Israelitas felizes com "presente de despedida"

Ofir Krieff, que marcou o único golo do encontro, dedicou o triunfo de Israel sobre Inglaterra ao seleccionador Guy Luzon, enquanto Nir Biton explicou a honra que sentiu em ser capitão de equipa.

Ofir Krieff ficou muito feliz por marcar o golo do triunfo sobre Inglaterra
Ofir Krieff ficou muito feliz por marcar o golo do triunfo sobre Inglaterra ©UEFA.com

Os jogadores de Israel não esconderam uma enorme satisfação depois de terem terminado a participação na fase final do Campeonato da Europa de Sub-21, que estão a organizar, com uma vitória por 1-0 sobre a Inglaterra, isto apesar de terem sido afastados na fase de grupos.

Ofir Krieff, que marcou o único golo do encontro disputado em Jerusalém, a sua cidade natal, dedicou o triunfo ao seleccionador Guy Luzon, enquanto Nir Biton explicou a honra que sentiu em ser capitão desta equipa.

Ofir Krieff, médio de Israel
Marcar na capital, a minha cidade natal, frente aos meus amigos, é uma sensação fantástica. Fizemos um excelente trabalho. O mérito é de todos, eu só marquei o golo. Isto resultou de um grande trabalho da equipa técnica e de todos os jogadores.

Quando marquei, pensei que tínhamos finalmente conseguido uma vitória após tanto trabalho. O mérito é do Guy Luzon. Foi muito importante para ele terminar com um bom resultado e estou feliz por lhe ter dado este presente de despedida. Queria correr para ele, mas deixei de ver para onde ia, porque os meus colegas caíram em cima de mim.

Nir Biton, médio de Israel
Começámos com uma grande animação, depois melhorou porque jogámos bem, apesar de os resultados não terem sido os melhores. No último encontro demos o máximo e jogámos muito bem. É um grande resultado e estamos muito satisfeitos.

Percebi antes do Europeu a honra que é ser capitão desta equipa. Não é todos os dias que um jogador israelita tem oportunidade de capitanear a selecção num Europeu de Sub-21. É um orgulho que não consigo descrever.