O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Chelsea vence na época de afirmação da Youth League

O Chelsea venceu a UEFA Youth League de 2014/15 mas a animação e a experiência foi partilhada por todos os participantes numa época memorável.

O Chelsea comemora após inaugurar o marcador frente ao Shakhtar, na final
O Chelsea comemora após inaugurar o marcador frente ao Shakhtar, na final ©Getty Images for UEFA

O Chelsea FC conquistou a segunda edição da UEFA Youth League, no entanto esta é uma competição em que todos têm algo a ganhar.

O FC Shakhtar Donetsk foi derrotado na final, mas conquistou muitos adeptos graças ao seu excelente futebol. Os ucranianos caíram, mas só na última partida, quando viram a invencibilidade terminar num jogo com cinco golos e um triunfo tangencial dos londrinos.

O RSC Anderlecht ficou muito perto da final e foi surpreendido de forma dramática por uma sensacional reviravolta do Shakhtar. A AS Roma fez uma bela demonstração da arte do futebol italiano e resistiu ao futuro vencedor da prova com uma exibição táctica irrepreensível durante 45 minutos, antes de ser batido pelo Chelsea.

"É uma competição muito difícil de ganhar", afirmou o treinador dos ingleses, Adi Viveash, ao UEFA.com. "Sucedemos a uma excelente equipa do Barcelona, que triunfou no ano passado. Conseguimos chegar até aqui, o que não é nada fácil. Somos uns justos vencedores. Os jogadores vão poder recordar para sempre que venceram a UEFA Youth League, que foram a primeira equipa inglesa a consegui-lo".

Resumo da final: Shakhtar 2-3 Chelsea
Resumo da final: Shakhtar 2-3 Chelsea

A final foi o culminar de um longo caminho iniciado por 32 equipas em Setembro de 2014. Os participantes tiveram oportunidade de viajaram em conjunto com as equipas principais que disputaram a UEFA Champions League, mas também partilharam emoções e construíram um espírito de camaradagem, dentro e fora do campo, com os adversários. O grande objetivo de todos os jogadores era evoluírem.

"É uma grande experiência para mim, algo que nunca pensei que pudesse acontecer", afirmou Isaiah Brown, o avançado que marcou dois golos na final e foi decisivo no triunfo do Chelsea. "Desde o início da época que o nosso objectivo era ganhar a UEFA Youth League e hoje conseguimo-lo".

Chelsea e o Shakhtar cumprem o desafio das habilidades
Chelsea e o Shakhtar cumprem o desafio das habilidades

"É um sonho tornado realidade", afirmou Domenic Solanke, o melhor marcador da prova, com 12 golos. "Trabalhámos muito durante toda a época nesta competição e ganhámos a maioria dos jogos, fizemos todos um grande esforço para chegar até aqui. Estávamos optimistas para a final".