Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Ander Herrera sobre o United, Ajax e Mourinho

"O esforço e a dedicação não se negoceiam", disse ao UEFA.com Ander Herrera, do Manchester United, determinado em não deixar nada por fazer na tentativa de derrotar o Ajax na final da UEFA Europa League.

Ander Herrera, de 27 anos, é um dos ídolos dos adeptos em Old Trafford
Ander Herrera, de 27 anos, é um dos ídolos dos adeptos em Old Trafford ©Getty Images

Sobre a final da UEFA Europa League...

É um jogo fundamental para nós, para a nossa ambição de disputar a UEFA Champions League na próxima época. É também um troféu europeu e importante. Já passou muito tempo desde que o United ganhou pela última vez um troféu europeu e a Europa League é a única competição que o clube ainda não venceu. Tudo isso faz com que seja uma partida muito importante para nós, mas acontece o mesmo com o Ajax. Farei tudo o que puder para trazer o troféu para Manchester, ainda que esteja consciente de que não se podem subestimar as qualidades do Ajax.

O troféu é muito pesado? Nem quero pensar nisso – pode dar azar. Prefiro pensar que vamos defrontar uma boa equipa e que teremos de dar o nosso melhor para ganhar a final. Prefiro não pensar na taça. Se lhe vou tocar antes do jogo? Nem pensar.

Sobre o Ajax...

Tenho a certeza que está tão entusiasmado quanto nós. Respeito-o porque fez boas exibições até à data e porque tem jogadores muito talentosos. Tem uma equipa muito dinâmica e ofensiva. É também um clube com enorme historial e são estes clubes que tornam as finais mais especiais. O Ajax e o United são gigantes europeus, pelo que irá ser um jogo muito atractivo para todos.

Sobre a derrota na final de 2012 da UEFA Europa League pelo Athletic...

Resumo da final de 2012: Bis de Falcao leva Atlético à glória
Resumo da final de 2012: Bis de Falcao leva Atlético à glória

Essas são más memórias, porque perdi. O Atlético foi melhor do que nós. Fizemos uma campanha fantástica – eliminámos equipas de topo como o Schalke, o Manchester United e o Sporting –, chegámos à final como favoritos, mas o Atlético fez um bom jogo. Mostrou ser mais experiente do que nós e isso pode ser decisivo numa final. Mas mesmo que não tivesse perdido a final, esse seria sempre um grande jogo para mim. Qualquer final que se dispute domina a nossa atenção. Não se pensa no que aconteceu antes.

Sobre José Mourinho...

Ele já ganhou dois troféus na sua primeira temporada: a Supertaça e a Taça da Liga. Não é nada fácil. Isso mostra-nos o que ele é: um vencedor. Está no seu ADN. Faz tudo para ganhar e penso que esta é a combinação perfeita para o Manchester United. Um treinador vencedor num clube habituado a vencer.

Resumo: Veja como chegou o Manchester United à final
Resumo: Veja como chegou o Manchester United à final

Sobre ser um dos ídolos dos adeptos no United...

Não me sinto confortável a falar de mim. O que posso dizer é que tento sempre dar o meu melhor, sem desculpas. Por vezes as coisas correm bem, noutras correm mal, mas o esforço e a dedicação não são negociáveis. Quando vim para o Manchester United tinha noção de que era uma oportunidade única e estava determinado em retirar o máximo dela. É isso que estou a tentar fazer. Não sou perfeito, mas tento sempre dar o meu melhor. Não quero chegar ao final do jogo e sentir que ainda tenho energia. Os nossos adeptos já viram jogadores incríveis e para manter o nível do clube há que dar tudo.

Topo