Srna quer aprender com derrota em Dortmund

Darijo Srna contou ao UEFA.com que os "muitos erros" cometidos pelo Shakhtar explicam a eliminação diante do Dortmund, e acrescentou: "Um dia vamos atingir os quartos ou a meia-final".

Darijo Srna fala ao UEFA.com
Darijo Srna fala ao UEFA.com ©UEFA.com

Darijo Srna contou ao UEFA.com que o FC Shakhtar Donetsk conseguiu uma "boa temporada" na UEFA Champions League, apesar de ter sido eliminado pelo Borussia Dortmund nos oitavos-de-final.

Após o empate (2-2) na primeira mão, os líderes do campeonato ucraniano nunca foram capazes de discutir o jogo com os campeões alemães que, com os golos de Felipe Santana, Mario Götze e Jakub Błaszczykowski, construíram um resultado confortável e um total (5-2) que os fez seguir em frente.

"Claro que ficamos desapontados, mas defrontámos uma equipa muito boa", disse o jogador 100 vezes internacional pela Croácia, admitindo que uma paragem de três meses devido ao Inverno pode ter deixado a equipa um pouco enferrujada.

Após a paragem do campeonato ucraniano em Novembro, o primeiro jogo oficial do Shakhtar aconteceu durante o mês de Fevereiro, na recepção ao Dortmund, após o qual venceu no último fim-de-semana, por 4-1, o FC Volyn Lutsk, no regresso do campeonato doméstico.

"Foi um grande problema para nós fazer o nosso primeiro jogo contra o Dortmund após uma paragem tão longa", disse o jogador de 30 anos. "Conseguimos um bom resultado mas chegar aqui e defrontar esta equipa com este ambiente é muito difícil", reconheceu.

O Dortmund surgiu em campo ambicioso desde o apito inicial do árbitro, no impressionante BVB Stadion. "O problema esteve no facto de o Borússia estar habituado a jogar a um nível muito elevado", explicou Srna que marcou o primeiro golo há duas semanas, no Donbass Arena, com um pontapé espectacular na cobrança de um livre directo. "A Bundesliga é mais competitiva que a Liga ucraniana e, se somarmos os erros que cometemos durante este jogo, concluímos que foram demasiados", reflectiu Srna.

Com vista a melhorar na próxima temporada na UEFA Champions League, o Shakhtar tem – segundo Srna - de aprender com os erros cometidos, tendo acrescentado uma certa dose de azar logo no início da competição como contributiva, também, para a eventual eliminação do Shakhtar.

"Fomos um pouco infelizes", disse. "Tivemos duas ou três boas oportunidades para terminar na liderança do grupo, mas concedemos aquele golo nos últimos instantes [contra o Chelsea] em Londres e depois contra a Juventus, quando, precisando apenas do empate, acabámos por perder por 1-0. Com um pouco mais de sorte teríamos terminado em primeiro lugar e sido sorteados frente ao Celtic, mas temos de olhar agora para o futuro. Somos uma grande equipa e temos de estar confiantes de que, um dia, vamos conseguir atingir os quartos-de-final ou as meias-finais", concluiu Srna.

Conteúdos relacionados