O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Prémio de consolação

Walter Pandiani foi o único jogador do Espanhol a marcar nas grandes penalidades que decidiram a derrota contra o Sevilha, mas sagrou-se o melhor marcador da competição, com 11 golos.

Walter Pandiani não conseguiu acrescentar nenhum golo aos 11 que já tinha marcado na presente edição da Taça UEFA, antes da final perdida pelo RCD Espanyol, no desempate por grandes penalidades, contra o Sevilla FC. Ainda assim, o avançado uruguaio venceu com larga vantagem a corrida ao título de melhor marcador da competição, e foi o único jogador do Espanhol a converter a sua grande penalidade, numa série que os andaluzes venceram por 3-1.

Klinsmann na frente
Tal como durante grande parte da temporada, Pandiani iniciou a partida em Glasgow no banco de suplentes, apesar de ter apontado um “hat-trick” ao Real Madrid CF no fim-de-semana. O goleador pode ter marcado apenas sete golos na Primera División esta época, mas na Europa o seu aproveitamento foi bem superior. Nos 14 jogos que disputou na Taça UEFA alcançou a impressionante marca de 11 golos marcados, um total ultrapassado apenas por três jogadores na história da competição - Jürgen Klinsmann (15), John Wark (14) e Derlei (12). Klinsmann lidera a lista de melhores marcadores de todos os tempos, mostrando-se letal em frente à baliza quando conquistou o troféu pelo FC Bayern München na época 1995/96, mas esta época foi “El Rifle” Pandiani quem, aos 31 anos de idade, bateu a concorrência.

Os perseguidores
Claudiu Niculescu termina em segundo lugar na lista de 2006/07, apesar de o FC Dinamo 1948 Bucuresti ter sido eliminado pelo Benfica nos 16 avos-de-final, à frente de três jogadores com sete golos cada, a saber: Klaas Jan Huntelaar, do AFC Ajax, Shota Arveladze do AZ Alkmaar, e Dimitar Berbatov, do Tottenham Hotspur FC. Luis García ficou a um golo deste trio, não conseguindo em Glasgow melhorar a sua marca de seis golos na prova. O avançado português do Paris Saint-Germain FC, Pedro Pauleta, também figura na lista dos melhores artilheiros, com seis golos. Para a relação dos melhores marcadores contam apenas os jogos disputados a partir da primeira eliminatória.

Melhores marcadores da Taça UEFA 2006/07
JogadorClubeGolos
Walter PandianiRCD Espanyol11
Claudiu NiculescuFC Dinamo 1948 Bucuresti8
Klaas Jan HuntelaarAFC Ajax7
Shota ArveladzeAZ Alkmaar7
Dimitar BerbatovTottenham Hotspur FC7
Luis GarcíaRCD Espanyol6
Obafemi MartinsNewcastle United FC6
PauletaParis Saint-Germain FC6