Cristiano Ronaldo faz história ao marcar em três finais

Cristiano Ronaldo tornou-se no primeiro jogador a marcar em três finais da UEFA Champions League, com o seu golo aos 20 minutos pelo Real Madrid frente à Juventus na final de Cardiff.

Cristiano Ronaldo festeja o seu golo na final
Cristiano Ronaldo festeja o seu golo na final ©Getty Images

Cristiano Ronaldo tornou-se no primeiro jogador a marcar em três finais da UEFA Champions League, com o seu golo à passagem do minuto 20 pelo Real Madrid frente à Juventus, em Cardiff.

O avançado de Portugal assinou também igualou Lionel Messi como melhor marcador da competição esta temporada, e elevou para 104 o seu registo pessoal na UEFA Champions League. Ronaldo havia marcado no prolongamento da vitória do Real por 4-1 sobre o Atlético, em Lisboa, há três anos, e também facturara no empate do Manchester United 1-1 na final com o Chelsea em Moscovo, em 2008, embora tenha falhado o seu penalty no desempate, que acabou em vitória para o United. Sergio Ramos marcou na final de 2014 e repetiu o feito no ano passado.

Raúl González tinha sido o primeiro jogador a marcar em duas finais da UEFA Champions League, com a camisola do Real Madrid CF, em 2000 e 2002, antes de Samuel Eto'o igualar o feito com a camisola do Barcelona nas vitórias de 2006 e 2009 da turma catalã. Messi, entretanto, marcou ao Manchester United nas finais de 2009, em Roma, e 2011, em Wembley.

Olhando para a Taça dos Campeões Europeus no seu todo, Alfredo Di Stéfano continua na frente, tendo marcado nas cinco primeiras finais da prova, todas elas vencidas pelo seu Real Madrid. Antes do golo de Ronaldo em Cardiff, Di Stéfano era mesmo o único jogador a ter marcado em mais do que duas finais. Di Stéfano partilha ainda com Ferenc Puskás, seu colega no Real Madrid, o recorde de sete presenças em finais da Taça dos Campeões.

Antes deste sábado, apenas Ronaldo e Velibor Vasović, de Partizan e Ajax, haviam marcado por dois clubes diferentes. Mario Mandžukić – que facturou pelo Bayern ante o Dortmund em Wembley em 2013 e agora em Cardiff, juntou-se a esta restrita lista.

Jogadores com dois o mais golos em finais da Taça dos Campeões Europeus de Clubes
Alfredo Di Stefano (Real Madrid 1956, 1957, 1958, 1959, 1960)
José Héctor Rial (Real Madrid 1956, 1958)
Francisco Gento (Real Madrid 1957, 1958)
Ferenc Puskás (Real Madrid 1960, 1962)
Mário Coluna (SL Benfica 1961, 1962)
José Aguas (SL Benfica 1961, 1962)
Eusébio (SL Benfica 1962, 1963)
Sandro Mazzola (FC Internazione Milano 1964, 1967)
Velibor Vasović (FK Partizan 1966, AFC Ajax 1969)
Tommy Gemmell (Celtic FC 1967, 1970)
Gerd Müller (FC Bayern München 1974, 1975)
Franz Roth (FC Bayern München 1975, 1976)
Phil Neal (Liverpool FC 1977, 1984)
Raúl González (Real Madrid 2000, 2002)
Samuel Eto'o (FC Barcelona 2006, 2009)
Lionel Messi (FC Barcelona 2009, 2011)
Cristiano Ronaldo (Manchester United FC 2008, Real Madrid 2014, 2017)
Mario Mandžukić (Bayern München 2013, Juventus 2017)
Sergio Ramos (Real Madrid 2014 , 2016)

Topo