O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Nasri muda-se para o Manchester City

O médio-criativo Samir Nasri tornou-se no quinto reforço do Manchester City este Verão, contratado ao Arsenal por uma verba na ordem dos 27 milhões de euros.

Samir Nasri recebe os aplausos dos adeptos do seu novo clube à chegada ao City of Manchester Stadium
Samir Nasri recebe os aplausos dos adeptos do seu novo clube à chegada ao City of Manchester Stadium ©Getty Images

O Manchester City FC reforçou-se com a contratação do médio Samir Nasri, ex-Arsenal FC, por uma verba na ordem dos 27 milhões de euros.

Nasri, que representou o Arsenal nas últimas três temporadas, clube onde chegou oriundo do Olympique de Marseille, em 2008, assinou agora um contrato válido por quatro temporadas com a formação que, na última temporada, bateu a turma orientada por Arsène Wenger na corrida ao terceiro lugar da Liga inglesa. Graças a esse terceiro posto, o City irá ficar a conhecer esta quinta-feira os seus primeiros adversários numa fase de grupos da UEFA Champions League.

Nasri, de 24 anos, realizou uma boa temporada ao serviço dos "gunners" em 2010/11, apontando dez golos em 30 jogos na Liga inglesa. Antes, havia marcado por 11 vezes em 121 jogos na Liga francesa, ao serviço do Marselha, clube da sua terra natal.

O criativo internacional francês, que ia entrar no seu último ano de contrato com o Arsenal, torna-se desta forma na quinta contratação do City neste mercado de Verão. Segue as pisadas do seu antigo colega Gaël Clichy, do avançado Sergio Agüero, do defesa Stefan Savić e do guarda-redes Costel Pantilimon, todos recém-chegados à formação orientada por Roberto Mancini.

Nasri é o quarto jogador a deixar o Arsenal nas últimas semanas, depois das saídas de Clichy, Emmanuel Eboué e Cesc Fàbregas – e também o quarto atleta a deixar a equipa londrina para rumar ao emblema de Manchester desde 2009, sendo os outros três Clichy, Emmanuel Adebayor e Kolo Touré.