Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Europa League: destaques da semana

Dortmund e Sampdória vão iniciar a campanha na terceira pré-eliminatória esta semana, tal como Guimarães e Belenenses. Os nossos correspondentes apontam os destaques.

Thomas Tuchel vai estrear-se pelo Dortmund em jogos oficiais na quinta-feira
Thomas Tuchel vai estrear-se pelo Dortmund em jogos oficiais na quinta-feira ©Getty Images

Borussia Dortmund e Sampdória vão iniciar a campanha na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League, esta semana, tal como Vitória SC e CF Os Belenenses. Os nossos correspondentes apontam os destaques.

Lista completa de jogos

Wolfsberg - Dortmund centra atenções
Um confronto na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League entre uma equipa alemã apenas costuma ter interesse para a equipa ou a região em si, e não motivo de conversa no país inteiro. Mas desta vez é diferente, já que o Borussia Dortmund defronta o estreante austríaco Wolfsberg. O Dortmund, clube com as maiores assistências na Alemanha, ficou afastado dos lugares de acesso à UEFA Champions League na época passada, no entanto agora conta com um novo treinador, Thomas Tuchel, um dos mais promissores do seu país. Assim, como é que o Dortmund se irá exibir esta temporada? Como é que lidará com um novo sistema que valoriza a posse de bola em vez de transições rápidas? E Marco Reus vai realmente actuar como "falso No9"?

O médio İlkay Gündoğan disse: "Tuchel começou pelas coisas simples: com que pé dominas a bola? Com que pé é que o meu colega domina a bola? Estes detalhes parecem insignificantes mas podem tornar o nosso jogo um pouco mais rápido; Penso que a nossa evolução é clara. Defender de forma tão brava e ser tão dominador quando de posse da bola é bom". O Wolfsberg mudou este jogo para Klagenfurt, a cerca de 60 quilómetros de distância: o estádio, palco do UEFA EURO 2008, vai ter lotação esgotada, com 30.000 espectadores, o que será um recorde caseiro do clube.
Steffen Potter

O Željezničar conta com quatro vitórias em igual número de jogos europeus esta época
O Željezničar conta com quatro vitórias em igual número de jogos europeus esta época©Fedja Krvavac

Željezničar pronto para o Standard
O Željezničar sofreu recentemente a sua primeira derrota nos últimos nove meses, mas o emblema de Sarajevo continua confiante à medida que se prepara para visitar o Standard Liège. Vitorioso nos quatros jogo da UEFA Europa League disptados esta época – frente a Balzan e Ferencváros – sem sofrer golos, o Željezničar perdeu por 1-0 diante do Borac na abertura do campeonato, no domingo, com o treinador Milomir Odović a comentar: "Precisaremos de jogar melhor do que frente ao Ferencváros, ainda assim podemos esperar um resultado favorável". O Standard tem um lugar especial no coração dos adeptos do Željezničar, já que duas glórias do clube representaram o conjunto belga – Drago Smajlović e Josip Bukal.
Fuad Krvavac

Vojvodina desperta recordações na Sampdória
Após ficar emparelhado com o Vojvodina na terceira pré-eliminatória, Walter Zenga, recém-nomeado treinador da Sampdória, disse: "A vida é estranha. A Sampdória está de regresso às competições europeias e vai enfrentar uma equipa onde dois dos nossos antigos técnicos, Vujadin Boškov e Siniša Mihajlović, passaram vários anos como jogadores [Boškov também orientou o Vojvodina durante sete temporadas]".

Zenga, antigo guarda-redes de Inter e Sampdória, tem tido uma carreira bastante viajada desde que pendurou as luvas, com passagens por Roménia, Turquia, Emirados Árabes Unidos e Abu Dhabi, e também tem boas recordações do futebol sérvio. "Passei uma época no Estrela Vermelha [em 2005/06] e ganhámos a 'dobradinha'", acrescentou. "[Este sorteio] é um sinal do destino".
Fabio Balaudo

O Vaduz representa o Liechtenstein frente ao rival suíço Thun
O Vaduz representa o Liechtenstein frente ao rival suíço Thun©Eddy Risch

Vaduz e Thun em confronto interno
Normalmente equipas do mesmo campeonato não se encontram antes dos oitavos-de-final – mas a terceira pré-eliminatória via presenciar um confronto entre equipas da Super Liga suíça. O Vaduz, que entra nas competições europeias como vencedor da Taça do Liechtensteiner (não se pode qualificar através da Suíça), defronta o Thun, contra quem somou apenas um ponto em quatro jogos na época passada. No entanto, no embate anterior com um adversário suíço na Europa, o Vaduz, na altura na segunda divisão suíça, foi eliminado pelo FC Basel, devido aos golos fora, na segunda pré-eliminatória da edição 2006/07 da Taça UEFA, com uma derrota por 1-0 fora e um triunfo caseiro por 2-1. Depois deste duplo-confronto, Thun e Vaduz voltam a encontrar-se no campeonato, a 21 de Agosto.
Steffen Potter

Sorte contrastante do Hajduk
Três dias após bater o Koper por 4-1, na segunda pré-eliminatória, o Hajduk Split perdeu pelo mesmo resultado frente ao Istra, no campeonato croata. "Não houve nada de positivo para nós", disse o treinador Damir Burić. "Foi uma noite triste para o Hajduk Split. Teremos de ser, e vamos ser, muito melhores no próximo jogo, na quinta-feira".
Elvir Islamović

Van den Brom regressa a Istambul
Para John van den Brom, treinador do AZ Alkmaar, este duelo com o estreante turco İstanbul Başakşehir, tem um significado especial. O antigo médio de Vitesse e Ajax jogou na maior cidade turca, ao serviço do İstanbulspor, em 1995/96, sendo orientado pelo treinador holandês Leo Beenhakker. "Será especial para mim regressar a Istambul na próxima semana [para a segunda mão]", afirmou Van den Brom. "Após o sorteio imediatamente fui pesquisar no Google para ver que tipo de equipa tem. Notei logo que o seu defesa mais jovem tem 28 anos. Tenho estado em contacto com antigos colegas na Bélgica [do Anderlecht, seu antigo clube, que defrontou o İstanbul recentemente, num amigável]. Eles confirmaram o que eu já imaginava: são jogadores fortes fisicamente e que sabem o que fazem. Não vai ser fácil".
Berend Scholten

O ASA Târgu Mureș conquistou a SuperTaça da Roménia no início de Julho
O ASA Târgu Mureș conquistou a SuperTaça da Roménia no início de Julho©Niculae Profir

Târgu Mureș em estreia
Quase 40 anos após a cidade de Targu Mures, na Transilvânia, ter estado representada pela última vez nas competições da UEFA – o Asociația Armata Târgu Mureș figurou em três campanhas consecutivas da Taça UEFA, entre 1975/76 e 1977/78, perdendo sempre na primeira eliminatória e com apenas uma vitória – a nova equipa da cidade, o ASA 2013 Târgu-Mures, enfrenta o Saint-Étienne. Ao mesmo tempo que também é o primeiro compromisso europeu do treinador Vasile Miriuță, o clube não tem falta de experiência, com a presença de Eduard Stăncioiu, Pablo Brandan, Paweł Golański, Ousmane N'Doye e Gabriel Mureșan, que representaram outras equipas romenas na Europa.

"O que podemos dizer e fazer? Obviamente que é o pior adversário possível, mas tudo é possível", disse Miriuță ao UEFA.com. "São dois jogos e vamos dar o nosso melhor para seguir em frente. Vamos defrontar um clube muito bom e com grande tradição, mas o Lyon também é uma equipa francesa de topo e foi eliminada pelo Astra na época passada. Não importa se estamos a fazer a nossa estreia; apesar de poucos acreditarem em nós, estamos optimistas".
Paul-Daniel Zaharia

Kovář aconselha Liberec
"O Liberec em Israel? Não se esqueçam de levar a toalha e roupa de praia", escreveu Přemysl Kovář, guarda-redes checo do Hapoel Haifa, no Twitter, após saber que o Slovan Liberec, seu antigo clube, ia defrontar o Hapoel Kiryat Shmona. Falando mais a sério, Kovář, que representou o Liberec na fase de grupos em 2013/14, acrescentou: "O Shmona tem um novo treinador e está a construir uma nova equipa, depois da saída de vários jogadores importantes. O tempo está do lado do Liberec, que para mim é o favorito assumido", disse ao diário checo Sport.
Ondřej Zlámal

O Rabotnicki festeja frente ao Jelgava
O Rabotnicki festeja frente ao Jelgava©Telegraf.mk/Vlatko Perkovski

Rabotnicki optimista
Há quatro anos o Rabotnicki tornou-se no primeiro clube da ARJ da Macedónia a alcançar o "play-off" de uma competição europeia, e o médio Dusko Trajcevski espera que a história se repita quando o emblema de Skopje defrontar o Trabzonspor. "Normalmente o Trabzonspor é claro favorito, mas temos de ousar acreditar que podemos repetir o sucesso de 2011, quando eliminámos, de forma surpreendente, o Anortosis nesta fase da competição", disse. "Sabemos que precisamos de melhorar pelo menos 30 por cento em relação aos jogos com o Flora e o Jelgava, em Skopje. Se conseguirmos ganhar a primeira mão, em casa, sem sofrermos golos, tudo é possível no segundo jogo".
Emil Gasevski

Topo