O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Final da UEFA Europa League: Factos do Eintracht Frankfurt - Rangers

O Eintracht Frankfurt vai defrontar o Rangers na final da UEFA Europa League 2021/22.

UEFA via Getty Images

O Eintracht Frankfurt defronta o Rangers no Estadio Ramón Sánchez-Pizjuán, em Sevilha, na final da UEFA Europa League de 2021/22, com ambas à procura de se tornarem no primeiro vencedor da competição da Alemanha e da Escócia, respetivamente.

• Os dois clubes tentam conquistar o seu segundo troféu europeu. O Rangers conquistou a Taça dos Vencedores das Taças em 1972, ao bater o Dínamo de Moscovo, por 3-2, na final em Barcelona, e o Frankfurt conquistou a Taça UEFA em 1980 graças aos golos fora de casa frente ao Borussia Mönchengladbach (2-3 f, 1-0c).

• O Eintracht já venceu duas vezes esta época em Espanha, onde nunca perdeu em cinco visitas, ao passo que o Rangers eliminou dois clubes alemães a caminho da final.

• O Eintracht iniciou a campanha europeia de 2021/22 na fase de grupos da UEFA Europa League e chega à final invicto após 12 jogos. Os alemães lideraram o Grupo D no Outono, com 12 pontos, à frente de Olympiacos, Fenerbahçe e Antuérpia, tendo-se qualificado directamente para os oitavos-de-final, onde eliminou o Real Betis após prolongamento (2-1 f, 1-1 c). Em seguida, conquistaram mais uma vitória frente a uma equipa espanhola nos quartos-de-final, eliminando o Barcelona com uma vitória memorável, por 3-2, em Camp Nou, após um empate 1-1 em Frankfurt. O conjunto alemão venceu as duas partidas das meias-finais frente ao West Ham United (2-1 f, 1-0 c).

• A campanha europeia de 19 jogos do Rangers em 2021/22 começou na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League, embora tenha passado o Outono no Grupo A da UEFA Europa League, onde terminou como segundo classificado, atrás do Lyon e à frente de Sparta Praga e Brøndby, ainda com uma jornada por disputar. Em seguida, eliminou o Borussia Dortmund com um total de 6-4 no "play-off" dos oitavos-de-final (4-2 f, 2-2 c) e o Estrela Vermelha, por 4-2, nos oitavos-de-final (3-0 c, 1-2 f) antes de reverter as derrotas fora de casa, por 1-0, nos quartos-de-final, frente ao Braga, e na meia-final, diante do Leipzig, com vitórias por 3-1 em Ibrox, na segunda mão.

Eintracht Frankfurt - Rangers: As últimas do jogo


Encontros anteriores

• Os dois clubes defrontaram-se apenas uma vez nas competições europeias, com o Frankfurt a bater o Rangers na meia-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1959/60, após uma vitória em casa, por 6-1, com um triunfo por 6-3 na segunda mão, em Ibrox, com Alfred Pfaff a bisar em ambos os jogos. A equipa de Paul Osswald regressou a Glasgow para a final, tendo perdido por 7-3 em Hampden Park, frente ao Real Madrid.

• O único jogo do Frankfurt com adversários escoceses foi frente ao Aberdeen, na primeira eliminatória da campanha triunfante da Taça UEFA de 1979/80 – uma eliminatória que venceu por 2-1 no total dos dois jogos, quando uma vitória caseira, por 1-0, se seguiu a um empate 1-1 em Glasgow. O seu registo geral frente a equipas escocesas em eliminatórias da UEFA é de V2 D0.

• Por outro lado, este é o 52º jogo do Rangers na UEFA frente a adversários alemães – de longe o maior número que disputou frente a um único país. O seu registo nos 51 anteriores é de 18V 15E 18D e inclui uma derrota na sua única outra final frente a um clube alemão, o Bayern Munique, que venceu por 1-0 após prolongamento na decisão da Taça dos Vencedores das Taças de 1967, em Nuremberga. O registo da equipa escocesa em eliminatórias frente a adversários alemães é agora de 10V 11D graças às vitórias totais esta época frente a Dortmund e Leipzig.

Guia de forma
Eintracht

A caminhada do Frankfurt até à final da Europa League
A caminhada do Frankfurt até à final da Europa League

• Tendo estado ausente das competições europeias em 2020/21, o Eintracht regressou à terceira fase de grupos da UEFA Europa League em quatro épocas – e quarta no total – graças ao quinto lugar na Bundesliga. No Verão passado, os germânicos substituíram o treinador Adi Hütter por outro técnico austríaco, Oliver Glasner, que estava no comando do Wolfsburgo, quarto classificado na época passada.

• O Eintracht apurou-se para os oitavos-de-final da UEFA Europa League em todas as suas quatro presenças na fase de grupos, tendo a sua anterior melhor campanha, em 2018/19, terminado nas meias-finais, quando perdeu no desempate por grandes penalidades para o eventual vencedor, o Chelsea. Venceu todos os seis jogos da fase de grupos nessa época – o único clube alemão a conseguir o feito – mas conseguiu apenas três esta época, dois contra o Olympiacos (3-1 c, 2-1 f) e um frente ao Antuérpia (1-0 a), além de três empates – 2-2 em casa com o Antuérpia e 1-1 nos dois jogos diante do Fenerbahçe. Manteve a invencibilidade nos seis jogos a eliminar contra Betis, Barcelona e West Ham (4V 2E).

• A equipa de Glasner venceu cinco dos seis jogos da UEFA Europa League fora de Frankfurt esta época, todos por uma margem de um golo, com excepção do empate 1-1 com o Fenerbahçe, na sexta jornada.

• O Eintracht está invicto em Espanha, vencendo quatro dos cinco jogos que disputou, incluindo 2-1 em Sevilha – no Estádio Benito Villamarín – frente ao Betis, nos oitavos-de-final desta temporada.

Rangers

Resumo: Rangers 3-1 Leipzig
Resumo: Rangers 3-1 Leipzig

• Campeão invicto da Escócia em 2020/21, ao conquistar o 55º título nacional, o Rangers também disputou 13 jogos na UEFA Europa League, progredindo da segunda pré-eliminatória até aos oitavos-de-final, onde a sua campanha terminou frente ao Slavia Praga (1-1 f, 0-2 c).

• O Rangers regressou à UEFA Champions League pela primeira vez numa década esta época, mas perdeu as duas mãos da terceira pré-eliminatória, por 2-1, diante do Malmö, e transitou para o "play-off" da UEFA Europa League, onde ultrapassou o Alashkert para chegar à fase de grupos pela quarta época consecutiva. Apesar de ter perdido os dois primeiros jogos da fase de grupos – contra o Lyon (0-2 c) e o Sparta (0-1 f) – continuou invicto depois disso, conquistando quatro pontos ao Brøndby (2-0 c, 1-1 f) e o segundo lugar, com uma vitória por 2-0 sobre o Sparta, em Ibrox, na Jornada 5, na sua primeira partida sob o comando do novo técnico Giovanni van Bronckhorst, que substituiu Steven Gerrard. O neerlandês conduziu o Rangers na eliminação de Dortmund, Estrela Vermelha, Braga e Leipzig.

• Esta é a primeira presença do Rangers na final da UEFA Europa League, tendo as suas três participações anteriores terminado nos oitavos-de-final.

• Tendo passado a campanha europeia de 2020/21 sem uma única derrota fora de Glasgow (5V 2E), o Rangers não conseguiu vencer nas suas deslocações esta época (3E 2E) até à vitória, por 4-2, em Dortmund. Desde então, perderam os três jogos fora do seu recinto – em Belgrado, Braga e Leipzig.

• A vitória na final da Taça dos Vencedores das Taças, em Barcelona, frente ao Dínamo de Moscovo, há 50 anos, continua a ser o único triunfo do Rangers em solo espanhol nas provas da UEFA. Os 12 jogos fora de casa no país renderam nove derrotas e três empates, embora um desses empates tenha ocorrido na última visita, 2-2 frente ao Villarreal, na primeira jornada da UEFA Europa League 2018/19. As duas visitas anteriores a Sevilha resultaram em derrotas – 0-2 frente ao Sevilha, na primeira eliminatória da Taça dos Vencedores das Taças de 1962/63, embora o Rangers tenha vencido a eliminatória por 4-2 no total e 0-1 frente aos mesmos adversários, no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, na fase de grupos da UEFA Champions League 2009/10..

Finais anteriores da UEFA

Resumo: Frankfurt 1-0 West Ham
Resumo: Frankfurt 1-0 West Ham

Eintracht (V1 D1)
Taça dos Campeões Europeus de 1960: 3-7 frente ao Real Madrid
Taça UEFA de 1980: 3-3 no total (venceu devido aos golos fora) frente ao Borussia Mönchengladbach

Rangers (V1 D3)
Taça dos Vencedores das Taças de 1961: 1-4 no total frente à Fiorentina
Taça dos Vencedores das Taças de 1967: 0-1 frente ao Bayern Munique (ap)
Taça dos Vencedores das Taças de 1972: 3-2 frente ao Dínamo de Moscovo
Taça UEFA de 2008: 0-2 frente ao Zenit

Ligações e curiosidades
• Kristijan Jakić, do Eintracht, e Borna Barišić, do Rangers, são também internacionais croatas, enquanto Borré e o avançado Alfredo Morelos, lesionado, do Rangers, representam ambos a Colômbia.

• O defesa internacional nigeriano do Rangers, Leon Balogun, nasceu em Berlim e representou cinco clubes alemães – Hannover (2008–10), Werder Bremen (2010–12), Fortuna Düsseldorf (2012–14), Darmstadt (2014/15) e o rival local do Eintracht, o Mainz (2015-18).

• Ryan Kent passou a primeira metade da época 2017/18 emprestado ao Friburgo, somando seis jogos na Bundesliga.

• O capitão e defesa-direito do Rangers, James Tavernier, inaugurou o marcador na segunda mão das meias-finais, frente ao Leipzig, com o seu sétimo golo da temporada na UEFA Europa League, todos na fase a eliminar, fazendo dele o melhor marcador da competição de 2021/22. Nenhum defesa jamais liderou a tabela de melhores marcadores no final da época na UEFA Europa League. Kamada é o melhor marcador do Frankfurt com cinco golos.

• Tavernier está a três golos do recorde individual de sempre na fase a eliminar da UEFA Europa League, de dez golos de Falcao, pelo FC Porto, em 2010/11.

• Kevin Trapp e Rafael Borré, que marcaram o golo da vitória na segunda mão das meias-finais, frente ao West Ham, foram titulares nos 12 jogos do Frankfurt na UEFA Europa League esta época. Daichi Kamada também marcou presença em todas as partidas, uma vez como substituto.

• Joe Aribo, do Rangers, é o único jogador a ter marcado presença em todas as 14 jornadas da UEFA Europa League esta época (12 como titular), embora sete dos seus companheiros tenham comparecido em 13 jogos – Tavernier, Barišić, Allan McGregor, Connor Goldson, Calvin Bassey e os marcadores da segunda mão das meias-finais, Glen Kamara e John Lundstram.

• Este é o 19º encontro europeu do Rangers na temporada – o maior em qualquer uma das 52 campanhas do clube nas competições europeias, superando o total de 18 de 2019/20.

Desempates por grandes penalidades
• O registo do Eintracht em dois desempate por grandes penalidades em jogos da UEFA é e V0 D2:
4-5 frente ao Salzburgo, quartos-de-final da Taça UEFA de 1993/94
3-4 frente ao Chelsea, meias-finais da UEFA Europa League 2018/19

• O registo do Rangers em quatro desempates por grandes penalidades em jogos da UEFA é de V3 D1:
1-3 frente ao Borussia Dortmund, terceira eliminatória da Taça UEFA 1999/2000
4-3 frente ao Paris Saint-Germain, terceira eliminatória da Taça UEFA de 2001/02
4-2 frente ao Marítimo, primeira eliminatória da Taça UEFA de 2004/05
4-2 frente à Fiorentina, meias-finais da Taça UEFA de 2007/08