O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal soma e segue

Portugal 2-0 ARJ da Macedónia
Bernardo Silva e Ricardo Esgaio, este de grande penalidade, marcaram na segunda parte os golos da quinta vitória de Portugal em cinco jogos.

Os jogadores de Portugal festejam um dos golos marcados frente à Macedónia
Os jogadores de Portugal festejam um dos golos marcados frente à Macedónia ©FPF

Portugal venceu a Antiga República Jugoslava da Macedónia por 2-0 e prossegue 100 por cento vitorioso no topo do Grupo 8 de apuramento para o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2015.

A equipa de Rui Jorge deu assim mais um passo para garantir o apuramento para o "play-off", enquanto a Macedónia continua no penúltimo lugar, num encontro em que Portugal abriu o activo seis minutos após o reatamento, por Bernardo Silva, antes de Ricardo Esgaio, de grande penalidade, fixar o resultado oito minutos volvidos. Gonçalo Paciência não imitou Esgaio e falhou a convervsão na estreia pelos Sub-21, pelos quais debutaram ainda Rúben Vezo e Carlos Mané.

O primeiro lance de perigo pertenceu a Portugal, logo aos seis minutos. Após bonita combinação entre João Mário e Bernardo Silva, André Gomes rematou por cima. O perigo rondou novamente a baliza da Macedónia aos 12 minutos, na sequência de um pontapé de canto, mas ninguém conseguiu tocar a bola para o fundo das redes e, aos poucos, Portugal baixou a intensidade do seu jogo. A Macedónia aproveitou para avançar no terreno, com Babunski a rematar para defesa segura de Jorge Sá.

Portugal voltou a ameaçar no final da primeira parte. Em cima do minuto 45, Ricardo Pereira, que tinha entrado pouco antes para o lugar de Carlos Mané, obrigou o guarda-redes macedónio, Stole Dimitrievski, a aplicar-se para defender a bola para canto. E na sequência desse pontapé de canto Rúben Vezo cabeceou ligeiramente por cima, com a bola a roçar ainda na trave.

O nulo subsistiu até ao intervalo, mas a selecção lusa ganhou vantagem logo a abrir o segundo tempo. Cruzamento de Ricardo  para o segundo poste, onde Bernardo Silva surgiu a inaugurar o marcador. O 2-0 não tardou, por intermédio de Ricardo Esgaio, na conversão de uma grande penalidade a castigar falta de Martin Blaževski sobre João Mário. Paciência, em estreia nos Sub-21, tal como desperdiçou novo penalty, aos 65 minutos, por mão na bola de Stefan Askovski.