Sporting vence a primeira Futsal Champions League

Derrotado em três finais da Taça UEFA Futsal, incluindo as duas últimas, o Sporting ganhou a renomeada Futsal Champions League em 2018/19.

O Sporting festeja a conquista da primeira UEFA Futsal Champions League em Almaty
O Sporting festeja a conquista da primeira UEFA Futsal Champions League em Almaty ©Sportsfile

A mudança de imagem da Taça UEFA Futsal para a UEFA Futsal Champions League em 2018/19 assentou que nem uma luva ao Sporting.

Derrotado nas finais de 2017 e 2018 pelo Inter de Ricardinho, tendo também perdido a partida decisiva em 2011, o Sporting igualou o registo do Benfica, vencedor em 2010, ao levar o título de novo para Lisboa. Aconteceu em Almaty, palco das anteriores derrotas de 2011 e 2017, onde, depois de eliminar o Inter nas meias-finais, derrotou o anfitrião Kairat para erguer o troféu.

Resumo da final: como o Sporting bateu o Kairat
Resumo da final: como o Sporting bateu o Kairat

Tendo vencido as últimas duas edições da Taça UEFA Futsal, e um recorde de cinco no total, o Inter tinha sido o primeiro emblema a sagrar-se campeão europeu três anos seguidos e a rebaptizada competição iniciou-se com o mesmo formato introduzido na temporada anterior.

O Inter e os também antigos vencedores Kairat, Barça, Ugra Yugorsk e Benfica, além do Sporting, passaram sem problemas à ronda de elite ao lado dos estreantes italianos do A & S Futsal Pescara e da primeira equipa da Lituânia a chegar tão longe, o Vytis. A seguir, Inter, Barça e Kairat rumaram à fase final com um registo perfeito de três vitórias, enquanto o Sporting bateu o Benfica na diferença de golos, após empate 1-1 no primeiro encontro europeu entre os rivais portugueses.

Resumo da meia-final: Sporting 5-3 Inter
Resumo da meia-final: Sporting 5-3 Inter

O Kairat – presente na "final four" pela oitava vez, registo recorde – foi escolhido como anfitrião e recebeu o evento na Almaty Arena pela segunda vez em três anos. Foi lá que o Inter venceu o Sporting por 7-0 na final de 2017, mas tudo mudou na meia-final de 2019, pois a formação de Lisboa destronou o detentor do troféu por 5-3 ajudado por um "hat-trick" de Dieguinho. O triunfo dos "leões" terminou a série do Inter de 19 vitórias consecutivas, incluindo os triunfos nas edições de 2016/17 e 2017/18.

Será que deste modo ficaria a porta aberta para o Barça? Não, porque o Kairat – muito diferente da equipa de Cacau que venceu em 2013 e 2015 e que chegou igualmente às meias-finais em 2017 – triunfou por 5-2 diante de um novo recorde de 12.090 adeptos. O Barça venceu o jogo de atribuição do terceiro lugar ao bater por 3-1 o Inter – que se tornou no primeiro clube a disputar 76 jogos europeus, mais um do que o Chrudim.

Resumo da meia-final: Barça 2-5 Kairat
Resumo da meia-final: Barça 2-5 Kairat

Assistiram a esse encontro 7031 espectadores, o maior registo numa partida sem a participação do anfitrião, e os 11.973 que viram a final também constituiu um recorde, assim como a assistência total de 37.794. No entanto, as coisas não correram como planeado para os adeptos da casa, pois a dupla italiana do Sporting, Cavinato e Alex Merlim, marcaram no início do segundo tempo e, apesar do Douglas Junior ter reduzido a desvantagem, aos 38 minutos, o Kairat perdeu por 2-1.

O Sporting, que também tinha tido enorme assistência no Pavilhão João Rocha quando derrotou o Benfica, seis meses antes, conseguia finalmente o título europeu que há muito procurava e o troféu chegou assim a casa do clube que sediou a primeira edição da Taça UEFA Futsal em 2001/02.