O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Alexia Putellas eleita Jogadora do Ano da UEFA de 2020/21

Alexia Putellas levou a melhor sobre duas colegas do Barcelona e ganhou o prémio de Jogadora do Ano da UEFAde 2020/21.

©UEFA.com

Alexia Putellas, centrocampista do Barcelona e da Espanha, ganhou o prémio de Jogadora do Ano da UEFA de 2020/21.

Putellas, que conquistou o troféu da UEFA Women's Champions League em Maio como capitã do Barcelona, terminou à frente das companheiras de clube Jenni Hermoso, também espanhola, e de Lieke Martens, vencedora de 2016/17, na votação conduzida por um painel de treinadores e jornalistas. O resultado foi anunciado durante a cerimónia do sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League de 2021/22, em Istambul.

A jogadora de 27 anos, a primeira atleta do Barcelona ou da Espanha a receber o prémio, foi também nomeada Centrocampista da Época da UEFA Women's Champions League.

Numa mensagem gravada em vídeo, Putellas disse: “Estou muito feliz por receber o prémio de Jogadora do Ano da UEFA. Em primeiro lugar, gostaria de agradecer às minhas companheiras e a toda a equipa que permitiu que tivéssemos uma temporada de tanto sucesso."

“Gostaria igualmente de mencionar as restantes nomeadas, em particular a Lieke e o Jenni, com quem partilho este pódio. No fim de contas, foi toda a equipa, todo o clube que ganhou [este prémio]. É um feito enorme que tantas jogadoras do Barça tenham sido nomeadas para estes prémios."

“Também gostaria de agradecer aos adeptos por todo o amor que mostraram para comigo. Vamos em busca de mais! Muito obrigado."

As dez primeiras classificadas

1 Alexia Putellas (Barcelona e Espanha) – 50 pontos
2 Jenni Hermoso (Barcelona e Espanha) – 42 pontos
3 Lieke Martens (Barcelona e Países Baixos) – 40 pontos
4 Vivianne Miedema (Arsenal e Países Baixos) – 32 pontos
5 Aitana Bonmatí (Barcelona e Espanha) – 29 pontos
6 Caroline Graham Hansen (Barcelona e Noruega) – 28 pontos
7 Sam Kerr (Chelsea e Austrália) – 18 pontos
= Fran Kirby (Chelsea e Inglaterra/Grã-Bretanha) – 18 pontos
9 Pernille Harder (Chelsea e Dinamarca) – 17 pontos
10 Irene Paredes (Paris Saint-German e Espanha, agora no Barcelona) – 11 pontos

Por que é que Alexia Putellas venceu o prémio?

Foi o motor do meio-campo do Barça, seja na esquerda, como organizadora de jogo ou quando lhe foi pedido para jogar mais no ataque. Líder da equipa, marcou o penálti que fez o 2-0 na final da UEFA Women's Champions League contra o Chelsea e fez a assistência para o terceiro na vitória por 4-0 em Gotemburgo, apesar de ter estado em dúvida devido a uma lesão. Putellas integrou a Equipa da Época pela segunda vez em três anos.

Adepta do Barcelona desde criança, passou pela academia "blaugrana" e assinou pelo clube em 2012, tendo marcado, em Janeiro deste ano, o primeiro golo oficial de uma mulher em Camp Nou na vitória sobre o Espanhol, seu antigo clube. Apontou também dois golos na final da Taça de Espanha. Em Abril, Putellas juntou-se a Irene Paredes e Hermoso no grupo de capitãs da selecção da Espanha que ajudou a qualificar para o UEFA Women's EURO 2022. Está também a aproximar-se do recorde de 90 jogos pela Espanha pertencente a Marta Torrejón.

Resumo da final de 2021: Chelsea 0-4 Barcelona
Resumo da final de 2021: Chelsea 0-4 Barcelona

Esta é a primeira vez que Putellas termina entre as dez primeiras nas votações. A outra jogadora do Barcelona a chegar ao "top-10" antes deste ano tinha sido Martens, mas em 2020/21 as atletas do emblema da Catalunha ocuparam cinco dos seis primeiros lugares. A única jogadora espanhola a chegar ao "top-10" antes desta época foi Verónica Boquete em 2012/13, 2013/14 e 2014/15.

Lista de honra

2020/21 – Alexia Putellas (Barcelona e Espanha)
2019/20 ─ Pernille Harder (Wolfsburgo e Dinamarca)
2018/19 ─ Lucy Bronze (Lyon e Inglaterra)
2017/18 ─ Pernille Harder (Wolfsburgo e Dinamarca)
2016/17 ─ Lieke Martens (Rosengård e Países Baixos)
2015/16 ─ Ada Hegerberg (Lyon e Noruega)
2014/15─ Célia Šašić (FFC Frankfurt e Germany)
2013/14 ─ Nadine Kessler (Wolfsburgo e Germany)
2012/13 ─ Nadine Angerer (FFC Frankfurt e Alemanha)

Como é atribuído o prémio

O prémio de Jogadora do Ano da UEFA reconhece as melhores atletas, independentemente da nacionalidade, que representaram um clube no território de uma federação-membro da UEFA na época passada. As jogadoras são avaliadas com base no desempenho em todas as competições de clubes e seleções.

O júri foi composto pelos 16 treinadores dos clubes que participaram nos oitavos-de-final da UEFA Women's Champions League de 2020/21 e por 20 jornalistas especializados em futebol feminino, escolhidos pelo grupo ESM. Os membros do júri escolheram as suas três primeiras jogadoras, com a primeira a receber cinco pontos, a segunda três e a terceira um ponto. Os treinadores não podiam votar em jogadoras das suas próprias equipas.