O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use o Chrome, o Firefox ou o Microsoft Edge.

Jones e Smalling firmes pela causa de Inglaterra

Os centrais Phil Jones e Chris Smalling, agora colegas no Manchester United, deram à Inglaterra uma base forte para o sucesso e pedem agora melhor sorte na altura de atacar a baliza adversária.

Phil Jones e Chris Smalling têm constituído o eixo da defesa de Inglaterra na Dinamarca
Phil Jones e Chris Smalling têm constituído o eixo da defesa de Inglaterra na Dinamarca ©Getty Images

Apesar de empates frustrantes nos dois primeiros jogos, a Inglaterra ainda tem base para o sucesso neste Campeonato da Europa de Sub-21. Pelo menos é essa a opinião de um dos dois novos companheiros de equipa do Manchester United FC, que proporcionou aos "jovens leões" de Stuart Pearce uma fundação sólida a partir da qual podem alcançar as meias-finais na Dinamarca.

Phil Jones, cuja transferência de 18,7 milhões de euros para o Manchester United FC foi confirmada na segunda-feira, formou um eixo defensivo poderoso com o seu novo colega em Old Trafford, Chris Smalling. E, segundo Jones, esta selecção inglesa apenas precisa de uma ponta de sorte no ataque para fazer verdadeiros progressos na fase final.

Em declarações no rescaldo do empate de quarta-feira frente à Ucrânia, do Grupo B, o antigo defesa-central do Blackburn Rovers FC, de 19 anos e que conta com 35 jogos na Premier League, disse ao UEFA.com: "Não devíamos ter sofrido nenhum golo – até mesmo o da Espanha foi descuidado –, por isso estamos tranquilos; sabemos aquilo em que somos bons. Se pudéssemos ter marcado esse golo, e mais alguns nos próximos jogos, seria um grande impulso para nós no torneio.”

Os jogadores de Pearce, terceiros classificados do agrupamento, atrás da líder Espanha e da República Checa, defrontam os checos em Viborg no domingo e necessitam de uma vitória para se apurarem. "A República Checa é outra boa equipa", disse Jones. "À partida para este torneio sabíamos que o grupo era complicado. Vamos preparar-nos nos treinos e estar prontos para este desafio."

Para Smalling, de 21 anos, que chegou ao United vindo do Fulham FC, na sequência de uma transferência avultada no Verão passado, o destino da Inglaterra ainda está por decidir: "Precisamos de criar mais ocasiões de golo e atacar melhor. Ainda está tudo nas nossas mãos."