Tiago satisfeito pelo papel de "outsider" do Atlético

Apelidado de "Robin dos Bosques do futebol" pelo médio português Tiago, o Atlético tem razões para estar confiante antes do jogo da primeira mão dos quartos-de-final frente ao Barcelona.

O Atlético de Madrid prepara o jogo dos quartos-de-final, esta terça-feira em Camp Nou
O Atlético de Madrid prepara o jogo dos quartos-de-final, esta terça-feira em Camp Nou ©Getty Images

Ao chegar à liderança isolada da Liga Espanhola e atingir os quartos-de-final da UEFA Champions League, quaisquer dúvidas que pudessem pairar sobre a capacidade do Club Atlético de Madrid em fazer parte da elite do futebol europeu foram colocadas de parte.

Os "colchoneros" ainda são vistos como os "outsiders" da prova, diz o experiente médio português Tiago na preparação do jogo da primeira mão dos quartos-de-final frente ao FC Barcelona, esta terça-feira. "Temos a nossa própria identidade e é fácil as pessoas identificarem-se connosco", disse. "Na UEFA Champions League estamos a enfrentar equipas com grandes orçamentos, e por isso acho que nós somos uma espécie de Robin dos Bosques do futebol."

O Atlético esteve, no entanto, longe de ser caridoso neste regresso à principal prova de clubes do futebol europeu, ao eliminar o AC Milan nos oitavos-de-final com um resultado total de 5-1, depois de ter sido primeiro classificado na fase de grupos sem qualquer derrota. Nada mau para Tiago que, aos 32 anos, não tem muita experiência em presenças nesta fase da competição, apesar de já ter representado a Juventus e o Chelsea FC antes de se mudar para Espanha, inicialmente por empréstimo, em 2010.

A inexperiência, diz Tiago, não é um grão na engrenagem do Atlético. "Tenho anos de experiência e, contudo, só joguei duas vezes nos quartos-de-final da UEFA Champions League, enquanto o Barcelona esteve presente em seis", disse. "Sinto-me muito bem a jogar nesta equipa e temos estado presentes em algumas finais nos últimos anos, por isso possuímos a experiência necessária". 

A nota dominante será o Barcelona apostar no ataque, até porque joga em casa, mas o Atlético não enjeitará as hipóteses que tiver como visitante. "Marcar fora de casa é importante e dá segurança para o jogo da segunda mão. Em jogos recentes com o Barcelona fomos fiéis à nossa forma de jogar e ao mesmo tempo fomos muito organizados", disse Tiago.

De facto, houve pouco por onde escolher nos resultados entre as duas equipas esta temporada. Os três encontros anteriores terminaram todos empatados. A equipa de Diego Simeone tem um ponto de avanço sobre o Barcelona na corrida pelo título em Espanha, mas Tiago não dá nada como adquirido. "Vamos jogar contra um Barcelona cheio de grandes jogadores. Temos de jogar o melhor que pudermos e usar as nossas armas."

Conteúdos relacionados