O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lopetegui destaca "exibição e personalidade"

Julen Lopetegui elogiou a "exibição e a personalidade" evidenciadas pela Espanha para bater a Itália, enquanto Devis Mangia mostrou-se "orgulhoso" do percurso dos seus pupilos.

Lopetegui destaca "exibição e personalidade"
Lopetegui destaca "exibição e personalidade" ©UEFA.com

Julen Lopetegui, seleccionador da Espanha
Nunca é fácil ganhar. Ficámos muito felizes há dois anos e estamos muito felizes agora, não só pelo triunfo, mas também pela exibição que realizámos e pelo carácter que demonstrámos. Estamos muito orgulhosos com tudo isso. Creio que o mais importante foi a confiança que todos os jogadores tinham nesta equipa. Todos eles têm muita qualidade, mas se não acreditassem na equipa seria muito complicado. É fundamental que eles trabalhem muito, que se mantenham fortes e que acreditem no valor do conjunto. Cada jogador tem a sua própria personalidade, mas souberam unir-se como equipa para erguer este troféu.

Quando se vence há que celebrar. Esta noite tivemos um jogo muito difícil, pelo que estamos muito satisfeitos. Temos um estilo de jogo e acreditamos nele, mas o nosso estilo não é perfeito. No futebol nada é perfeito, por isso temos de continuar a trabalhar para tentar melhorar ainda mais. Mas claro que temos bons jogadores. Sem bons jogadores, tudo isto é impossível. O que importa no futebol são os jogadores. Toda a equipa está, neste momento, a pensar no [lesionado Sergio] Canales. Este triunfo também é dele.

Devis Mangia, seleccionador da Itália
Como treinador estou muito orgulhoso da minha equipa. Os meus jogadores lutaram até ao último minuto. Sabia que a tensão ia ser grande quando eles entrassem em campo e isso não é positivo. Acreditei que eles seriam capazes de lidar com isso, mas penso que faltou aos meus jogadores - e não é culpa deles - experiência. Em jogos como estes a experiência é fundamental e os meus jogadores não tinham a mesma dos atletas espanhóis.

Durante o jogo, sempre que olhava à minha volta só via jogadores de grande nível. Quero felicitar a federação espanhola, o Julen e toda a sua equipa pelo excelente trabalho que têm vindo a realizar. Preparámo-nos bem, mas como sempre há detalhes que fazem a diferença. Houve duas ou três situações que acabaram por determinar o desfecho do jogo. Não foi fácil chegarmos até aqui e fizemos coisas muito bonitas. Agora, precisamos de dois ou três dias para reflectirmos e fazermos as avaliações correctas.