O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Shakhtar vence Anderlecht com reviravolta tardia

RSC Anderlecht 1-3 FC Shakhtar Donetsk
Três golos nos últimos 15 minutos anularam a vantagem belga e apuraram o apuraram o Shakhtar para a final.

Veja os melhores momentos do jogo em Nyon, onde o Shakhtar deu a volta ao marcador para derrotar o Anderlecht e atingir a final da UEFA Youth League.
See how Shakhtar reached the final

Andriy Boryachuk e Dodi Lukebakio acertam nos ferros das balizas
Cabeceamento de Samy Bourard junto ao primeiro poste coloca o Anderlecht em vantagem, aos 55 minutos
Suplente Viktor Kovalenko empata aos 76 minutos, com uma finalização simples
Kovalenko assiste Denys Arendaruk para o segundo golo antes de selar o resultado final, a três minutos do fim
Shakhtar defronta segunda-feira o Chelsea FC na final

O FC Shakhtar Donetsk recuperou de desvantagem para garantir o apuramento para a final da UEFA Youth League. graças a um triunfo por 3-1 frente ao RSC Anderlecht, em Nyon ao início desta tarde.

Após um primeiro tempo renhido, Samy Bourard colocou o Anderlecht em vantagem aos dez minutos da segunda parte, mas dois golos em cinco minutos, apontados pelos suplentes Viktor Kovalenko e Denys Arendaruk, deram a volta ao marcador e permitiram à formação ucraniana seguir para a final de segunda-feira, no Centro Desportivo Colovray.

Um canto tinha dado a Aaron Leya Iseka, autor de nove golos até ao momento, a melhor ocasião de golo na primeira parte, mas o seu cabeceamento foi detido por Oleh Kudryk. O guarda-redes do Shakhtar tinha sofrido cinco golos durante a caminhada da sua equipa até às meias-finais, e mostrou porquê com esta intervenção.

Muito do mérito por esse registo também deve ser atribuído a uma defesa disciplinada, que não deu espaço de manobra aos avançados do Anderlecht, ao mesmo tempo que mantinha a tranquilidade e começava a construir jogo desde a retaguarda. No contra-ataque, o Shakhtar criou oportunidades para Andriy Boryachuk, que acertou no poste, e Vasyl Shtander, cuja iniciativa rumo à baliza adversária foi interrompida por um excelente corte de Nathan De Medina.

Um período de pressão madrugador do Anderlecht no recomeço do jogo teve os seus frutos. Após Kudryk ter desviado com a ponta dos dedos um remate de Dodi Lukebakio, que levou a bola a embater no poste, e a tentativa de Leya Iseka ter sido desviada pela linha-de-fundo, Bourard subiu mais alto para concluir de cabeça o canto subsequente, cobrado por Samuel Bastien, dando vantagem aos belgas.

O jogo abriu com o Shakhtar desesperadamente à procura do empate e o Anderlecht a tentar sentenciar os acontecimentos. Depois, dois suplentes mudaram a partida, com Kovalenko a manter a calma para finalizar um passe perfeito de Oleksandr Zubkov. Não satisfeito, Kovalenko assistiu Arendaruk para este bater Mile Svilar, guarda-redes de 15 anos do Anderlecht, e fazer o segundo dos ucranianos, antes de bisar nos minutos finais e confirmar o apuramento do Shakhtar.