O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Paris é o último obstáculo a mais um título do Chelsea

O campeão Chelsea, que não perde há 14 jogos, vai ter “possivelmente o desafio mais difícil nas duas últimas épocas" quando defrontar o Paris na final da UEFA Youth League na segunda-feira.

Veja o que aconteceu quando os jogadores de Chelsea e Paris se juntaram na sede da UEFA, na Suíça, antes da final da UEFA Youth League entre ambos no campo.
Finalists show off their skills at UEFA HQ
  • O Chelsea ambiciona vencer a prova pela segunda vez em três épocas 
  • Adi Viveash conduziu o Chelsea a um triunfo por 3-2 sobre o Shakhtar Donetsk na final de 2015 
  • O melhor desempenho do Paris até agora tinha sido a presença nos quartos-de-final em 2013/14
  • Jean-Kévin Augustin e Christopher Nkunku têm experiência da Ligue 1 
  • O Chelsea não perde na UEFA Youth League desde 25 de Novembro de 2014 
Resumo da final de 2015: Shakhtar Donetsk 2-3 Chelsea
Resumo da final de 2015: Shakhtar Donetsk 2-3 Chelsea

Adi Viveash, treinador do Chelsea
É uma proeza fantástica estar em duas finais consecutivas. Este ano a nossa equipa é muito mais jovem, mas tem sido fantástica. É uma conquista extraordinária e temos de nos sentir orgulhosos, independentemente do que aconteça na segunda-feira. Vencer novamente seria uma grande conquista, mas sabemos que estamos perante um grande teste, possivelmente o nosso jogo mais difícil nas duas últimas épocas

Percurso até à final 
Fase de grupos
Chelsea 3-0 Maccabi Tel-Aviv
Porto 3-3 Chelsea
Dynamo Kyiv 0-2 Chelsea
Chelsea 3-1 Dynamo Kyiv
Maccabi Tel-Aviv 0-4 Chelsea
Chelsea 0-0 Porto

Oitavos-de-final
Chelsea 1-1 Valencia (Chelsea venceu por 5-3 no desempate)

Quartos-de-final
Chelsea 1-0 Ajax

Meia-final: Sexta-feira, Nyon
Chelsea 3-0 Anderlecht (Palmer 21, Colkett 56, Abraham 75)
Collins; Sterling, Tomori, Clarke-Salter, Aina; Mukhtar, Colkett (Christie-Davies 79); Maddox, Palmer (Mount 46), Scott (DaSilva 73); Abraham.

Adi Viveash dá instruções aos jogadores no treino do Chelsea
Adi Viveash dá instruções aos jogadores no treino do Chelsea©UEFA.com

Sabia que? 
Tammy Abraham tem oito golos e está a apenas um do melhor marcador da UEFA Youth League de 2015/16, Roberto Nuñez, do Atlético Madrid. Dominic Solanke (12 golos), do Chelsea, foi o rei dos goleadores na época passada.

François Rodrigues, treinador do Paris
Esperamos um jogo completamente diferente da meia-final, pois o adversário tem outras características. Temos uma equipa que pode criar perigo a partir de várias zonas do campo. Os nossos atacantes são muito eficazes e os nossos defesas são perigosos nas jogadas de bola parada, pelo que partilhamos as responsabilidades atacantes. Esta é uma aventura que começou em Setembro e, globalmente, tem sido uma campanha muito interessante.

Percurso até à final
Fase de grupos
Paris 0-0 Malmö
Shakhtar Donetsk 1-4 Paris
Paris 4-1 Real Madrid
Real Madrid 2-0 Paris
Malmö 0-3 Paris
Paris 5-2 Shakhtar Donetsk

Oitavos-de-final
Paris 1-0 Middlesbrough

O Paris comemora o triunfo nas meias-finais sobre o Real Madrid
O Paris comemora o triunfo nas meias-finais sobre o Real Madrid©UEFA.com

Quartos-de-final
Paris 3-1 Roma

Meia-final: Sexta-feira, Nyon
Real Madrid 1-3 Paris (Mayoral 33pen; Hakimi og 5, Kanga 84, Augustin 90)
Deschamps; Georgen, Eboa Eboa, Doucoure, Toure; Callegari (Bernede 34), Demoncy, Nkunku; Edouard (Ikone 61), Meïté (Kanga 71); Augustin.

Sabia que? 
Se Yakou Meïté jogar na final irá igualar o recorde de 23 jogos disputados na prova que é partilhado por Samy Bourard, do Anderlecht, e Mykola Matviienko, do Shakhtar.