Paris lamenta ocasiões perdidas

O treinador do Paris, François Rodrigues, lamentou as oportunidades perdidas na final, ao passo que Yakou Meïté considerou o golo sofrido logo após o empate como decisivo.

A grande penalidade de Jean-Kévin Augustin foi uma das várias oportunidades perdidas pelo Paris
A grande penalidade de Jean-Kévin Augustin foi uma das várias oportunidades perdidas pelo Paris ©Sportsfile

François Rodrigues, treinador do Paris 
É bastante frustrante, principalmente por não termos sido suficientemente certeiros na segunda parte, apesar de isso ser mitigado pelo facto de termos defrontado uma muito boa equipa do Chelsea. Não conseguimos dar o toque final aos lances que criámos. É uma pena porque, de facto, dispusemos de várias oportunidades para vencer a partida ou, pelo menos, para empatar. Chegámos aos locais certos, mas não conseguimos aproveitar isso. É claro que, no cômputo geral, estou satisfeito com o nosso desempenho, mas chegámos à final da Youth League. Mas, apesar disso, há lamentos e desilusão no que toca a esta final.

Não posso verdadeiramente criticar os rapazes, porque praticamente dominaram o jogo territorialmente. Sim, faltou-nos frieza no ataque e também fomos algo tímidos nos minutos iniciais num jogo frente a um Chelsea que pressionou bastante alto. Fomos algo conservadores na nossa forma de jogar durante a primeira parte e um pouco previsíveis. Quando variámos as coisas, criámos o lance para a grande penalidade, que, infelizmente, desperdiçámos.

Yakou Meïté festeja o golo do empate do Paris
Yakou Meïté festeja o golo do empate do Paris©Getty Images

Yakou Meïté, médio do Paris 
É decepcionante porque queriamos levar o troféu para casa, tendo chegado até à final. O momento decisivo foi o segundo golo deles, porque havíamos acabado de empatar 1-1, mas eles atacaram e marcaram de imediato. O resultado não me parece justo, porque nos empenhámos bastante e criámos tantas oportunidades que não conseguimos concretizar.

Resumo da final: Paris 1-2 Chelsea
Resumo da final: Paris 1-2 Chelsea