Oitavos-de-final prontos a começar

Os oitavos-de-final da UEFA Europa League começam esta quinta-feira, com o United a tentar conquistar o troféu que falta no seu palmarés. O UEFA.com analisa os oito embates.

Alex Ferguson observa o treino do United
Alex Ferguson observa o treino do United ©Getty Images

Equipas de dez países diferentes vão tentar dar um passo significativo rumo à final da UEFA Europa League, a 9 de Maio, em Bucareste, quando os oitavos-de-final começarem esta quinta-feira.

Sporting - Manchester City FC
O City deve acautelar-se quando visitar o clube que infligiu uma derrota histórica ao rival Manchester United FC nas competições europeias quando goleou por 5-0 nos quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças, em 1963/64. O Sporting não perde há nove jogos europeus em casa – oito vitórias – desde o desaire por 2-0 com o Brøndby IF, no "play-off" da edição 2010/11 da UEFA Europa League.

FC Twente - FC Schalke 04
O Twente, de Steve McClaren, bateu o Schalke de Fred Rutten por 2-1, no único jogo antre ambos, na edição 2008/09 da fase de grupos da Taça UEFA, e o "tukker" Nacer Chadli está ansioso por renovar rivalidades. "O Schalke é uma grande equipa na Alemanha, mas, na Holanda, nós também somos."

Club Atlético de Madrid - Beşiktaş JK
O melhor marcador da edição anterior da UEFA Europa League, com um recorde de 17 golos ao serviço do campeão FC Porto, o avançado do Atlético, Falcao, já apontou cinco esta época, e está a dois do líder da tabela. Este jogo vai reunir antigos colegas de equipa e será especial para Arda Turan, que ingressou na formação espanhola proveniente do Galatasaray AŞ, rival de Istambul do Beşiktaş, de Carlos Carvalhal, no Verão passado.

FC Metalist Kharkiv - Olympiacos FC
O Metalist é a equipa mais concretizadora da UEFA Europa League até ao momento, com 23 golos em oito jogos – mais quatro que o PSV Eindhoven. No entanto, o Olympiacos não perde há cinco jogos nas competições europeias, série durante a qual ganhou quatro jogos por 1-0 e sofreu apenas um golo.

Manchester United FC - Athletic Club
O único jogo entre ambos foi há mais de 50 anos, com o United a perder por 5-3 em Bilbau, mas ganhando a eliminatória graças a uma vitória por 3-0 em Manchester. Caso o United, de Nani, ganhe a UEFA Europa League, passará a ser apenas o quarto clube a conquistar as três principais competições europeias, juntando-se a Juventus, AFC Ajax e FC Bayern München.

R. Standard de Liège - Hannover 96
As equipas defrontam-se pela terceira vez esta época, depois de já terem estado juntas na fase de grupos. O guarda-redes do Standard, Sinan Bolat, disse: "Conhecemo-los muito bem. Não vai ser fácil." O treinador do Hannover, Mirko Slomka, acrescentou: "Sabemos o quão difícil é o nosso próximo adversário, mas temos hipóteses. É preciso tirar ilações dos jogos da fase de grupos."

Valencia CF - PSV Eindhoven
O Valência, de Miguel e Ricardo Costa, venceu o PSV por 2-0 num amigável de pré-época, na Áustria, e o médio Kevin Strootman disse: "Não creio que sejamos favoritos. De facto, digo isto com certeza." Ainda assim, o treinador Fred Rutten está entusiasmado. "É uma equipa que gosta de praticar bom futebol, tal como nós. Isso pode tornar este confronto muito interessante."

AZ Alkmaar - Udinese Calcio
O AZ não perde há nove jogos nas competições europeias − quatro vitórias e cinco empates –, mas vai enfrentar uma Udinese ainda moralizada pela vitória sobre o PAOK FC, por 3-0, nos 16 avos-de-final. O defesa Maurizio Domizzi disse: "Não estamos preocupados com o nosso adversário, temos que nos concentrar na nossa forma de jogar. Com exibições como a de Salónica, temos hipóteses legítimas de ir longe no torneio."