Wolfsburgo, Tyresö e duo inglês em vantagem

Wolfsburgo, Tyresö, Rossiyanka, bem como as inglesas do Arsenal e do Birmingham, somaram vitórias importantes na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Women's Champions League.

Martina Müller marcou o golo da vitória do Wolfsburgo
Martina Müller marcou o golo da vitória do Wolfsburgo ©Getty Images

O VfL Wolfsburg, actual detentor do troféu, as suecas do Tyresö FF, o FC Rossiyanka e as inglesas do Arsenal LFC e do Birmingham LFC somaram vitórias importantes nos respectivos encontros da primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Women's Champions League. As partidas da primeira mão dos restantes embates destes oitavos-de-final terão lugar este domingo, com a segunda mão agendado para quarta e quinta-feira.

FCR Malmö 1-2 VfL Wolfsburg
O Wolfsburgo não teve vida fácil diante das campeãs suecas, mas acabou por chegar à vitória graças a um penalty convertido com êxito por Martina Müller. O Malmö foi a melhor equipa em campo durante largos períodos do encontro, porém foi Alexandra Popp, de cabeça, a colocar o Wolfsburgo na frente, à beira do intervalo. Ramona Bachmann restabeleceu a igualdade aos 64 minutos mas, a cinco minutos do fim, Popp foi derrubada dentro da grande área do Malmö e Müller não perdoou na conversão da consequente grande penalidade.

Fortuna Hjørring 1-2 Tyresö FF
Outra formação sueca, o Tyresö, parece em boa posição para chegar aos quartos-de-final, nesta que é sua temporada de estreia na prova, após somar uma boa vitória na Dinamarca. Num encontro disputado debaixo de muita chuva, Christen Press inaugurou o marcador, dando o melhor seguimento a um cruzamento de Verónica Boquete. Press não tardou a bisar no encontro, desta feita após assistência de Alex Krieger, e esteve perto do "hat-trick" minutos mais tarde, mas foi o Fortuna a marcar e a reacender a esperança de seguir em frente na competição, graças a um golo de Nadia Nadim.

Arsenal LFC 3-0 Glasgow City LFC
No primeiro duelo anglo-escocês da história das competições femininas de clubes da UEFA, o Arsenal ganhou vantagem logo aos 14 minutos, por intermédio de Stephanie Houghton. A formação londrina continuou a pressionar e chegou ao 2-0 por Danielle Carter, a passe de Alex Scott. O 3-0 surgiu à passagem da hora de jogo, num auto-golo de Eilish McSorley.

FK Zorkiy Krasnogorsk 0-2 Birmingham City LFC
A turma da casa foi a primeira a estar perto do golo, mas quem acabou por facturar foi o Birmingham. Aos 27 minutos, Isobel Christiansen bateu Maria Zhamanakova com um bonito chapéu e Jade Moore elevou a vantagem das visitantes num lance de igual classe. Jo Potter desperdiçou uma boa oportunidade para bisar, no segundo tempo, mas ainda assim o Birmingham leva ainda uma boa vantagem para a partida da segunda mão, em casa.

FC Rossiyanka 1-0 ASD Torres Calcio
Num encontro muito físico, as russas do Rossiyanka selaram o triunfo na sequência de um lance em que, pressionada, Linda Tucceri Cimini colocou a bola no fundo da sua própria baliza, logo aos 18 minutos. Apesar de tudo tentarem a partir daí, as visitantes não conseguiram chegar ao golo fora que se poderia revelar importante na decisão da eliminatória.