O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Dínamo chega à final satisfeito

"Não sofrer golos numa meia-final não é fácil", disse Faustino Pérez após a ver o Dínamo derrotar o Marca por 3-0, enquanto Rómulo, autor de dois golos, espelhou felicidade.

Dínamo festeja o 2-0, da autoria de Rómulo (segundo da direita)
Dínamo festeja o 2-0, da autoria de Rómulo (segundo da direita) ©Sportsfile

Faustino Pérez, treinador do Dínamo
Fizemos um jogo muito sério, tanto na defesa como no ataque. No ataque talvez melhor na primeira parte, já que na segunda chegámos pouco à área e o Marca rematou mais. Penso que no geral fomos melhores porque marcámos três golos e o Marca nenhum, fomos mais ambiciosos desde o primeiro momento, não tivemos dúvidas. Tenho de felicitar os meus jogadores porque fizeram um jogo muito sério. O resultado diz tudo, não sofrer golos numa meia-final não é fácil e ainda mais diante de uma equipa com tanta qualidade.

Rómulo, jogador do Dínamo e Melhor em Campo
Estou muito feliz por ter feito um bom jogo, com a ajuda dos meus companheiros. Consegui marcar dois golos e ajudar a equipa a chegar à final tão sonhada. O Dínamo já tem um título, com todo o respeito ao adversário vamos tentar conquistar o segundo, porque acredito que merecemos. Esta equipa está de parabéns pelo que vem fazendo e merecemos um grande título como é a Taça UEFA Futsal.

Tentámos apostar na marcação, sair rápido para o contra-ataque. Temos uma defesa muito agressiva e óptimos jogadores. As coisas têm dado certo para o nosso lado. Estar na final é momento especial para todos, a Taça UEFA Futsal é uma excelente prova. É a minha primeira participação e estou muito feliz por já estar na final. Agora é descansar para domingo lutar pelo título.

Tiago Polido, treinador do Marca
Penso que na primeira parte nos faltou pressionar mais a saída para o ataque. É muito difícil pressionar os jogadores do Dínamo, pois têm um nível altíssimo. De qualquer modo, tenho de felicitar os mesmos jogadores pelo que conseguiram. Espero que levantem a cabeça já que dentro de dois dias temos um jogo muito importante. É muito duro jogar para o terceiro e quarto lugar, mas devemo-lo a esta competição, a maior da Europa.

Adriano Foglia, jogador do Marca
Primeiro tenho de dar os parabéns ao Dínamo, jogou bem e mereceu a vitória. O nervosismo atrapalhou um pouco no início. Jogámos bem dentro dos nossos limites, faltou-nos um pouco mais de concentração, um pouco mais de coragem. E sabemos que a este nível quando se erra fica mais difícil. O balanço na prova é positivo, sabíamos que iríamos ter muitas dificuldades ara defrontar o Dínamo. Chegar até aqui não é fácil. Tivemos duas ou três oportunidades em podíamos fazer o 2-1 e tentar tudo, mas o guarda-redes deles acho que merecia também o premeio de melhor em campo.