O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA Youth League em números

Jogo com nove golos, estreias na UEFA Champions League, campanha perfeita do Manchester City: o UEFA.com analisa os números da fase de grupos.

Veja os golos do Estadio Alfredo Di Stefano, onde o Real Madrid venceu confortavelmente e desforrou-se da derrota frente aos ingleses na terceira jornada.
Resumo: Real Madrid 4-1 Liverpool

0: O NK Maribor e o também estreante PFC Ludogorets Razgrad tiveram vida difícil na fase de grupos, e em conjunto não somaram um único ponto. O Ludogorets perdeu todos os jogos pelo menos por três golos e nunca marcou, ao passo que a equipa eslovena só esteve perto de pontuar num jogo com o Sporting Clube de Portugal, perdido por 3-2 e no qual esteve em vantagem durante seis minutos.

4: O apuramento de Arsenal FC, Chelsea FC, Liverpool FC e Manchester City FC significa que Inglaterra, tal como a Espanha na época passada, continua com todos os participantes em prova e será o país mais representado no sorteio dos oitavos-de-final, na segunda-feira.

7: Dominic Solanke entrou no sexto jogo do Chelsea na fase de grupos, diante do Sporting, empatado com vários jogadores, todos com quatro golos, mas graça ao "hat-trick" frente aos leões, o primeiro desta edição, tornou-se o melhor marcador da competição. O facto de, no ano em que também se estreou na UEFA Champions League, o ter conseguido em apenas quatro jogos e meio, torna o feito do melhor marcador do Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA, realizado em Malta, ainda mais impressionante.

9: Nenhum dos 95 jogos realizados teve mais golos do que o embate entre o Paris Saint-Germain e o AFC Ajax, na quinta jornada. A equipa holandesa venceu por 6-3, numa partida notável em que se destacaram os quatro golos marcados por Zakaria El Azzouzi.

Paris e Ajax perfilados antes do jogo da quinta jornada
Paris e Ajax perfilados antes do jogo da quinta jornada©Les titis du PSG

10: Dez jogadores fizeram um ou mais jogos na fase de grupos da UEFA Champions League:
Gianluca Gaudino (FC Bayern München 3-0 PFC CSKA Moskva)
Andy Kawaya (Arsenal FC 3-3 RSC Anderlecht; RSC Anderlecht 2-0 Galatasaray AŞ)
Ruben Loftus-Cheek (Chelsea FC 3-1 Sporting Clube de Portugal)
Ainsley Maitland-Niles (Galatasaray AŞ 1-4 Arsenal FC)
Stefan O'Connor (Galatasaray AŞ 1-4 Arsenal FC)
Levin Öztunali (Bayer 04 Leverkusen 3-1 SL Benfica)
Erdal Rakip (Juventus 2-0 Malmö FF; Malmö FF 2-0 Olympiacos FC; Malmö FF 0-2 Juventus)
Jairo Riedewald (FC Barcelona 3-1 AFC Ajax; AFC Ajax 0-2 FC Barcelona; AFC Ajax 4-0 APOEL FC)
Dominic Solanke (Chelsea FC 6-0 NK Maribor)
Gedion Zelalem (Galatasaray AŞ 1-4 Arsenal FC)

12: O Grupo B foi o mais equilibrado, com Real Madrid CF, Liverpool e FC Basel 1893 a terminarem com 12 pontos. O Real Madrid já tinha garantido a qualificação antes da última jornada, mesmo na eventualidade de haver uma igualdade pontual, devido à melhor diferença de golos nos jogos entre as três equipas. O Basileia precisava de perder por menos de dois golos com o Liverpool na sexta jornada, mas não conseguiu cumprir o objetivo, acabando derrotado por 3-0 em Inglaterra

Resumo: Real Madrid 4-1 Liverpool
Resumo: Real Madrid 4-1 Liverpool

13: Esta vitória por 3-0 do Liverpool ficou marcada pelos 13 minutos de descontos na segunda parte, devido a uma lesão na cabeça sofrida por Sam Hart, jogador dos "reds". A ganhar por 1-0, o Liverpool tinha de voltar a marcar para se qualificar às custas do Basileia, acabando por consegui-lo quando Daniel Clearly finalizou um cruzamento de Adam Phillips. Aos 101 minutos, Jerome Sinclair fez o 3-0 e acabou com as dúvidas.

18: O Manchester City repetiu o feito alcançado pelo Chelsea na época passada, ao acabar a fase de grupos com o máximo de pontos.

-27: A diferença de golos do Ludogorets.

357: Número de golos marcados, mais 30 do que na fase de grupos da época passada