O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Gibson desvenda segredos de Inglaterra

Ben Gibson falou ao UEFA.com sobre a vida nos Sub-21 de Inglaterra e revelou o segredo do sucesso de Harry Kane, bem como a importância de um jogo de mini-golfe.

O defesa de Inglaterra, Ben Gibson, fala ao UEFA.com
O defesa de Inglaterra, Ben Gibson, fala ao UEFA.com ©UEFA.com

Pode não ser a forma mais convencional para o conseguir mas, depois da derrota frente a Portugal ter deixado abatidos os jogadores de Inglaterra, acabou por ser uma sessão de mini-golfe a animar a equipa.

Esta é a opinião do defesa-central Ben Gibson que, em declarações ao UEFA.com, levantou um pouco o véu sobre a vida na equipa Sub-21 de Inglaterra em Olomouc – e sublinhou a importância de um torneio de mini-golfe para elevar o ânimo do grupo. "Depois do jogo com Portugal, os jogadores estavam um pouco desanimados, pelo que organizámos um torneio de mini-golfe para os rapazes. Todos ficaram bem mais satisfeitos."

UEFA.com: Quem é o jogador que treina melhor?

Gibson: O padrão de treino é muito elevado, mas tenho de destacar o Harry Kane. Não tenho dúvidas que a boa época que teve se deve ao que faz nos treinos. Todos os dias ele está no seu melhor, coloca 110 por cento em tudo, quer seja no aquecimento, numa sessão de remates ou até nos exercícios tácticos, nos quais tem de defender. A sua atitude é fenomenal e merece tudo, pois não é daqueles que aparece e só se empenha nos jogos. Aplica-se bastante nos treinos e é um grande profissional.

Veja o golo de Jesse Lingard à Suécia
Veja o golo de Jesse Lingard à Suécia

UEFA.com: E o pior a treinar-se?

Gibson: Não temos verdadeiramente ninguém que se treine mal, mas no dia anterior a um jogo não há dúvida que é Carl Jenkinson. Apesar de ser meu colega de quarto, não dá para tirar nada dele nesse dia. Quer apenas poupar as pernas. Nem se quer mexer. Pressiono-o, mas ele diz-me: "Deixa-me em paz, amanhã estou bem."

Resumo: Inglaterra 0-1 Portugal
Resumo: Inglaterra 0-1 Portugal

UEFA.com: Depois dos treinos, como relaxam?

Gibson: Temos excelentes instalações. Há uma mesa de "pingue-pongue" e mesmo que queiramos afastar-nos do futebol, há uma Xbox onde há quem jogue FIFA. Arranjei uns paus e uma bola e temos jogado uma espécie de críquete. Vamo-nos distraindo.

UEFA.com: Enquanto jovem defesa, qual o adversário mais difícil que já defrontou?

Gibson: Terei de destacar David Silva. O Middlesbrough defrontou o Manchester City na Taça de Inglaterra e, como defesa-central, vi-o pela frente a esgueirar-se várias vezes, mesmo à minha frente. Já não sabia se deveria cair em cima dele ou recuar. Depois há o Sergio Agüero a aparecer-nos nas costas.

UEFA.com: E o jogador com quem mais gostaria de jogar?

Gibson: John Terry é alguém que gostaria de usar como modelo para o meu jogo. Não vou ter oportunidade de jogar ao lado dele, mas seria excelente para aprender e seria espantoso estar ao lado de alguém como ele a lutar para o mesmo lado.