Cristiano Ronaldo – que representou o United entre 2003 e 2009 – restabeleceu a igualdade após Danny Welbeck ter inaugurado o marcador para os visitantes.

• Nesse encontro, jogado em Madrid a 13 de Fevereiro de 2013, as equipas foram as seguintes:
Real Madrid: Diego López, Arbeloa, Ramos, Varane, Coentrão, Khedira, Alonso (Pepe 84), Özil, Di María (Modrić 75), Benzema (Higuaín 60), Cristiano Ronaldo.
Manchester United: De Gea, Rafael, Evans, Ferdinand, Evra, Jones, Carrick, Kagawa (Giggs 64), Rooney (Anderson 84), Welbeck (Valencia 73), Van Persie.

• Ronaldo também marcou, depois, no jogo da segunda mão, em Manchester, oferecendo ao Real Madrid uma vitória por 2-1 com um golo aos 69 minutos. Sergio Ramos, com um golo na própria baliza aos 48 minutos, tinha colocado o United na frente, mas Luka Modrić empatou aos 66 minutos, dez minutos após Nani ter sido expulso no United.

• Nesse encontro, jogado em Old Trafford a 5 de Março de 2013, as equipas foram as seguintes:
Manchester United: De Gea, Rafael (Valencia 87), Vidić, Ferdinand, Evra, Carrick, Cleverley (Rooney 73), Giggs, Nani, Welbeck (Young 81), Van Persie.
Real Madrid: Diego López, Arbeloa (Modrić 59), Ramos, Varane, Coentrão, Khedira, Alonso, Özil (Pepe 71), Di María (Kaká 45+1), Higuaín, Cristiano Ronaldo.

• Dez anos antes, outro Ronaldo – o avançado brasileiro – tinha deixado o relvado de Old Trafford ovacionado de pé após assinar um "hat-trick" com o qual ajudou o Real Madrid a vencer por 6-5 na soma das duas mãos dos quartos-de-final, em 2002/03. O United até venceu essa partida da segunda mão por 4-3, com David Beckham – que rumaria ao Real Madrid no Verão seguinte – a bisar nos derradeiros 20 minutos da partida, mas acabou eliminado visto que tinha perdido por 3-1 em Espanha. Zidane alinhou os 180 minutos dessa eliminatória, fazendo assistências para golos de Luís Figo e Raúl González na primeira mão.

• O Real Madrid travou também o então campeão europeu de clubes United nos quartos-de-final da edição de 1999/2000 da UEFA Champions League ao vencer por 3-2 no jogo da segunda mão em Manchester – com Raúl a bisar – após um nulo na partida da primeira mão.

• O único triunfo do United sobre o Real em eliminatórias a duas mãos registou-se aquando da primeira conquista europeia da turma de Manchester, na Taça dos Campeões Europeus de 1967/68, nas meias-finais. George Best apontou o único golo do jogo da primeira mão, em Inglaterra, e em Espanha, na segunda mão, os "red devils" estiveram a perder 2-0 e 3-1, mas conseguiram empatar 3-3 no Bernabéu.

• O Real Madrid, por seu lado, levou a melhor sobre o United noutras meias-finais, rumo ao seu segundo título europeu de clubes, em 1956/57. Uma vitória por 3-1 na primeira mão, em Espanha, revelou-se decisiva, com o United a recuperar ainda de uma desvantagem de 2-0 para empatar 2-2 em casa, na segunda mão, resultado que, contudo, não foi suficiente.

Retrospectiva

Real Madrid
• O Real perdeu apenas um dos últimos 18 jogos europeus que disputou – 2-1 em casa do Club Atlético de Madrid na segunda mão das meias-finais da última edição da UEFA Champions League, seguindo ainda assim em frente com um total de 4-2 na soma das duas mãos –, somando 12 vitórias e cinco empates.

• Os "merengues" não perdem há dez jogos frente a equipas da Premier League inglesa (7V 3E), desde uma derrota por 4-0 no terreno do Liverpool nos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2008/09 – a sua maior derrota europeia desde o arranque da era da UEFA Champions League era.

• O último embate com uma equipa da Premier League inglesa foi ante o rival local do United, o Manchester City FC, nas meias-finais da UEFA Champions League 2015/16, quando o Real Madrid venceu por 1-0 na segunda mão e no total das duas mãos.

• O registo global do Real Madrid contra clubes inglesas nas provas europeias é de 34J 14V 10E 10D 48GM 38GS.

• Em finais contra equipas inglesas, contudo, o registo de turma madrilena é de 0V 3D: perdeu com o Chelsea na final da Taça dos Vencedores das Taças de 1970/71 e na SuperTaça Europeia de 1998 e perdeu 1-0 com o Liverpool na final da Taça dos Campeões Europeus de 1980/81.

• O registo do Real Madrid em desempates por penalties nas provas europeias de clubes é de 2V 2D:
5-3 frente ao Club Atlético de Madrid, 2015/16, final da UEFA Champions League
1-3 frente ao FC Bayern München, 2011/12, meias-finais da UEFA Champions League
3-1 frente à Juventus, 1986/87, segunda eliminatória da Taça dos Campeões Europeus
5-6 frente ao FK Crvena zvezda, 1974/75, quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças

Manchester United
• O United está invicto nas provas europeias há 11 jogos (8V 3E), desde uma derrota por 2-1 em casa do Fenerbahçe SK na quarta jornada da fase de grupos da última edição da UEFA Europa League. Esse desaire em Istambul fora, então, o seu quinto em nove jogos.

• A turma de José Mourinho levou a melhor sobre uma equipa espanhola nas meias-finais da época passada da UEFA Europa League, tendo vencido 1-0 no terreno do RC Celta de Vigo na primeira mão graças a um golo de livre de Marcus Rashford e seguido em frente com um total de 2-1 na soma das duas mãos depois de empatar 1-1, em casa no segundo jogo, com Marouane Fellaini a marcar o golo do United.

• Com esse triunfo em Vigo, o United venceu dois dos últimos dez jogos que disputou frente a clubes espanhóis, tendo somado quatro empates e quatro derrotas. Os "red devils" venceram cinco dos seus 21 confrontos com equipas da Liga espanhola (9E 7D).

• O United já disputou 49 jogos contra clubes espanhóis na Europa, nos quais registou 13V 20E 16D 61GM 68GS.

• O United disputou três finais contra equipas espanholas - todas elas contra o FC Barcelona. Venceu 2-1 na final de 1990/91 da Taça dos Vencedores das Taças, em Roterdão, mas perdeu 2-0 em 2008/09 em Roma e 3-1 em Londres em 2010/11 em finais da UEFA Champions League.

• O registo do United em desempates por penalties nas provas europeias de clubes é de 1V 2D:
6-5 frente ao Chelsea FC (2007/08, UEFA Champions League, final)
3-4 frente ao FC Torpedo Moskva (1992/93, Taça UEFA, primeira eliminatória)
4-5 frente ao Videoton FC (1984/85, Taça UEFA, quartos-de-final)

Ligações entre jogadores e treinadores
• Mourinho foi treinador do Real Madrid entre 2010 e 2013, tendo conquistado a Liga espanhola em 2012 – com um registo recorde de 100 pontos –, troféu que juntou à Taça de Espanha que havia conquistado um ano antes. Guiou ainda o clube às meias-finais da UEFA Champions League em todas as três temporadas que o orientou.

• Zidane jogou nas duas mãos do triunfo do Real Madrid sobre o United em 2002/03, mas como jogador da Juventus viu-se eliminado pelo United nas meias-finais da UEFA Champions League 1998/99. Marcou numa derrota por 3-2 dos "bianconeri" em Old Trafford em Outubro de 1997; o seu registo como jogador frente ao United foi de 4V 1E 3D.

• Cristiano Ronaldo foi jogador do Manchester United entre 2003 e 2009, tendo conquistado três títulos da Premier League, uma Taça de Inglaterra e a UEFA Champions League em 2008.

• David de Gea alinhou no Atlético Madrid entre 2009 e 2011, período no qual defrontou por cinco vezes o Real Madrid, somando cinco derrotas.

• Ander Herrera esteve no Real Zaragoza entre 2008 e 2011 e depois no Athletic Club até 2014. Empatou um dos jogos que disputou contra o Real Madrid e perdeu os outros cinco.

• Juan Mata passou quatro temporadas na academia de formação do Real Madrid, mas nunca alinhou pela equipa principal do clube. Rumou ao Valencia CF em 2007 e marcou num triunfo por 3-0 sobre o seu antigo clube em 2009.

• O segundo jogo que Eric Bailly disputou com a camisola do Villarreal CF resultou num empate 1-1 em casa do Real Madrid, a 1 de Março de 2015; esteve nos dois encontros da Liga espanhola contra os "merengues" na época seguinte, com as equipas a vencerem os respectivos jogos em casa.

• Gareth Bale marcou numa vitória por 3-2 do Tottenham Hotspur em casa do United, a 29 de Setembro de 2012 – naquela que foi a primeira vitória em 23 anos dos "spurs" em Old Trafford.

• Bale jogou no Tottenham entre 2007 e 2013; Luka Modrić alinhou pela turma de White Hart Lane entre 2008 e 2012.

• Toni Kroos jogava no FC Bayern München quando a turma bávara bateu o United por 4-2 no conjunto das duas mãos dos quartos-de-final da UEFA Champions League 2013/14.

• Daley Blind defrontou o Real Madrid por três vezes com a camisola do AFC Ajax e perdeu sempre: 3-0 em casa em 2011/12 e 4-1 em casa e fora na temporada seguinte; todos esses jogos foram a contar para a fase de grupos da UEFA Champions League.

• Ao serviço do Borussia Dortmund, Henrikh Mkhitaryan foi eliminado da UEFA Champions League 2013/14 pelo Real Madrid apesar de ganhar por 2-0 em casa na segunda mão dos quartos-de-final; tinha perdido 3-0 em Espanha, na primeira mão.

• Paul Pogba ajudou a Juventus a eliminar o Real Madrid da UEFA Champions League 2014/15, ao participar no empate 1-1 da segunda mão, no Bernabéu.

• Colegas nas selecções:
David de Gea, Ander Herrera, Juan Mata & Isco, Sergio Ramos, Dani Carvajal, Nacho (Espanha)
Paul Pogba & Raphäel Varane (França)