O "site" oficial do futebol europeu

Tiro de Fuchs mantém Schalke na frente

Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.55CET
FC Schalke 04 1-0 Olympiacos FC
Um remate de longe de Christian Fuchs manteve o avanço dos alemães na frente do Grupo B e mandou os gregos para a UEFA Europa League.
por Ian Holyman
de Stadion Gelsenkirchen
Tiro de Fuchs mantém Schalke na frente
Christian Fuchs festeja o golo da vitória do Schalke ©AFP/Getty Images

Estatísticas dos jogos

SchalkeOlympiacos

Golos marcados1
 
0
à baliza17
 
5
para fora10
 
1
Cantos4
 
4
Foras-de-jogo3
 
2
Faltas cometidas11
 
10
Cartões amarelos1
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)55
 
45

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 21:23 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.55CET

Tiro de Fuchs mantém Schalke na frente

FC Schalke 04 1-0 Olympiacos FC
Um remate de longe de Christian Fuchs manteve o avanço dos alemães na frente do Grupo B e mandou os gregos para a UEFA Europa League.

Christian Fuchs colocou o FC Schalke 04 nos oitavos-de-final da UEFA Champions League graças a um remate de longe que deu ao emblema alemão a vitória por 1-0 sobre o Olympiacos FC.

Derrotado em Dortmund na época passada, o Olympiacos sabia que ao evitar um desfecho semelhante nesta partida, manteria acesa a chama do apuramento para a recepção ao Arsenal FC na última jornada. A sua resiliência estava a causar problemas ao Schalke, mas os alemães foram salvos por Fuchs, que fez o seu primeiro golo na UEFA Champions League com um remate de 30 metros, a 13 minutos do fim. Assim, resta ao Olympiacos a consolação de disputar os 16 avos-de-final da UEFA Europa League. 

Leonardo Jardim colocou em campo uma equipa virada para a defesa e uma mancha vermelha e branca causava problemas de penetração ao Schalke. Raras foram as situações em que os gregos foram apanhados em falso e, numa delas, Kostas Manolas não interceptou o centro de Fuchs, mas Klaas-Jan Huntelaar não contava com a oferta dos visitantes.

O pé esquerdo de Fuchs causava problemas e era uma fonte de preocupações para a equipa grega, sendo a partir de um livre do defesa-esquerdo austríaco que Roy Carroll se viu forçado a aplicar-se para impedir o golo. Minutos antes, o guardião da Irlanda do Norte fora batido, com um fantástico remate de Lewis Holtby, mas seria a barra a salvar o campeão da Grécia.

O Schalke desperdiçara várias oportunidades de golo nos jogos em casa contra o Montpellier Hérault SC e o Arsenal FC e estava de novo com problemas para marcar. Huntelaar fez um disparo cruzado para fora, com Julian Draxler, depois de grande lance na esquerda, a falhar o alvo.

Felizmente para os da casa, as ambições atacantes do Olympiacos eram muito poucas. Numa delas, uma escorregadela do antigo companheiro Kyriakos Papadopoulos deu espaço a Djamel Abdoun, mas o atacante falhou o cruzamento e o lance perdeu-se.

O intervalo nada mudou nas intenções do Schalke, tal como a pontaria. Depois de sair da sua área de acção para ter mais jogo, Huntelaar rematou por cima e, quando a capacidade de Draxler conseguiu espaço para colocar a bola no holandês, que tinha um golo por encontro antes do início, esta foi parar às mãos de Carroll.

Esta ineficácia quase custava caro, caso o desvio de Lars Unnerstall a remate de Paulo Machado tivesse ido para à baliza em vez da malha lateral. Mas seria o fabuloso tiro de Fuchs, a passe de Jermaine Jones, que fez com que os comandados de Huub Stevens viajem a Montpellier a 4 de Dezembro na luta pelo "sonho", como lhe chamou o médio Roman Neustädter.

Última actualização: 23-11-12 0.15CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009555/postmatch/report/index.html#fuchs+mantem+schalke+frente

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.