O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Boletim diário do EURO Sub-21: Terça-feira 23 de Junho

Marc-André ter Stegen mostrou-se contente por a Alemanha ter acompanhado a Dinamarca rumo às meias-finais, enquanto Portugal treinou-se de forma peculiar.

Marc-Andre ter Stegen segura um cruzamento no jogo da Alemanha com a República Checa
Marc-Andre ter Stegen segura um cruzamento no jogo da Alemanha com a República Checa ©AFP

Grupo B

Inglaterra
Inglaterra realizou um treino na terça-feira à tarde no Estádio Ander, após o qual o treinador Gareth Southgate disse ter uma equipa na máxima força, com excepção para Alex Pritchard, médio que não joga mais na prova devido a uma lesão contraída segunda-feira. Pritchard deverá permanecer com a equipa para assistir ao encontro contra Itália, no qual John Stones deverá regressar ao centro da defesa, após recuperar de uma concussão. Southgate disse sobre Stones, aparentemente o mais brincalhão do grupo: "Com o Stonesy nunca sabemos se ainda está tonto ou não." O médio Nathaniel Chalobah juntou-se a Southgate na conferência de imprensa e recordou a derrota frente a Itália na fase de grupos de 2013 desta mesma competição. "A última vez que defrontámos a Itália não me deixou uma boa recordação. Não jogámos tão bem quanto podíamos e isso é algo que queremos corrigir."

Itália
O médio Marco Benassi descansou com o resto da equipa, antes de falar na conferência de imprensa no Estádio Ander, na qual não quis motivar ainda mais a equipa de Gareth Southgate menosprezando-a. "Não penso que a Inglaterra seja sobrevalorizada", afirmou. "Se alcançou esta fase da competição é porque é uma boa equipa." Para além do treinador dos seniores, Antonio Conte, o grupo terá o apoio do presidente da Federação Italiana de Futebol, Carlo Tavecchio, esta quarta-feira. Tavecchio disse: "Estou aqui para apoiar a equipa. Os 'azzurrini' têm um importante objectivo, que é atingir as meias-finais. Toda a gente apoia [o treinador Luigi] Di Biagio."

Portugal 
A sessão da tarde da equipa lusa no Sportovni Arial, em Batov, perto da sua base em Otrokovice, começou com uma competição de toques na bola. Bernardo Silva integrou o grupo perto de alguns jornalistas, que assistiram ao ritual de cada jogador controlar a bola duas vezes antes de a passar a um colega de equipa. Não um passe simples, mas um criado para complicar o mais possível o controlo de bola, porque ao terceiro erro o jogador em causa é punido com uma pequena pancada num ouvido – devagar, claro – pelos outros integrandes do circulo.

Suécia
O treinador Håkan Ericson mostrou-se tranquilo ao responder a questões de jornalistas portugueses, na conferência de imprensa oficial pré-jogo, em Uherske Hradiste. Questionado sobre o que sabia da equipa portuguesa, o técnico sueco brincou: "Penso que vi no mapa!". Isto antes de falar sobre as suas duas viagens a Portugal: "A primeira vez foi para ver Sven-Göran Eriksson orientar um treino. Ele tinha uma casa em Cascais. A segunda foi para um amigável que vencemos." Esse encontro foi o último embate entre os dois países no escalão Sub-21, a 21 de Março de 2013. O único golo da partida foi apontado por Mikael Ishak, aos 18 minutos do desafio realizado em Viseu. Ericson adoraria uma repetição desse desfecho, esta quarta-feira.

Grupo A

República Checa 1-1 Alemanha
• Ladislav Krejčí respondeu ao golo de Nico Schulz, mas o ponto foi suficiente para a Alemanha seguir em frente como segunda classificada do agrupamento e atirar os anfitriões para terceiro.
• "Não estivemos muito mal, mas temos de falar sobre algumas coisas. Para já estamos satisfeitos por termos atingido as meias-finais." Marc-André ter Stegen, guarda-redes da Alemanha

Dinamarca 2-0 Sérvia
• Rasmus Falk e Viktor Fischer garantiram uma vitória por 2-0 que deu aos dinamarqueses o primeiro posto no Grupo A, enquanto a Sérvia terminou em quarto.
• "Após o último jogo, frente à Alemanha, fiquei um pouco preocupado sobre como poderíamos encarar este jogo. A forma como nos unimos como equipa e jogámos deixa-me muito satisfeito." Jess Thorup, treinador da Dinamarca