O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Man. City 2-1 Dortmund: Foden dá vantagem ao City

Phil Foden marcou perto do fim e deu uma vantagem escassa ao City na eliminatória.

Resumo: Manchester City 2-1 Dortmund (2 mins)
Resumo: Manchester City 2-1 Dortmund (2 mins)

O Manchester City lidera os quartos-de-final, graças a um golo em cima do minuto 90, da autoria de Phil Foden.

Como tudo aconteceu, reacções

O jogo em poucas palavras

O golo em cima do minuto 90 de Phil Foden deu à equipa de Josep Guardiola uma escassa vantagem na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League. Kevin De Bruyne inaugurou o marcador no minuto 19, num lance por si iniciado e, depois de um passe de Foden ter cruzado toda a linha de baliza para chegar a Riyad Mahrez, o argelino, com um simples toque deu ao belga a possibilidade de completar o contra-ataque do City. Bem mais ameaçador na segunda parte, o Dortmund empatou perto do final, quando Marco Reus finalizou com classe, após uma bela assistência de Erling Haaland. No entanto, uma finalização fácil de Foden, em cima do apito final, a passe de Gündoğan, valeu a vitória aos anfitriões.

Melhor em Campo: Kevin de Bruyne (Manchester City)

"Goleador, mas mais importante ainda, no centro de tudo o que de bom aconteceu ao City esta noite, com e sem bola. Deu um propósito ao jogo do City, sempre intencional e ameaçador, fruto do seu jogo ofensivo constante e enérgico. Outra exibição de grande inteligência."
Roberto Martínez, Observador Técnico da UEFA

Confira os Melhores em Campo de todos os jogos da presente edição da UEFA Champions League. 

Reacções

Pep Guardiola, treinador do Man. City: "Vamos para Dortmund para ganhar o jogo. Na primeira parte não fomos muito inteligentes com a bola. Na segunda estivemos muito melhor e tivemos duas ou três ocasiões claras de marcar o segundo ou o terceiro quando estava 1-0. Para jogar onde costumamos fazer, temos que ter boa construção. Para a semana teremos outra possibilidade de o fazer."

Eden Terzić, treinador do Dortmund: “Sabíamos que eles estariam com a bola durante longos períodos de tempo, mas queríamos tentar determinar onde eles a teriam. Conseguimos fazer isso muito bem. Reduzimos as ocasiões deles ao mínimo e representamos uma ameaça quando atacámos. Foi equilibrado, mas estamos tristes com o resultado no final.”

Kevin De Bruyne, médio do City: “Sabemos que eles têm uma boa equipa e o que esperar. Cometemos alguns erros, mas no final conseguimos a vitória. No global, acho que estivemos bem contra uma boa equipa e conseguimos o resultado que merecemos."

Rodri, médio do City: “Vai ser muito difícil [em Dortmund]. Esperamos uma segunda mão cheia de emoção e luta. Vai ser disputado e vamos ter que lutar por isso. Eles jogam muito juntos, com poucos espaços entre linhas. Isso dá-lhes oportunidades de sair no contra-ataque. Eles tornaram as coisas muito difíceis. Talvez não tenha sido o nosso melhor jogo, mas faremos de tudo para seguir em frente."

Marco Reus, capitão do Dortmund: “Estamos algo insatisfeitos. Sofrer um segundo golo logo antes do final era totalmente desnecessário. Desligámos durante dois segundos e eles mostraram a sua qualidade. No geral, acho que fizemos um óptimo jogo."

Principais estatísticas

• Quando marcou esta noite, Kevin De Bruyne esteve envolvido em seis golos (marcou dois e somou quatro assistências) em apenas 276 minutos de UEFA Champions League na presente temporada.

• O Man. City está invicto nos últimos 13 jogos em casa na UEFA Champions League (V12 E1) - e sem perder na competição esta temporada (V8 E1).

• Os ingleses venceram 11 e empataram uma das últimas 12 partidas contra adversários alemães na UEFA Champions League.

Equipas iniciais

Man. City: Ederson; Walker, Stones, Rúben Dias, João Cancelo; Rodri, Gündoğan; Mahrez, De Bruyne, Foden; Bernardo Silva (Jesus 59)

Dortmund: Hitz; Morey, Akanji, Hummels, Guerreiro; Bellingham, Emre Can, Dahoud (Delaney 81); Knauff (Reyner 63), Haaland, Reus

O que se segue?

A segunda mão dos quartos-de-final terá lugar na Alemanha, na quarta-feira, 14 de Abril. Até lá, o Dortmund enfrenta o Estugarda na Bundesliga, enquanto o Man. City defronta o Leeds com o objetivo de ampliar a liderança da Premier League.