"Play-off" da Europa League: o que esperar

São 11 os lugares em disputa na fase de grupos da UEFA Europa League, com o Belenenses a lutar por um deles. Olhamos para o que esperar de alguns dos embates da segunda mão.

O Bordeús leva uma vantagem de 1-0 para a longa viagem a Almaty
O Bordeús leva uma vantagem de 1-0 para a longa viagem a Almaty ©AFP/Getty Images

Os 22 embates do "play-off" da UEFA Europa League terminam esta quinta-feira, com o CF Os Belenenses em acção. A nossa equipa de correspondentes olha para algumas curiosidades a seguir de perto na segunda mão.

Resultados da primeira mão
Calendário de jogos de quinta-feira
Sorteio da fase de grupos: 12h00 (de Portugal continental) do dia 28 de Agosto, com transmissão em directo no DrawCentre do UEFA.com

Kairat Almaty (0-1) Bordeaux
Jérôme Prior, guarda-redes de 22 anos do Bordéus, foi titular no nulo conseguido no terreno do LOSC Lille, num jogo que ficou também marcado pelo regresso do avançado brasileiro Jussiê, após 16 meses de ausência devido a lesão. A solidez defensiva da turma gaulesa, contudo, vai voltar a ser colocada à prova nesta viagem recorde de 5947 quilómetros ao Cazaquistão.

O Rosenborg deixou o Steaua a precisar de um
O Rosenborg deixou o Steaua a precisar de um©AFP/Getty Images

Rosenborg (3-0) Steaua București
O Steaua somou no passado domingo aquela que foi apenas a sua primeira vitória desde 1 de Agosto, e a terceira da temporada no total – todas fora. "Foi importante termos mantido a união no período complicado que atravessámos", salientou o médio Nicolae Stanciu. "Agora só pensamos no jogo da segunda mão com o Rosenborg. Sabemos o que valemos e acreditamos que podemos conseguir um milagre".

Saint-Étienne (1-1) Milsami Orhei
O St-Étienne conseguiu no fim-de-semana o seu primeiro triunfo da época a nível interno, graças a um tento solitário de Romain Hamouma, que soma cinco golos em seis jogos esta temporada e que também tinha facturado pela equipa francesa no empate da primeira mão com o Milsami. Contudo, Hamouma acabou por ver o cartão vermelho nesse jogo, pelo que vai falhar a segunda mão.

Marius Șumudică, treinador do Astra
Marius Șumudică, treinador do Astra©Getty Images

 AZ Alkmaar (2-3) Astra Giurigu
Líder da Liga romena ao fim de oito jornadas, o Astra, onde actuam os portugueses Geraldo Alves, Ricardo Alves, Pedro Queirós e Filipe Teixeira, obteve mais uma vitória no passado fim-de-semana, com o capitão Constantin Budescu uma vez mais em destaque, embora o treinador, Marius Sumudica, que como jogador representou o CS Marítimo, tenha admitido: "O meu pensamento já estava virado para a segunda mão com o AZ; trata-se de uma oportunidade única para nós".

Qarabağ (1-0) Young Boys
O Qarabağ irá entrar em campo confiante depois da vitória obtida na Suíça, na primeira mão, mas ainda não está livre de perigo. Chumbinho, Namik Alaskarov e Maksim Medvedev continuam lesionados e o seu sector defensivo não se tem mostrado tão sólido como na última época. "O encontro da segunda mão vai ser mais complicado do que o da primeira", alertou o treinador Gurban Gurbanov.

Os jogadores do Rabotnicki festejam o golo frente ao Rubin na primeira mão
Os jogadores do Rabotnicki festejam o golo frente ao Rubin na primeira mão©ekipa.mk

Rubin Kazan (1-1) Rabotnicki
Naquele que será o seu 50º jogo europeu, o Rabotnicki vai procurar tornar-se no primeiro clube da Macedónia a chegar à fase de grupos de uma competição da UEFA. Não poderá contar com o lesionado Ivan Mitrov nem com o castigado Milovan Petrovikj, mas de volta estarão Blaze Ilijoski, Suat Sahiti e Dusko Trajcevski, que falharam a primeira mão.