O "site" oficial do futebol europeu

Vitória vã de Itália no adeus também de Inglaterra

Publicado: Quarta-feira, 24 de Junho de 2015, 22.46CET
Inglaterra 1-3 Itália
Os italianos venceram de forma clara, mas o empate tardio da Suécia frente a Portugal impediu-os de continuar em prova.
Vitória vã de Itália no adeus também de Inglaterra
Marco Benassi (segundo à esquerda) comemora após ampliar a vantagem de Itália ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

InglaterraItália

Golos marcados1
 
3
Total de tentativas20
 
11
Remates à baliza4
 
4
Remates para fora11
 
6
Remates defendidos5
 
1
nos postes0
 
0
Cantos7
 
4
Foras-de-jogo1
 
2
Cartões amarelos1
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas11
 
12
Faltas sofridas12
 
11

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 30/11/2017 15:07 CET
Publicado: Quarta-feira, 24 de Junho de 2015, 22.46CET

Vitória vã de Itália no adeus também de Inglaterra

Inglaterra 1-3 Itália
Os italianos venceram de forma clara, mas o empate tardio da Suécia frente a Portugal impediu-os de continuar em prova.

Itália vence pela primeira vez no EURO Sub-21, mas o esforço é em vão
Golo do empate da Suécia aos 89 minutos frente a Portugal garante aos nórdicos as meias-finais
Inglaterra termina no último lugar do Grupo B, ao averbar segunda derrota
Comandados de Luigi Di Biagio na frente com dois golos no espaço de três minutos na primeira parte
Inglaterra desperdiça oportunidade madrugadora por Danny Ings, numa noite de ocasiões perdidas

Itália venceu Inglaterra de forma convincente, por 3-1, mas de nada valeu, nem aos transalpinos, nem aos britânicos, que ficam de fora do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA e falham o acesso aos Jogos Olímpicos de 2016.

Num jogo na sua generalidade repartido, dois golos transalpinos em apenas três minutos, de Andrea Belotti e Marco Benassi, ditaram um desfecho que acabou por não beneficiar nenhuma das equipas, perante o empate entre Portugal e Suécia no outro jogo - apuraram-se essas duas equipas. O derradeiro tento, também de Belotti, apenas confirmou o cenário.

O embate começou animado, com jogadas de ataque das duas equipas. Aos 13 minutos, Danny Ings isolou-se descaído para a esquerda, mas atirou às malhas laterais. Aos 19, Andrea Belotti chegou ligeiramente atrasado a um cruzamento da direita de Davide Zappacosta. Respondeu Harry Kane a seguir com um remate que obrigou Francesco Bardi a excelente defesa. Mas a eficácia acabaria por cair para o lado transalpino. Livre de Domenico Berardi da direita, aos 25 minutos, e Andrea Belotti surgiu nas costas da defensiva inglesa a empurrar. E apenas dois minutos volvidos, Marco Benassi recebeu uma bola em zona frontal e rematou colocado para o 2-0.

O encontro passou a ter a configuração perfeita para o futebol italiano, com muita consistência defensiva e capacidade para construir contra-ataques rápidos e perigosos. Harry Kane esteve sempre muito desacompanhado entre os centrais contrários. Aos 40 minutos, Nathan Redmond personificou a reacção britânica, ao ultrapassar diversos adversários em fintas sucessivas antes de rematar para nova parada de Bardi. Jesse Lingard fez o mesmo no arranque do segundo tempo, mas atirou ao lado, e aos 65 minutos o mesmo jogador atirou ligeiramente ao lado.

Mas o dia era de Itália, que chegou ao 3-0 aos 72 minutos, num cabeceamento de Benassi após cruzamento de Marcello Trotta, num lance que parecia perdido. Redmond ainda reduziu nos descontos, com um belo remate em zona frontal à entrada da grande área.

Última actualização: 25-06-15 1.38CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000408/match=2015378/postmatch/report/index.html#italia+bate+inglaterra