O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Itália derrota Malta com golo do estreante Pellè

Malta 0-1 Itália
Graziano Pellè marcou na estreia no terceiro triunfo da Itália no Grupo H, num jogo em que Micael Mifsud e Leonardo Bonucci foram expulsos.

Malta 0-1 Italy

Golo de Graziano Pellè, Estreante pela Itália aos 24 minutos decide jogo do GrupoH
Capitão de Malta, Michael Mifsud (28), e Leonardo Bonucci (73), de Itália, expulsos por vermelho directo
Itália de Antonio Conte mantém percurso perfeito em três jogos; Malta sem pontos
Seleccionador de Malta, Pietro Ghedin, perde diante o seu país de origem
Próximos jogos: Bulgária - Malta, Itália - Croácia (16 de Novembro)

Com um golo do estreante Graziano Pellè, de 29 anos, a Itália venceu em Malta por 1-0 e somou a terceira vitória no Grupo H de apuramento para o UEFA EURO 2016, disputado em La Valleta.

O poderoso atacante do Southampton FC não poderia desejar melhor estreia pela selecção “azzurri”, uma vez que foi dele o golo inaugural na partida quando, na sequência de um remate de Leonardo Bonucci que Andrew Hogg não segurou, acabou a festejar o seu primeiro tento.

Estavam jogados 24 minutos e, aos 27, a selecção maltesa teve novo revés quando viu o capitão Micael Mifsud ser expulso após carga sobre Alessandro Florenzi. Todavia, Malta pode também agradecer à sorte quando, com uma diferença de poucos segundos, ao minuto 18, Pellè e Giorgio Chiellini acertaram de cabeça na barra e no poste, respectivamente.

Muito lutadores, os malteses através de Clayton Failla tentaram incomodar Gianluigi Buffon, mas nas três tentativas efectuadas até ao intervalo a pontaria esteve sempre ausente.

Antonio Candreva começou a segunda parte a atirar à barra, após o que Ciro Immobile (54), de cabeça, permitiu a defesa a Hogg, continuando a Itália com a sua estratégia de privilegiar os defensivos sem deixar de fazer pressão alta, tornando Buffon em mais um espectador no Estádio Nacional Ta´Qali.

Bonucci, por falta sobre André Schembri (73), acabou também expulso e ambas as equipas passam a actuar com 10 jogadores. Contudo, no essencial a selecção transalpina continuou a manter o controlo da partida ao passo que os malteses acusavam o esforço despendido, não conseguindo evitar o terceiro jogo consecutivo sem marcar ou somar pontos.

Já nos descontos, o suplente Sebastian Giovinco ainda acertou no poste, mas o resultado há muito que já estava feito.

Antonio Conte