Quartos-de-final da Youth League plenos de emoção

O Porto, o campeão Barcelona, o Chelsea (duas vezes vencedor do troféu) e o estreante Hoffenheim venceram os jogos dos quartos-de-final rumo a Nyon.

O Porto festeja o primeiro golo dos quartos-de-final frente ao Midtjylland
O Porto festeja o primeiro golo dos quartos-de-final frente ao Midtjylland ©FC Porto

O Porto vai defrontar o estreante Hoffenheim e o Chelsea enfrenta a oposição do campeão Barcelona nas meias-finais da UEFA Youth League, a 26 de Abril, após terem ganho os confrontos dos quartos-de-final.

Quartos-de-final

Quarta-feira
Chelsea 2-2 Dínamo Zagreb (4-2 nos penalties)

  • Antonio Marin deu vantagem ao Dínamo ao marcar antes e depois do intervalo, na primeira vez em que o Chelsea esteve a perder na competição desta temporada. No entanto, os golos de Luke McCormick aos 77 e 87 minutos forçaram o desempate por grandes penalidades. McCormick foi o primeiro dos quatro jogadores do Chelsea a converter os seus penalties e agendar a repetição da final de 2018 perdida frente ao Barcelona.

Hoffenheim 4-2 Real Madrid

  • O Hoffenheim, primeiro estreante a chegar aos quartos-de-final desde a edição inaugural em 2013/14, chegaram à vantagem por 2-0 aos 12 minutos graças aos golos de Max Geschwill e Filip Stojilković, mas Alberto reduziu pouco depois. Num jogo com muito público e muita chuva, um desviou do suplente Tim Linsbichler aumentou a diferença favorável aos alemães a 16 minutos do fim e, apesar de Pedro Ruiz ter marcado para o Real Madrid, Linsbichler voltou a facturar perto do fim após excelente jogada de David Otto.
Resumo: Porto 3-0 Midtyjlland
Resumo: Porto 3-0 Midtyjlland
Resumo: Barcelona 3-2 Lyon
Resumo: Barcelona 3-2 Lyon

Terça-feira
Porto 3-0 Midtyjlland

  • O golo de cabeça de Mor Ndiaye, aos 15 minutos, adiantou o Porto no marcador na primeira parte, antes de Afonso Sousa e Gonçalo Borges terem aumentado a vantagem pouco depois de entrarem em campo na parte final da segunda metade. Os Dragões apuraram-se assim pela segunda vez consecutiva para a fase final de Nyon e, ao mesmo tempo, terminaram com a caminhada invicta da equipa da Dinamarca.

Barcelona 3-2 Lyon

  • Alejandro Marqués não desperdiçou uma grande penalidade bem dentro do tempo de descontos e apurou o detentor do troféu para a fase final pela quarta ocasião em seus temporadas. Théo Ndicka Matam adiantou o Lyon aos 11 minutos, mas o capitão do Barcelona, Monchu, empatou pouco antes da hora de jogo e, pouco depois, assistiu Anssumane Fati para o 2-1. A três minutos do fim, Reo Griffiths entrou e campo e igualou de pronto a contenda, só que a resposta do Barça revelou-se fatal para evitar o desempate por grandes penalidades.
FASE FINAL: ESTÁDIO COLOVRAY, NYON

Meias-finais (26 de Abril)

1: Barcelona - Chelsea
2: Hoffenheim - Porto

Final (29 de Abril)

Hoffenheim/Porto - Barcelona/Chelsea

Topo