Quem faz parte da Equipa da Semana da Europa League?

Tendo por base os dados da FedEx Performance Zone, o UEFA.com escolhe a Equipa da Semana da 1ª mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, que conta com os portugueses Bruno e Manuel Fernandes.

Quem faz parte da Equipa da Semana da Europa League?
Quem faz parte da Equipa da Semana da Europa League? ©Getty Images

Nota: Ainda que a FedEx Performance Zone seja um registo que leva em linha de conta quer os jogos europeus, quer os jogos a nível interno, a Equipa da Semana tem por base exclusivamente o desempenho na ronda da UEFA Europa League em questão.

Guarda-redes

David Ospina (Arsenal)
Não sofreu golos e ainda defendeu uma grande penalidade na visita ao terreno do Östersund. Fez cinco defesas importantes, mantendo a turma sueca "em branco" e sendo assim decisivo na vitória por 3-0 dos "gunners".
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 58º ( subiu 257 lugares)

Defesas

Stefan Lainer (Salzburgo)
O defesa-lateral da formação austríaca foi determinante quer a defender, quer a atacar num empate 2-2 em casa da Real Sociedad. Fez uma assistência para golo e criou ainda duas outras ocasiões de golo, enquanto no capítulo defensivo cortou uma bola sobre a linha de golo, efectuou sete desarmes e fez quatro cortes.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 40º (subiu 100 lugares)

Lucas Hernández (Atlético)
A actuar como lateral-esquerdo na turma de Diego Simeone, dada a ausência de Filipe Luis, Lucas brilhou nessa posição no triunfo por 4-1 em Copenhaga. Fez uma assistência para golo e criou três outras ocasiões de golo para os colegas.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 25º (subiu 32 lugares)

Calum Chambers (Arsenal)
Chambers tem estado em grande na UEFA Europa League e voltou a realizar nova excelente exibição, agora frente ao Östersund: quatro intercepções, três alívios, três cortes e uns impressionantes 92 passes completados.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 62º (subiu 124 lugares)

Nacho Monreal (Arsenal)
O lateral-esquerdo espanhol da turma londrina marcou o seu terceiro golo em seis jogos no conjunto de todas as provas, abrindo caminho à vitória do Arsenal. Foi, sobretudo, a atacar que se destacou: 15 dos 47 passes que completou foram feitos no último terço do terreno.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 19º (subiu 29 lugares)

Médios

André Schürrle (Dortmund)
O internacional alemão abriu o marcador na vitória caseira, por 3-2, sobre a Atalanta e mostrou toda a sua criatividade ao longo do encontro. Três dribles, um passe a rasgar e quase bisou na partida, tendo enviado uma bola à trave.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 27º (subiu 135 lugares)

Manuel Fernandes (Lokomotiv)
O médio português apontou o seu segundo "hat-trick" nesta UEFA Europa League, ajudando a formação moscovita a recuperar de uma desvantagem de 2-0 para sair de Nice com um triunfo por 3-2. O seu outro "hat-trick" tinha sido marcado frente ao Zlín, na segunda jornada.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 9º (subiu 224 lugares)

Bruno Fernandes (Sporting CP)
Fez a viagem de 12 mil quilómetros até Astana valer a pena, com um golo e uma assistência na reviravolta e vitória por 3-1 alcançada pelo Sporting, depois de a turma "leonina" se ter visto bem cedo a perder por 1-0. Criou ainda quatro outras situações de golo, efectuou cinco cruzamentos e conquistou cinco pontapés de canto.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 2º (subiu 5 lugares)

Callum McGregor (Celtic)
McGregor destacou-se perto do final do jogo para assinar um grande golo que valeu ao Celtic uma vitória por 1-0 sobre o Zenit. Foi o coroar de uma actuação bastante consistente, na qual falhou apenas dois dos 34 passes que tentou.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 108º (subiu 368 lugares)

Avançados

Michy Batshuayi (Dortmund)
O avançado emprestado pelo Chelsea deu seguimento ao seu extraordinário arranque com a camisola do Dortmund ao bisar na vitória por 3-2 sobre a Atalanta. Batshuayi soma, assim, cinco golos nos três encontros que já jogou pelo clube e, se contabilizarmos o último jogo pelo Chelsea, soma sete golos nos seus últimos quatro jogos.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 33º (subiu 203 lugares)

Timo Werner (Leipzig)
Werner bisou na surpreendente vitória por 3-1 do Leipzig no terreno do Nápoles. A sua entrega ao jogo foi fenomenal do princípio ao fim, tendo marcado o seu segundo golo, que confere à turma alemã uma vantagem de dois golos, quando o relógio marcava já 93 minutos de jogo.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 10 (+28)