O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sporting, Araz, Kairat e Tulpar vencem

Sporting e Araz, tal como o Kairat e Tulpar, vão decidir tudo na derradeira jornada dos Grupos D e C, respectivamente, depois de somarem por vitórias os jogos disputados.

João Benedito, guarda-redes do Sporting
João Benedito, guarda-redes do Sporting ©Sporting Clube de Portugal

O Sporting Clube de Portugal vai decidir no domingo frente ao Araz Naxçivan quem vai disputar a fase final da UEFA Futsal, depois de os dois conjuntos terem registado triunfos nos dois primeiros jogos. Os campeões portugueses precisam agora de pelo menos um empate, dado que têm melhor diferença de golos que o seu adversário da derradeira jornada, depois dos 6-1 aplicados ao CF Eindhoven.

Foi uma vitória esperada, a do Sporting sobre o Eindhoven, que resistiu 5.53 minutos até Divanei marcar o primeiro da partida. Os holandeses defenderam bem a espaços, mas revelaram-se incapazes de impedir a maior qualidade dos portugueses, com os golos a surgirem com naturalidade.

No primeiro jogo do Grupo D, em Almada, o Araz Naxçivan garantiu também a segunda vitória, ao golear o Győri ETO FC, por 5-0. Ao marcar passados 76 segundos do apito inicial, Davi deu ao Araz a confiança necessária para enfrentar a reacção do ETO, que apenas os segundo e terceiro golos do conjunto do Azerbaijão, já na segunda parte, terminaram.

Rivais no Cazaquistão, Kairat Almaty e Tulpar Karagandy vão encontrar-se no domingo na derradeira jornada do Grupo C para determinar qual dos conjuntos irá disputar a fase final da Taça UEFA de Futsal, no final de Abril.

Ambas as equipas somam seis pontos, mas é o Kairat quem tem a melhor diferença de golos, depois da segunda vitória seguida por 9-0, desta feita sobre o KMF Tango Sarajevo. Leo, autor de um “hat-trick” no triunfo sobre o MFK VitEn Vitebsk, somou mais dois golos, com os pupilos de Cacau a terem mais uma tarefa fácil ante os bósnios, em Almaty. "O jogo contra o Tulpar vai ser como um o derby entre o Barcelona e o Real Madrid," disse o técnico brasileiro.

Para o Tulpar, as coisas não foram tão fáceis. O vice-campeão cazaque e estreante na prova, venceu o Vitebsk por 4-2, com cinco dos tentos a acontecerem nos primeiros 13 minutos. Leonid Shilovski reduziu para dois a desvantagem dos bielorrussos a um quarto-de-hora do fim, mas não conseguiram fazer melhor até final.