Real Madrid - Sevilha: Quarta SuperTaça entre equipas espanholas

O duelo entre Real Madrid e Sevilha, em Trondheim, foi a terceira SuperTaça Europeia seguida entre clubes espanhóis e a quarta de sempre: o UEFA.com recorda as três anteriores.

Pedro Rodríguez of Barcelona kisses the UEFA Super Cup trophy at the end of their UEFA Super Cup against Sevilla
Pedro Rodríguez of Barcelona kisses the UEFA Super Cup trophy at the end of their UEFA Super Cup against Sevilla ©Getty Images

2006: Sevilha 3-0 Barcelona (Renato 7, Kanouté 45, Maresca 90pen)
O Sevilha raramente sentiu problemas no Stade Louis II depois de Renato inaugurar o marcador num remate à queima-roupa. Frédéric Kanouté aumentou a vantagem à passagem da meia-hora e o Sevilha ficou ainda mais perto de conquistar o segundo troféu europeu em apenas quatro meses, um triunfo confirmado quando Enzo Maresca estabeleceu o resultado final na conversão de uma grande penalidade.

Resumo da SuperTaça Europeia de 2006: Sevilha 3-0 Barcelona
Resumo da SuperTaça Europeia de 2006: Sevilha 3-0 Barcelona

2014: Real Madrid 2-0 Sevilha (Ronaldo 30 49)
Cristiano Ronaldo, que tinha estabelecido num novo recorde de golos marcados na UEFA Champions League em 2013/14, não estava satisfeito e decidiu o jogo com mais dois golos. Os reforços James Rodríguez e Toni Kroos foram titulares pelos “merengues”, com o colombiano a combinar com Gareth Bale – motivado a jogar em Cardiff, cidade onde nasceu – na jogada do primeiro golo de Ronaldo. O avançado português bisou após um bom trabalho de Karim Benzema e terminou com as esperanças dos detentores da UEFA Europa League.

Resumo da SuperTaça Europeia de 2014: Real Madrid 2-0 Sevilha
Resumo da SuperTaça Europeia de 2014: Real Madrid 2-0 Sevilha

2015: Barcelona 5-4 Sevilha (ap) (Messi 7 18, Rafinha 44, Suárez 52, Pedro Rodríguez 115; Banega 3, Reyes 57, Gameiro 72(p), Konoplyanka 81)
Pedro Rodríguez decidiu pela segunda vez uma SuperTaça Europeia com um golo aos 115 minutos e permitiu ao Barcelona conseguir um triunfo sensacional sobre o Sevilha, em Tbilisi, perante uma assistência recorde de 51.490 espectadores. O Sevilha tinha conseguido uma fantástica recuperação ao anular uma desvantagem de 4-1 e forçar o prolongamento, onde Pedro - no mesmo minuto em que tinha feito o golo solitário do triunfo sobre o Shakhtar Donetsk em 2009 – marcou na recarga após uma defesa do português Beto.

Resumo da SuperTaça Europeia de 2015: Barcelona 5-4 Sevilha (ap)
Resumo da SuperTaça Europeia de 2015: Barcelona 5-4 Sevilha (ap)

Outras SuperTaças Europeias disputadas por clubes do mesmo país
1990 Milan - Sampdoria (tot: 3-1)
1993 Parma - Milan (tot: 2-1)

Resumo: vencedores espanhóis da SuperTaça Europeia
Resumo: vencedores espanhóis da SuperTaça Europeia