O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Itália em finais do EURO

Recordamos o desempenho dos "azzurri" nas três finais do EURO que disputaram anteriormente ao Verão de 2021.

 Giacinto Facchetti com o troféu após a vitória da Itália em 1968
Giacinto Facchetti com o troféu após a vitória da Itália em 1968 Bob Thomas Sports Photography via Getty Images

A Itália disputou a sua quarta final do EURO e foi capaz de colocar um ponto final num jejum de 53 anos em pleno Estádio de Wembley.

Os "azzurri" sagraram-se campeões em 1968, mas foram derrotados nas suas duas presenças seguintes. O EURO2020.com recorda como se portaram nas três finais.

Final: actualizações em directo

1968: Itália 1-1 Jugoslávia, Itália 2-0 Jugoslávia

Resumo da final do EURO 1968: Itália 2-0 Jugoslávia
Resumo da final do EURO 1968: Itália 2-0 Jugoslávia

Na única final do EURO a ter jogo de repetição, a anfitriã Itália quase perdeu, devido a um golo de Dragan Džajić. No entanto, Angelo Domenghini marcou a dez minutos do fim e deu-lhe uma nova hipótese. No segundo jogo, a formação transalpina teve a inspiração de craques como Sandro Mazzola e Luigi Riva. Este último inaugurou o marcador e o belo golo de Pietro Anastasi sentenciou a partida, permitindo a festa italiana.

2000: França 2-1ap Itália

Resumo da final do EURO 2000: França 2-1 Itália
Resumo da final do EURO 2000: França 2-1 Itália

Ao contrário de 1968, um tento tardio foi o princípio do fim para os "azzurri", que acabariam por sucumbir frente à França devido a um "golo de ouro". Marco Delvecchio tinha inaugurado o marcador, só que os "bleus" empataram nos descontos, num passe comprido do guardião Fabien Barthez para o desvio de David Trezeguet e finalização de Sylvain Wiltord. A reviravolta foi consumada aos 103 minutos, num passe atrasado de Robert Pirès concluído por Trezeguet com um remate à meia-volta.

2012: Espanha 4-0 Itália

Resumo da final do EURO 2012: Espanha 4-0 Itália
Resumo da final do EURO 2012: Espanha 4-0 Itália

Se as duas primeiras finais da Itália foram renhidas, nesta pouca luta deu. A equipa de Cesare Prandelli foi destroçada por uma Espanha a atravessar um período dourado, e a vitória começou a construir-se aos 14 minutos, por David Silva, aumentando para 2-0 à beira do intervalo, através de Jordi Alba. Já sem Giorgio Chiellini, lesionado, os golos tardios de Fernando Torres e Juan Mata consumaram a goleada e coroaram a excelente campanha da equipa de Vicente del Bosque.

Finais do Campeonato do Mundo

Os "azzurri" participaram em seis finais do Mundial, tendo ganho quatro delas.

1934: Itália 2-1ap Checoslováquia
1938: Itália 4-2 Hungria
1970: Brasil 4-1 Itália
1982: Itália 3-1 República Federal da Alemanha
1994: Brasil 0-0ap Itália (pens: 3-2)
2006: Itália 1-1aet França (pens 5-3)