Žilina em êxtase após surpreender o Athletic

"Só as grandes equipas marcam golos nos últimos segundos", disse Jakub Paur após o Žilina ter dado a volta e batido o favorito Athletic com um golo apontado nos descontos.

Os jogadores do Žilina comemoram um triunfo histórico
Os jogadores do Žilina comemoram um triunfo histórico ©SITA/Milo Fabian

"Eles são apenas humanos", afirmou Jakub Paur, autor de um dos golos do Žilina, após a equipa da Eslováquia ter recuperado de desvantagem de 2-0 para vencer o favorito Athletic Bilbao, por 3-2, na primeira mão do "play-off" da UEFA Europa League.

Numa noite plena de emoção, a formação de Adrián Guľa ergueu-se depois de estar a perder em casa, por dois golos, diante da congénere de Ernesto Valverde. O tento de Paur, aos 66 minutos, espoletou o renascer, antes do brasileiro William fazer o empate e marcar o golo da vitória na sequência de um canto, nos descontos, num lance em que o defesa do Athletic, Carlos Gurpegi – em cima da linha de baliza – incapaz de para o caminho da bola para as redes.

"Que grande noite para o Žilina", avançou o médio Paur. "Obtivemos um resultado surpreendente ante uma excelente assistência. Jogámos bem na segunda parte. O treinador disse-nos para não termos medo de jogar futebol contra o Athletic. Eles são apenas humanos. As emoções que estamos a viver agora são enormes. Não é todos os dias que se vence uma equipa com o Athletic. Só as grandes equipas marcam golos nos últimos segundos."

O defesa Milan Škriniar mostrou-se igualmente nas nuvens: "Foi um jogo fantástico num estádio lotado - nunca tinha vivido um ambiente como este na minha vida. Foi provavelmente o jogo mais difícil em que participei. Estamos muito felizes neste momento. Não há lógica no futebol. Vamos para a segunda mão com confiança. Vamos dar tudo."

William (nº10) marca o golo da vitória em cima da linha de baliza
William (nº10) marca o golo da vitória em cima da linha de baliza©SITA/Milo Fabian